Você está na página 1de 2

Análise crítica:

“O mundo do Rafinha” (vídeo)

Rafinha foi o nome escolhido como


simbolismo da moderna sociedade global,
onde pessoas se comunicam, se divertem,
se informam, cooperam...Enfim, estão
ligadas por uma teia de bens e serviços
mundiais, e utilizam inovações surgidas
pelo desenvolvimento tecnológico.
Nesta mesma comunidade, convivemos
direta ou indiretamente com conteúdos e
recursos transmitidos pela mídia (que muito
interfere no consumismo),pela revolução
digital e variedade de escolhas, pela
integração on-line de sistemas formados
por corporações que estão ligadas à
produção,dentre outras formas. Com isso, a
participação social neste mundo globalizado
tem se tornado comum, intensa e repleta de
requisições.
Através da web, as complexas redes de
informações (na qual surge o google, com
sua capacidade de organização) são
partilhas por editores, produtores,
anunciantes, consumidores, todos
colaboradores que fazem parte da
diversidade de interesses e benefícios de
um universo único e interligado.Estas
características são habituais devida a
grande participação da geração “C” neste
mundo plano.

Davi Fernandes Soares