Você está na página 1de 1

ACESSIBILIDADE CULTURAL PARA IDOSOS: Um estudo ergonomico da Casa da Cultura do Recife

INTRODUO: Este estudo tem como objetivo abordar as condies de acessibilidade e segurana na Casa da Cultura do Recife, e discutir os fatores ergonmicos que influenciam na insero satisfatria do pblico idoso neste local. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa de campo de natureza observacional e descritiva. Para tal, foram realizadas inspees ergonmicas, como o auxlio de registros fotogrficos, alm do uso de trena mtrica e roteiro de avaliao prprio formulado com base na NBR 9050. Posteriormente discusses reflexivas foram feitas com base nos resultados obtidos e atravs de estudos contidos na literatura e no portal de peridicos da CAPES. RESULTADOS: Devido ao aumento da expectativa de vida da populao, tem se evidenciado maior incidncia de pessoas com idade avanada em locais de convvio social e cultural. Entretanto Entende-se que apesar de ativos, muitos desses indivduos apresentam limitaes decorrentes, ou no, do processo normal de envelhecimento. Sendo assim, a falta de condies de convvio cultural favorveis ao envelhecimento leva inevitavelmente ao confinamento e a desajustes psicossociais. Na pesquisa exploratria, constatou-se inadequao na sinalizao e iluminao, alem demal estado de conservao em reas de acesso e circulao. Tais barreiras dificultam o aproveitamento do idoso em tal espao, pois desfavorecem o acesso, circulao, orientao, explorao e uso do ambiente. Embora seja um ambiente que est sujeito as normas de conservao patrimonial, a casa da cultura necessita de alteraes, de modo a torn-la favorvel e acessvel todas as faixas etrias. Observou-se tambm que as normas nacionais existentes se demonstraram insuficientes para suprir todas as necessidades de tal clientela. CONCLUSO: Os resultados encontrados indicam a presena de barreiras fsicas que limitam a interao desse pblico com o ambiente, acarretando em diminuio da autonomia, reduo do contato social e reduzindo a qualidade de vida.