Sou uma criança da cidade do século XIX Esta semana, decidimos fazer uma entrevista sobre o modo como

viviam as crianças do século XIX. Para isso, convidámos Mariana Guerreiro, uma menina que nos vai falar sobre a infância da sua trisavó. Repórter: Olá Mariana! Antes de mais, como sabes tantas coisas acerca da tua trisavó? Mariana: Boa tarde! Sabe, moro numa linda casa, que já foi habitada pelos meus avós, bisavós e até mesmo pelos meus trisavós. Um dia (já lá vai um ano e meio) entrei numa “mini” biblioteca que há em minha casa … virei tudo do avesso. E qual não foi o meu espanto, quando encontrei o Diário de infância da minha trisavó! Abri-o, folheei-o e fiquei fascinada! Repórter: Fantástico! E sabes se a tua trisavó frequentava a escola ou se trabalhava? Mariana: A minha trisavó andava na escola, pois os seus pais tinham estado no Brasil e tinham-se tornado muito ricos. Até encontrei a sua cartilha numa pequena gavetinha!... Repórter: Sabes como se vestia a tua trisavó? Mariana: Não sei muito bem, sei apenas que usava saias compridas porque me lembro de ter lido no Diário que um dia, ao subir a uma árvore, a sua saia comprida, tinha-se rasgado até ao joelho. Repórter: E como se alimentava a D.Maria? Mariana: Se quer que lhe diga, não sei bem. Só sei que era uma alimentação variada. Mas lembro-me da minha trisavó escrever sobre a alimentação da sua prima Constança. A prima da minha trisavó comia pão de milho, batata, arroz, sardinha salgada, carne e doces. Repórter: Carne e doces?! Tinha muito boa alimentação! Voltando à tua trisavó…Como era a sua casa? Mariana: Oh! Era e é muito bonita! É branca, com grossas faixas azul ciano, um grande terraço, e cheia de lindas flores! Por dentro não sei como era, mas sei que a minha trisavó a adorava! Repórter: E a sua família, hum? Mariana: Adorava a sua família! A mãe dançava com ela e ensinava-a a bordar, a fazer lavores e a tocar piano. O pai era o seu grande amigo. Os irmãos brincavam com ela e eram muito unidos, apesar de terem algumas chatices, mas isso é normal. Repórter: Pois é. E agora a melhor parte: Quais eram as suas brincadeiras? Mariana: Ah, ah, ah! Estava a ver que não perguntava isso! Oh, ela divertia-se imenso! Com os amigos jogava aos jogos tradicionais, cantava, dançava, brincava às escondidas e subia às árvores. Jogava, também, a um jogo que o seu grupo de amigos inventou… Chamava-se “Mundo Colorido”. Era assim: havia um rei que se sentava em qualquer coisa alta, de modo a parecer o seu trono. Os outros ficavam à sua frente, à espera de ordens. O mais lento a cumprir as ordens tinha um castigo que era imposto pelo rei. O mais rápido era o rei seguinte. Era muito divertido! Repórter: Também acredito que sim! Obrigado Mariana! Foi um prazer! Mariana: O prazer é todo meu! Adorei esta entrevista! Sofia Filipe, nº19

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful