Você está na página 1de 1

Analise do vídeo "O mundo de Rafinha"

O vídeo retrata sobre um novo mundo,na qual toda a sociedade está


vivenciando.Esse mundo é o da tecnologia ,chamado como geração C
,caracterizado pela colaboração e participação de todos.Um mundo, onde a
internet se torna uma rede que conecta pessoas e não apenas
computadores, em qualquer lugar e a qualquer momento. Um mundo
digitalizado que privilegia o consumo de experiências.Ao assistir o curta
refleti sobre alguns aspectos ,como:
Todos somos afetados pela globalização ,através desse processo,não
somente as empresas,e os governos estão integrados com o mundo,mas
também as pessoas,como um vizinho,um amigo,uma tia,ou seja,todos
nós.Assim realizam-se transações financeiras e comerciais,trocas de
ideas,espalhando aspectos culturais pelos quatro cantos do mundo;e o
grande impulsador para esse processo é a tecnologia,sendo a internet
essencial,ela possibilita a quebra de barreiras e vai cada vez mais,ligando as
pessoas e espalhando ideas,formando assim uma aldeia global.
As ferramentos de produção foram democratizadas,deixamos de ser
meros consumidores passivos,que apenas absorve o produto,agora também
construimos o produto,participamos e colaboramos com a manutenção da
rede.Qualquer pessoa pode ser um editor de conteúdo através de seus
blogs, fotologs, câmeras digitais, redes de relacionamento, wikipédia,
youtube, etc. Somos produtores ativos.
Com o dia-dia de Rafinha ,na qual o mesmo só conhece o mundo da
informação e tecnologia ,percebi como o meio externo tem um papel
relavante no processo cultural,a cultura é reoordenada de acordo com
experiências adquiridas,estamos vivendo novas experências e algumas delas
já constituem a nossa cultura.
Com essa nova geração que estamos integrados,precisamos ter a
consciência de usá-la com uma forma que nos benificie
indefinitivamente,utilizando da melhor forma a tecnologia,fazendo da
geração C,além de colaboração,um crescimento humanitário.