Você está na página 1de 5

Colégio Franciscano

Nossa Senhora
Aparecida
Re v i s ã o d e B i o l o g i a
Genética Mendeliana, herança sem dominância, co-dominância, genes letais.
Prof.ª Caroline S. Vilasboas Di Benedette
3°EM A- Abril de 2009

DICAS BÁSICAS: DOMINANTE OU RECESSIVO?

A análise dos heredogramas pode permitir se determinar o padrão de herança de certa


característica como autossômica, dominante ou recessiva. Também pode permitir a descoberta
do genótipo das pessoas envolvidas, se não de todas, pelo menos de parte delas.
A primeira informação que se procura obter, na análise de um heredograma, é se o
caráter em questão é condicionado por um gene dominante ou recessivo. Para isso, devemos
procurar, no heredograma, casais que são fenotipicamente iguais e tiveram um ou mais filhos
diferentes deles.
Se a característica permaneceu oculta no casal, e se manifestou no filho, só pode ser
determinada por um gene recessivo.
Pais fenotipicamente iguais, com um filho diferente deles, indicam que o caráter
presente no filho é recessivo (fig.1).
Uma vez que se descobriu qual é o gene dominante e qual é o recessivo, vamos agora
localizar os homozigotos recessivos, porque todos eles manifestam o caráter recessivo.

Depois disso, podemos começar a descobrir os genótipos das outras pessoas. Devemos
nos lembrar de duas coisas:

1ª) Em um par de genes alelos, um veio do pai e o outro veio da mãe. Se um indivíduo é
homozigoto recessivo, ele deve ter recebido um gene recessivo de cada ancestral.
2ª) Se um indivíduo é homozigoto recessivo, ele envia o gene recessivo para todos os
seus filhos.

Dessa forma, como em um “quebra-cabeças”, os outros genótipos vão sendo


descobertos. Todos os genótipos devem ser indicados, mesmo que na sua forma parcial
(A_, por exemplo).

Fig.1- caso típico de herança


Fig.2: caso típico de herança
recessiva: pais normais,
dominante: pais afetados,
criança afetada. criança normal.
Outro caso fácil de desvendar é o que pode ser visualizado na figura 2: pais com o
mesmo fenótipo com uma criança com fenótipo diferente. Isso ocorre, pois os pais são
heterozigotos (Aa) e o filho herdou o gene recessivo de ambos (aa). Tente inserir outros
genótipos nos casas das figuras 1 e 2, você vai perceber que a única maneira de identificar a
característica é como sugeri!
É válido lembrar que em um heredograma existem vários casamentos, vários filhos, e
você deve procurar aquele ou aqueles que indiquem essas características que foram citadas
aqui para começar a resolver o problema.

Expressão de um alelo autossômico - Os homens e as mulheres são


recessivo: igualmente afetados;
- A anomalia tende a manifestar-se
em todas as gerações;
- Os homens e as mulheres são - Não ocorrem descendentes com a
igualmente afetados (por isso o gene é anomalia quando ambos os progenitores
autossômico, ou seja, não é ligado aos são normais;
cromossomos sexuais); - Quando um indivíduo manifesta a
- A anomalia não aparece em todas anomalia, pelo menos um dos progenitores
as gerações; também a possui.
- O fato de progenitores - Quando um dos indivíduos do casal
fenotipicamente normais poderem originar tem a anomalia, aproximadamente metade
descendentes afetados indica que o gene da sua descendência pode ser afetada.
da anomalia é autossômico recessivo. - O fato de progenitores
fenotipicamente com a anomalia poderem
Ex: albinismo, olhos claros, lobo da originar descendentes normais indica que o
orelha aderente, etc. gene da anomalia é autossômico
dominante.
Ex: polidactilia, cor escura do cabelo,
sardas, covinhas no rosto, lobo da orelha
solto, etc.

Expressão de um alelo autossômico


dominante:

1. Analise o heredograma ao lado e determine:


a) A herança é dominante ou recessiva?
Justifique.
b) Quais os genótipos dos indivíduos
envolvidos?

