P. 1
DIA DO PASTOR.doc

DIA DO PASTOR.doc

|Views: 12|Likes:
Publicado porPatricia Cruz

More info:

Published by: Patricia Cruz on May 16, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/27/2013

pdf

text

original

DIA DO PASTOR

Adolescente na dúvida sobre seu futuro profissional. Pensa em ser pastor, imagina tranquilidade, folga, viagens... As viagens se confirmam, mas em meio a muitos compromissos.
PERSONAGENS: Pastor (PAST) Amigo do Pastor (AMIG) Esposa (ESPO) Filha (FILH) Socorro (SOCO) Diácono (DIAC) Maria das Dores (MARI)Cristina (CRIS) Membro do Louvor (LOUV) Missionário Cezar (MISS) VERSÃO 1.0.0

PARTE I CENA 1
(entram em cena dois adolescentes crentes conversando)

PAST: Está na hora de decidir o que fazer nesta vida. AMIG: É verdade! Já pensou no que quer fazer? PAST: Não tenho certeza. Pensei em ser médico, pois ganharia bem, seria conhecido como “Doutor”... AMIG: Não sei não... Acho que eu não daria certo fazendo medicina. Não posso ver sangue. Além do mais são muitos anos de faculdade, depois ainda tem residência... PAST: É verdade! Pensando bem não vou fazer medicina. O problema nem é ver sangue, mas o tempo de faculdade. Quero algo prático, simples e eficaz. Sem esquentar muito a cabeça. AMIG: Já pensou em direito? Tenho um tio que é advogado. Fala bonito, só anda elegante... PAST: De jeito nenhum. Você já viu a quantidade de lei que tem que decorar? É artigo pra cá, emenda pra lá. To fora! Prefiro área de exatas. Não tem que decorar nada, é só raciocinar. Fazer conta todo mundo sabe. Não deve ser muito diferente, afinal matemática é matemática. AMIG: Você é que pensa. Esqueceu da Física? Velocidade é igual a distância sobre tempo, tempo é igual a distância sobre velocidade, distância é igual a velocidade vezes tempo... (fala rapidamente muitas fórmulas)

pois no tempo certo Ele dá a vitória. Igreja Cristã de New York. . Paris. AMIG: Será que é tão simples assim? Sempre ouvi dizer que ser pastor é um dom concedido por Deus e que não era pra qualquer um. não se esqueça disso. Montar uma palavrinha para os cultos no final de semana. pois Deus é contigo.. (Saem de cena conversando) PARTE II CENA 2 (Transição do pastor adolescente para pastor adulto) CENA 3 (Pastor entra falando ao celular. (Personagens começam a sair de cena) AMIG: (desconfiado) Não sei. Jesus. dia 15. (Telefone fixo toca) ESPO: Querido. Acho que é alguém da igreja PAST:(Ainda ao celular) Isso mesmo irmã. aconselhando uma irmã.. Sei que está sendo difícil esta situação. Entendo. Tenha fé que Deus dá a vitória! E Ele não se atrasará. E o melhor. sendo pastor poderei ainda viajar por todo o país e até por diversos países para pregar em outras igrejas. irmã... Fazer uma oraçãozinha quando alguém pedir.. Já até imagino minha agenda: dia 5. deixa pra lá. não! Tenho uma leve impressão de que... Ah.. sobraria muito tempo para eu fazer outras coisas que gosto.. querido! Acho que é a Cristina da igreja.. É muito tranqüilo! Minha tarefa seria estudar a bíblia boa parte do dia.... telefone pra você. me ajuda! (Surpreso) Quem sabe não poderia ser pastor?! AMIG: Pastor? Porque está mudança tão brusca? PAST: Pensa bem! Ser pastor deve ser tudo de bom. Um abraço! (desliga o celular) ESPO: Telefone pra você.. dia 9.. Sei. (Falando baixo para ele) Já está na hora de sairmos.. Esposa entra se arrumando) PAST: Sei. Não. Eu que agradeço por ter ligado pra mim.. mas temos que ficar firmes no Senhor.PAST: Chega! Misericórdia! Deus tenha piedade de mim. Ah. dia 8. Como já estarei nesses lugares aproveitarei para fazer um turismo. PAST: É simples sim! E outra. Igreja Pentecostal de Veneza.. . não desanima não.

