Você está na página 1de 2

DICAS E REQUISITOS

Certificação Energética
e Ar Interior
EDIFÍCIOS
Certificação Energética
Edifícios Novos
e Ar Interior
Imóveis existentes EDIFÍCIOS
PAINÉIS SOLARES
Obrigatórios para produzir águas quentes
sanitárias, quando a exposição solar for
adequada, numa regra de 1m2 por pessoa.

PONTES TÉRMICAS
Os pontos onde há perdas significativas de
calor deverão ser corrigidos ou minimizados.

ÁGUAS QUENTES SANITÁRIAS


Os consumos de água quente são
determinantes no cálculo das necessidades
globais. Equipamentos de A.Q.S. de maior
eficiência ajudam a melhorar a classe.

QUALIDADE DO AR INTERIOR
Assegurar caudais mínimos de ar novo para
garantir um ambiente saudável. Ventilar
reduz condensações e elimina patologias da
construção.

VIDROS DUPLOS
Melhor caixilharia, com corte térmico e vidro
duplo, melhora o desempenho energético,
reduzindo perdas de calor pelos vãos Engifoz - Engenharia & Construção, Lda.
envidraçados.
Rua Diogo Cão, nº 34, Loja A - Buarcos
PALAS NAS JANELAS 3080-318 Figueira da Foz
Evitam a incidência directa do sol, engifoz@engifoz.pt
provocando um efeito de sombreamento e
de redução do sobreaquecimento.

AR CONDICIONADO E CALDEIRAS
E q u i p a m e n to s d e m a i o r e f i c i ê n c i a Edifícios Novos
energética, que passarão a ter inspecção
periódica. WWW.ENGIFOZ.PT Imóveis existentes
SISTEMA CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA PROJECTOS NOVOS IMÓVEIS EXISTENTES

Quais os objectivos da Certificação Energética ? Como funciona para os edifícios em projecto ? Mas afinal, o que é o Certificado Energético ?
• Criar uma etiqueta de desempenho energético No caso dos edifícios novos, ainda em concepção, a É um documento que classifica o desempenho
uniforme para todos os edifícios. certificação começa logo na fase de projecto, onde se energético de uma fracção ou edifício, quantificando as
• Identificar possíveis medidas de melhoria de definem as características e equipamentos do edifício, no necessidades de energia para manter a habitação a uma
desempenho energético. Projecto de Comportamento Térmico (RCCTE), que serão temperatura superior a 20ºC no Inverno e inferior a
• Potenciar economia de energia de 20% a 40% nos validados por uma DCR (Declaração de Conformidade 25ºC no Verão, bem como a energia dispendida no
edifícios e reduzir as emissões do CO2, poupando o Regulamentar). Este projecto térmico tem de cumprir consumo de Águas Quentes Sanitárias AQS. Na
ambiente. requisitos mínimos regulamentares, que têm de ser determinação da classe energética considera-se, entre
coordenados com outros projectos de especialidades e a outros factores, a localização, envolvente, exposição
A Certificação Energética é obrigatória? respectiva arquitectura. solar, características da construção e equipamentos
instalados a funcionar correctamente. O certificado
A partir de Janeiro de 2009 todas as casas e edifícios para indica ainda a quantidade de emissão de CO2 da fracção,
venda ou arrendamento, novos ou usados, deverão ter Quais os Requisitos Regulamentares ? para a atmosfera.
um cer tificado de eficiência energético, uma • Coeficientes de transmissão térmica máximos
obrigatoriedade do Decreto-Lei nº 78/2006. Este admissíveis nos elementos da envolvente. Quais as Classes Energéticas?
certificado é válido por 10 anos e é obrigatório. O MAIS
• Correcção das Pontes Térmicas Planas. A A+
proprietário que não possuir um certificado de eficiência EFICIENTE
• Factor solar máximo admissível nos vãos envidraçados.
energética no momento da escritura está sujeito a uma B- B
coima de 250 €€ a 3740,98 €€. • Colectores solares obrigatórios, para produção de A.Q.S.
• Mínimo de 0,6 renovações horárias de ar novo. C
Quais os documentos obrigatórios e quando D
Quais as Etapas da Certificação?
devem ser apresentados?
E
• DCR - Declaração de Conformidade Regulamentar, a DCR CERTIFICADO CERTIFICADO
apresentar no pedido de licença/autorização de ENERGÉTICO ENERGÉTICO F
construção. MENOS
• CE - Certificado Energético, a apresentar no pedido de EFICIENTE
G
Projecto Construção Utilização
licença de utilização do imóvel. do edifício do edifício do edifício No caso dos edifícios novos (com pedido de
• CE - Certificado Energético, a apresentar nos actos de licença/autorização de construção após entrada em vigor
transacções comerciais do imóvel, incluindo do SCE), a classe energética só pode variar entre A+ e B-.
arrendamento. Pedido de Pedido de
Venda ou Os edifícios existentes podem ter qualquer classe.
licença de licença de
Estes documentos são exigidos ao proprietário ou construção utilização arrendamento

promotor do imóvel, o qual deve recorrer aos serviços de


Quais os custos da Certificação Energética?
um Perito Qualificado para os obter ou, neste caso, à Quem realiza e garante estes serviços ?
ENGIFOZ. Os custos subdividem-se na parcela a pagar de taxas à
Nos projectos novos é essencial planear, optimizar e garantir o entidade gestora ADENE - Agência para a Energia e a parcela
bom funcionamento dos equipamentos e desempenho a pagar ao perito qualificado que elabora todo o processo.
Quais as vantagens da Certificação Energética? energético do edifício. Para isso, o projecto térmico tem de ser Quanto às taxas da ADENE, existem duas categorias: Habita-
• Redução da sua factura energética. bem coordenado com a arquitectura e restantes especialidades. ção 45€ € + IVA por fracção; Serviços 250 €€
+ IVA por fracção.
• Valorização do seu imóvel, com uma boa classe energética. A ENGIFOZ elabora os projectos de Comportamento Térmico No caso de imóveis existentes esta taxa paga-se de uma só
• Melhorar o seu conforto térmico. e emite a respectiva DCR, garantindo uma boa classe
vez, enquanto que nos edifícios novos paga-se 70% com a
• Melhorar a sua qualidade de ar interior. energética final. Para obter sucesso, a ENGIFOZ aconselha e
acompanha a correcta execução da obra e, posteriormente, DCR e 30% com a emissão do Certificado Energético CE.
• Construção mais eficiente, saudável e duradoura.
emite o certificado energético CE da fracção, que facilmente No que respeita ao montante do serviço prestado pelo Perito
• Redução dos efeitos nocivos do CO2 no meio ambiente.
• Garantia da realização da escritura em cumprimento da lei. pode ser classe A ou A+. Qualificado, neste caso, a ENGIFOZ a empresa fornecerá a
• Benefícios fiscais de 10% de bonificação na dedução à A ENGIFOZ colabora com gabinetes, projectistas e tabela de preços para imóveis existentes, bem como proposta
colecta de IRS dos custos com crédito à habitação, no caso promotores, no sentido criar e desenvolver soluções que para realização do projecto térmico e DCR. Basta, para isso,
de imóveis certificados com classe energética A ou A+. melhorem o desempenho energético dos edifícios. consultar-nos através dos contactos indicados neste panfleto.