2. Analise o heredograma abaixo e determine:


a) A herança é dominante ou recessiva? Justifique.
b) Quais os genótipos dos indivíduos envolvidos?
c) Calcule a probabilidade de o casal 7 e 8 ter uma criança afetada pela doença.
d) Explique como é possível o nascimento de indivíduos normais a partir de
um casal de
afetados.
3. O heredograma abaixo indica as gerações de uma família, relativo à capacidade de enrolar a
língua, tal como mostrado nas fotografias.

Analise o esquema e, a seguir, responda:

a) A capacidade de enrolar a língua é transmitida por gene dominante ou gene recessivo?


Como você chegou à sua conclusão?

b) Qual a probabilidade do casal II-4 e II-5 ter uma próxima filha que não enrole a língua?
Demonstre cruzamentos.

4.Em Mirabilis jalapa, cruzando-se planta de flores brancas com planta de flores vermelhas, em
F1, todos os descendentes foram de flores róseas. Na autopolinização das plantas F1
aparecem plantas cujas flores são:
a) 50% brancas e 50% vermelhas.
b) 25% vermelhas, 50% róseas e 25% brancas.
c) 50% brancas e 50% róseas.
d) 50% róseas e 50% vermelhas.

e) 75% vermelhas e 25% brancas.

5. (UFRN) Cachorros dálmatas, que têm pequenas manchas regularmente distribuídas, quando
cruzados entre si dão descendentes dos quais 25% têm o pêlo sem mancha, 25% têm
manchas grandes e irregulares e 50% são dálmatas iguais aos pais. Qual dos seguintes
cruzamentos tem maior probabilidade de produzir apenas descendentes dálmatas?
a) SS X ss d) Ss X ss
b) SS X Ss e) ss X ss
c) Ss X Ss

6. (Unifor-CE) Na espécie humana, a talassemia é um tipo de anemia que pode se apresentar


em duas formas: talassemia major, cujos portadores apresentam genótipo TT e não
conseguem sobreviver; e talassemia minor, cujos portadores são TN e sobrevivem apesar da
anemia. Os indivíduos NN são normais. Na descendência de um casal, ambos com talassemia
minor, espera-se encontrar uma proporção fenotípica entre os sobreviventes de:
a) 9 : 3 : 3 : 1.
b) 1 : 2 : 1.
c) 3 : 1.
d) 2 : 1.
e) 1 : 1.

7. Em gado de raça shorthorn, o gene R que condiciona pelagem vermelha é codominante ao


gene que condiciona pelagem branca R. A combinação heterozigota RR produz animal ruão.
Um fazendeiro tem vacas e touros brancos, vermelhos e ruões. Que proporções fenotípicas são
esperadas dos seguintes cruzamentos:
a) vermelho x ruão
b) vermelho x branco
c) ruão x ruão
d) ruão x branco

8.(UNICAMP-adaptado) Gatos Manx são heterozigotos para uma mutação que resulta na
ausência de cauda (ou cauda muito curta), presença de pernas traseiras
grandes e um andar diferente dos outros. Essa característica ocorre pela
falta de cauda, provocada por uma mutação (esta mutação encurta a
Medula Espinhal ), comum na ilha de Man, na Irlanda. Quando o
encurtamento da Medula Espinhal é muito grande os embriões são inviáveis.
O cruzamento de dois gatos Manx produziu dois gatinhos Manx para cada
gatinho normal de cauda longa (2:1), em vez de três para um (3:1), como
seria esperado pela genética mendeliana.
a) Qual a explicação para esse resultado?
b) Dê os genótipos dos parentais e dos descendentes. (Utilize as letras B e b para as suas
respostas).

9. (UNICAMP) Em 25 de abril de 1953, um estudo de uma única página na revista inglesa


Nature intitulado “A estrutura molecular dos ácidos nucléicos”, quase ignorado de início,
revolucionou para sempre todas as ciências da vida sejam elas do homem, rato, planta
ou bactéria. James Watson e Francis Crick descobriram a estrutura do DNA, que permitiu
posteriormente decifrar o código genético determinante para a síntese protéica.
a) Watson e Crick demonstraram que a estrutura do DNA se assemelha a uma escada
retorcida. Explique a que correspondem os “corrimãos” e os “degraus” dessa escada.
b) Que relação existe entre DNA, RNA e síntese protéica?
c) Como podemos diferenciar duas proteínas?

10. UFF-RJ Considere uma certa espécie de planta que pode apresentar flores com três tipos de
cor: azul, azul-claro e branca. Estas cores são determinadas por combinações de dois alelos de
um único locus. Na expressão fenotípica de tais cores não há relação de dominância entre os
alelos, sendo que a manifestação em homozigoze de um dos alelos — aa, cor branca — é letal
na fase adulta.
Sabe-se que:
— a flor de cor branca nunca se abre;
— em um jardim de plantas com flores de cor azul não nascem plantas com flores de cor
azul-claro.
a) Realizou-se o cruzamento entre as plantas com flores azul-claro e, a partir das sementes
obtidas, formou-se um jardim.
Determine a cor das flores que têm menor possibilidade de se abrirem neste jardim.
Justifique a resposta.
b) Realizaram-se os cruzamentos possíveis entre as plantas com flores das cores mencionadas,
presentes em igual quantidade. A partir das sementes obtidas, formou-se outro jardim.
Determine as cores das flores que têm maior possibilidade de se abrirem neste jardim.
Justique a resposta.
11. UFMG (Modificado) Sabe-se que o homem possui em torno de 30.000 genes, que, entre
outras funções, codificam proteínas.
Considerando-se essa informação e conhecimento sobre o assunto, é correto afirmar que:
a) o genótipo das células do tecido nervoso é diferente do genótipo das células do tecido
epitelial.
b) o número total de genes, após a diferenciação e a especialização das células, reduz-se.
c) os genes cuja atividade não é necessária ao funcionamento de uma célula perdem a
capacidade de duplicação.
d) os genes responsáveis pelo sistema sangüíneo ABO estão presentes nas células epiteliais,
mas são incapazes de se expressar.

12. UENF-RJ Suponha o casamento entre dois membros de uma mesma família que
apresentem, igualmente, os genótipos Aa, no qual o gene recessivo a determina uma doença
genética.
a) Explique por que o casamento entre pessoas da mesma família aumenta a chance de
aparecimento de alguma doença genética nos filhos.
b) Demonstre, por meio de um esquema, a probabilidade do nascimento de filhos com doença
genética, a partir desse casamento.

13. (Puccamp) Do cruzamento de duas moscas com asas, nasceram 120 descendentes com
asas e 40 sem asas. Se os 120 descendentes com asas forem cruzados com moscas sem asas
e se cada cruzamento originar 100 indivíduos, o número esperado de indivíduos com asas e
sem asas será, respectivamente,
a) 6.000 e 3.000 b) 6.000 e 6.000 c) 8.000 e 4.000 d)9.000 e 3.000
e) 12.000 e 4.000

14. (Uel) No homem, a acondroplasia é uma anomalia determinada por um gene autossômico
dominante.
Qual é a probabilidade de um casal de acondroplásicos, que já tem uma menina normal, vir a
ter um menino acondroplásico?
a) 1 b) ¾ c) 3/8 d) 1/4 e) 1/8

15. Mendel estudou 7 características nas ervilhas:


- cor da semente (amarela ou verde)
- cor da vagem (amarela ou verde)
- forma da semente (lisa ou rugosa)
- forma da vagem (lisa ou ondulada)
- altura da planta (alta ou baixa)
- posição da folha no galho (terminal ou axilar)
- cor do tegumento da semente (branco ou cinza)

Por exemplo, cor das pétalas (vermelha ou branca) ficava sempre colada à altura da planta
(alta ou baixa). Provavelmente Mendel tenha perdido muitas noites de sono devido a este
detalhe, e morreu sem saber responder. Atualmente já se conhece a resposta para este
“enigma”. Partindo da informação que que ervilhas possuem 14 cromossomos, ou seja, 7
pares, proponha uma resposta para o “enigma” que assombrou Mendel.