Cuide da minha família. (Desliga o telefone) ESPO: Vamos.. dos meus parentes mais distantes. é um excelente marido! Brincadeirinha. pois temos que ir agora. você poderia tirar um dia para levar nossa televisão que está com defeito para consertar. Obrigado. e de todos que não citei o nome aqui.. Que o Senhor possa aquecer aqueles que estão frios na fé e possa esquentar mais ainda aqueles que já estão incendiados. Oro também por cada membro da igreja. da minha filha. esposa olha sorridente e conversam alegremente) ESPO: Vou ter que interromper a brincadeira dos dois. do Carlinhos..PAST: Alô! (Filhinha começa a pedir atenção pro pastor) PAST: Sei.. do irmão Silvio.. da Vivian.. Oro também pelos ministérios de nossa querida igreja.. Oro para que o Senhor me capacite a cuidar das Tuas ovelhas que estão em minhas mãos e para que o Senhor renove as minhas forças a cada manhã.. senão atrasaremos! PAST: Tudo bem! Já estou indo! (Esposa sai de cena com filhinha) CENA 4 PAST: Ah. Cuida da irmã Maria. afinal você é o homem forte deste relacionamento. de todos. E eu. por me conceder esta oportunidade de ser um pastor. Amém. (Desliga o telefone) (Filhinha continua pedindo atenção pro pastor) PAST: Cadê a futura pastorazinha do papai? (Pastor brinca com a filhinha. por cada reunião. Que sejamos cada vez mais unidos e que eles possam andar sempre pelos Teus caminhos. mas que o Senhor sabe. E além do mais. Sei. Exatamente.. que um dia pensei que ser pastor seria de certa forma até monótono. meu Deus! Que correria é a minha vida! E que prazer é viver para o Senhor. da irmã Clotilde. Amor. novamente?. quando você puder você leva. Esqueceu de avisar sobre as contas da igreja?. da minha esposa.. Bom o missionário estar aqui. Que o Senhor me abençoe no culto de hoje e que as Tuas palavras estejam na minha boca. por detalhe por menor que pareça. querido! Senão vamos nos atrasar! (Telefone toca novamente) PAST: Alô. Deus meu... do irmão José.. Faz o seguinte: chegando aí conversaremos sobre isso. nunca imaginaria que mesmo com tantas atividades seria uma atribuição tão prazerosa. . já combino com ele as viagens que terei que fazer. ta bom? PAST: Tenho escolha? ESPO: Acho que não! Hehe! Agora vamos. Oro pelos missionários no campo para que o Senhor possa suprir a necessidade de cada um... Você..

(Cristina mostra os papéis quando é interrompido) LOUV: Com licencinha. mas tenha certeza de que Ele te vê e te ama muito... Maria das Dores! Vamos orar por ele sim. Parece que Deus se esqueceu de mim! Todas as portas estão se fechando! Pastor. o culto! CRIS: Tem um monte de contas da igreja vencendo esta semana.. Algumas portas são fechadas. Vamos orar: Senhor Deus. Cristina. Pastor! Ainda bem que você chegou. Rapidinho. Vamos logo começar o culto! MARI: Pastor... Ele está b. Cristina! DIAC: Pastor. Pastor! Quero falar com você sobre algumas coisas! PAST: Sim! Fale. Pastor! Ajudou-me muito! O senhor está indo pra igreja? PAST: Estou sim! Você não vai hoje? Vamos comigo! CENA 6 (Pastor chega à igreja) DIAC: Ufa. (prossegue oração) SOCO: Muito obrigada. pode ser? . meu Deus! (Pastor aparece no fundo. Pastor. mas Deus faz tudo para o nosso bem. caminha e é abordado por uma irmã no caminho da igreja) SOCO: Pastor.. que bom que o senhor chegou! O Júnior estava jogando bola e quebrou a perna! Ora por ele! PAST: Mas é claro..(Pastor sai de cena) CENA 5 DIAC: Gente.. minha irmã! Deus é contigo! Às vezes pensamos que Ele não está nos vendo. sei! Mostre-me quais. glória a Deus que te encontrei por aqui! Estou desesperada. coloco diante de Ti a vida desta minha irmã. estamos preparando um louvor para o culto e queríamos saber o que o senhor acha! Dá pra vir aqui por um instante? PAST: Posso sim! Aguarde só um minutinho. CRIS: Pastor. o que é que eu faço? Ore por mim! PAST: Calma. cadê o Pastor? CRIS: Não sei. PAST: Sei. Estou precisando falar com ele! DIAC: (Olhando pela porta da igreja) Ai.

tribo Iacuré. nem telefone e fica bem isolada no meio da mata? MISS: Esta mesmo! Conhecida como “O fim”... MISS: Como é que é? (Confere na agenda) Na verdade é em Noloiuque e Malacaní. Pastor. oh Pai! (Diácono chega com a esposa do pastor) .. Cezar! Claro que sim! MISS: Animado pra nossa viagem missionária? PAST: Claro? Você está com a relação aí? MISS: Estou sim. Olha aqui como ficou nossa “turnê”. Nova Iorque.. (continua olhando a agenda) Dia 20.. PAST: Depois daquela perseguição no Timor Leste. PAST: (Lendo a agenda) Dia 13. aquelas tribos da Amazônia. Maria das Dores! Já vamos orar sim. Pastor! Tudo bem contigo? PAST: Meu amigo. Tribo Noloiuque e tribo Malacaní.DIAC: Pastor.. Pastor e Missionário) CRIS: Tudo bem. Lembro-me bem de lá. Pastor! PAST: É Jesus! É só por amor de Ti mesmo. o culto! MARI: Aproveitando o embalo dá pra orar por mim também? Estou com uma dor de cabeça desde acordei. sei. PAST: Sei. não me preocupo mais. Cristina deixa estas contas comigo que providenciarei o pagamento. PAST: Já está tudo marcado. onde é essa tribo? MISS: Iacuré? Vamos lá pela primeira vez.. Só pra te lembrar o Missionário Cezar está aí. Cristina? CRIS: Acho que sim. Lembra da Noloiuque? PAST: Aquela que fomos no ano passado? Que não tem luz. Ele está com a relação das cidades que vocês irão. MISS: É verdade.. (Cristina se retira do foco da cena) MISS: Olá. Miami. (Em foco na cena Cristina. Dia 15. PAST: Certamente. Fica depois da tribo Noloiuque pra dentro da selva! É conhecida como “O fim do fim”. Quer ver contigo sobre as suas viagens.

DIAC: Fala com ele. ESPO: Meu bem. vamos que já está na hora! CENA 7 (Realização do culto) CENA 8 (Diálogo entre pastor e amigo e finalização) .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->