Você está na página 1de 1

RAFAEL MORENO AM3DG TRABALHO DE SEMITICA PROF.

OSCAR
QUAIS
MODELO AS DE PRINCIPAIS ANLISE E CARACTERSTICAS DESCRIO DA TERICAS LINGUAGEM METODOLGICAS DESENVOLVIDAS PELO AUTOR SOBRE O CARACTERSTICO DO PENSAMENTO DE

SAUSSURE?

Inicialmente o autor aborda como Saussure estuda a linguagem que para ele divide-se em lngua e fala, sendo o primeiro o algo essencial e de carter social e, diferentemente, o segundo que acidental por ser pessoal, e esses possuem relao interdependente. Como a semiologia estuda temas no-lingusticos prefere-se usar esquema para lngua e uso para fala segundo Saussure. Para compor uma mensagem, o emissor utiliza-se de um cdigo de signos para transmiti-la. Signo a unidade mnima e este possui um significante (parte material) e um significado (conceito veiculado a parte material) que geram uma significao A diferena entre signo e smbolo que o signo pode ser substitudo e smbolo no. J o sema um signo nolingustico que corresponde a uma sucesso de signos. Outra parte essencial a da denotao e conotao, no qual a denotao est ligada ao primeiro significado e a conotao gera significados secundrios. O signo notativo (ou denotativo) compreendido pelo seu significante e significado originais. No signo conotativo o significado e o significante notativos tornam-se o significante conotativo que gera outros significados. O que ir gerar esses outros significados o valor do signo, ou seja, seu contexto. O ltimo ponto levantado por Jos Teixeira Coelho Netto Paradigma e Sintagma, no qual elucidado que paradigma refere-se ao eixo de relaes e sintagma a sequncia de signos irreversvel formada a partir de paradigmas.