Você está na página 1de 14
Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

TRABALHO Nº 4

-Determinar as correntes do circuito abaixo aplicando kirchoff:

as correntes do circuito abaixo aplicando kirchoff: Figura 1 Adotando os sentidos das correntes nas malhas

Figura 1

Adotando os sentidos das correntes nas malhas conforme o diagrama abaixo (figura 2):

correntes nas malhas conforme o diagrama abaixo (figura 2): Malha 1: V 1 V 1 10

Malha 1:

V

1

V 1

10

10

V

R

1

V

R

2

= 0

R

2,2

.

1. I

K I

2.(

R

1

1

1,2

+

K I

.

1

I

1

I

2

K

1,2

.(

I

2

=

=

I

K I

1

.

2

)

1

=

)

0

0

=

0

Figura 2

CÁLCULO

2,2

K I

.

1

+

1,2

K I

.

2

Página 1

=−

10

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

Malha 2:

R

V

R

2

V

R

3

)

I

V

R

4

V

R

3.

1,8

9

= 0

4.(

2.(

1,2

1,2

I

I

2 1

.(

K

K I

I

.

2

2

1

1,8

R

)

K I

.

2

I

2

R

I

2

I

3

K I

.

2,2

2

2,2

K I

.

2

K

I

4,7

.(

2

)

R I =

I

9.

)

0

K I

2

3

+

4,7

1,2

K I

.

1

.

+

K I

.

2

Malha 3:

1,2

K I

.

1

9,9

K I

.

2

V

R

V

R

4

V

R

5

R

6

4.(

2,2

2,2

3 I

I

K

K I

.(

2

)

R

.

I

3

I

3 2

3,3

)

K I

.

= 0

I

5.

3,3

3

3

R

.

2,7

K I

I

3

I

4

=

3

K I

.

3

2,7

+

K

.(

I

3

I

4

2,2

K I

.

2

+

6.(

)

0

)

=

2,7

0

K I

.

2,2

K I

.

2

8,2

K . I

3

+

4

+

2

=

2,2

2,2

=

0

2,7

Malha 4:

V

V

V

)

R

8

V = 0

2

R

)

K I

.

4

7.

I

4

R

3,9

.

4,7

K I

8.

R

6 7

R

6.(

R

2,7

2,7

I

K

K I

I

4 3

.(

.

I

4

I

4 3

3,9

4

I V =

4

2

4,7

K I

0

.

4

K I − =

+

.

2,7

4

7

7

0

K I − =

.

3

2,7

K I

.

3

0

11,3

K I

.

4

Página 2

0

KI

KI

3

3

K . I

=

7

4

=

=

0

0

=

0

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

Aplicando na matriz:

[R]×[I]=[E]

 − 2,2 K

2,2

0

1,2

K

0

9,9

K

2,2

K

K

8,2

2,7

K

K

1,2 K

0

0

0

0

2,7

K

11,3

K

×

I  

3

4

2

I

1

I

I

=

− 10

0

0

7

- Utilizando a calculadora HP50G para efetuar os cálculos:

Resposta das correntes:

I

I 2

I

3

I

4

1

4,86

=

=

=−

=−

×

577

×

53,2

632

10

3 A

6

A

10

×

10

6

A

×

10

6

A

- Determinando as correntes nos resistores R2, R4 e R6;

- Corrente no resistor R2:

I

I

R

R

2

2

=

=

I

1

I

2

(

4,86

×

10

3

)

(

577

×

10

6

)

=

- Corrente no resistor R4:

I

I

R

R

4

4

=

=

I

(

2

577

I

×

3

10

6

)

(

− −

53,2

×

10

6

)

4,28

I

×

R

2

10

=

3

A

4,28

=

630

I

R

×

4

10

6

A

=

630

×

×

10

3 A

10

6 A

Página 3

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

- Corrente no resistor R6:

I

R

6

I R 6

I

=

= −

4

(

I

632

3

×

10

6

)

(

− −

53,2

×

10

6

)

=−

578

×

I

R 6

=−

10

578

6

A

×

10

6 A

- Determinando a queda de tensão em cada um dos componentes:

V

R 1

V

R

=

1 =

R1.I

×

1

K

1

V

R

V

R

2

= R

2 =

1,2

2.

I

K

(4,86

×

R

2

×

(4,28

10

×

3

)

10

V

R 3

V

R

3

=

=

R3.I

K

1,8

2

×

(577

×

10

6

=

3

)

)

4,86

V

=

5,136

=

1,038

V

V

V

R

V

R

4.

= R

4

4 =

2,2

I

K

R

4

×

(630

×

V

R 5

V

R

5

=

=

R5.I

3,3

3

K

× −

(

53,2

10

6

×

10

)

6

=

)

1,386

V

=−

0,175

V

V

R

1 =

V

R

2

=

4,86

5,136

V

V

V

R

V

R

V

R

5

3

4

=

=

1,038

1,386

V

V

=− 0,175

V

Página 4

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

V

R

V

R

V

R

V

R

V

R

V

R

V

R

V

R

6.

= R

6

6 =

2,7

I

K

R

6

× −

(

578

=

7 =

7

=

8 =

8

R7.I

3,9

4

K

R8.I

4,7

4

K

9

=

R9.I

2

9 =

4,7

K

×

(

× −

(

632

632

×

(577

×

×

10

6

×

10

6

×

10

6

10

6

)

)

)

)

=−

=−

=−

1,560

2,464

2,970

=

2,711

V

V

V

V

V

R

V

R

V

R

6

7

7

V

R

=− 1,560

V

=− 2,464

V

=− 2,970

V

9 =

2,711

V

Página 5

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

TABELA DE VALORES

 

Malha I

Malha II

Malha III

Malha IV

I1

4,86 mA

 

-

 

- -

 

I2

-

 

577 µA

 

- -

 

I3

-

 

-

-53,2 µA

-

I4

-

 

-

 

-

-632 µA

I

V

 

R

1

4,86 mA

 

4,86 V

R

2

4,28 mA

 

5,136 V

R

3

577

µA

1,038 V

R

4

630

µA

1,386 V

R

5

-53,2 µA

 

-0,175 V

R

6

-578 µA

 

-1,560 V

R

7

-632 µA

 

-2,464 V

R

8

-632 µA

 

-2,970 V

R

9

577

µA

2,711 V

Página 6

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

Achando o circuito equivalente utilizando transformação de fontes:

o circuito equivalente utilizando transformação de fontes: - Transformando as duas fontes de tensão: I a

- Transformando as duas fontes de tensão:

I a

=

V

1

R

1

=

R

R

1//

R

2

=

7

8

+ R =

I

b

=

V

2

R

eq 2

10

1

K

= 0,01 A

0,545

K

8,6

K

(

(

R

eq1

R

eq 2

)

= 813 µ A

)

I

a = 0,01

A

R

eq 1

=

0,545

K

R

eq 2

=

8,6

K

I

A

b = 813 µ

Após as transformações o circuito ficou da seguinte forma:

R eq 2 = 8,6 K Ω I A b = 813 µ Após as transformações

Página 7

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

6 //

R R

eq 2

=

V I

c

=

a

.

R

eq 1

R

eq1

3

+ R =

2,054

K

=

5,45

V

2,345

K

(

R

eq3

(

R

eq 4

)

)

R

R

eq 3

eq 4

=

2,054

c = 5,45

V

=

2,345

K

V

K

Após as transformações o circuito ficou da seguinte forma:

as transformações o circuito ficou da seguinte forma: R eq 4 I c = + R

R

eq4

I

c

=

+ R 9 =

7,045

K

V

c

R eq 5

= 773 µ A

(

R

eq5

)

R =

eq 5

7,045

K

I

c = 773 µ A

Página 8

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

Após as transformações o circuito ficou da seguinte forma:

as transformações o circuito ficou da seguinte forma: R eq 5 // R 4 = V

R

eq5

//

R

4

=

V

e

V

d

=

=

I

c

I

b

.

R

.

eq 6

R

eq 3

1,676

K

=

=

1,295

1,669

V

V

(

R

eq6

)

R

eq 6

=

1,676

K

Após as transformações o circuito ficou da seguinte forma:

= 1,295 1,669 V V ( R eq 6 ) R eq 6 = 1,676 K

Página 9

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

V

f

=

R

eq6

V

d

+ R

eq3

V

e

=

= 0,374

V

3,73

K

(

R

eq7

)

V f

eq 7

R

= 0,374 V

=

3,73

K

K Ω ( R eq 7 ) V f eq 7 R = 0,374 V =

Aplicando divisor de tensão para determinar a queda de tensão no resistor R5:

V

R 5

V R

5

=

=

R

5

R

eq 7

+

R 5

3,3 K

× V

f

3,73

K

+

3,3

K

×

0,374

=

0,175 V

V

R

5 =

0,175

V

Percebemos que o valor da queda de tensão é o mesmo obtido nos cálculos anteriores.

Página 10

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

SIMULAÇÃO NO WORKBENCH

Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho nº 4 SIMULAÇÃO NO WORKBENCH Página
Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho nº 4 SIMULAÇÃO NO WORKBENCH Página

Página 11

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

     

Malha I

   

Malha II

 

Malha III

 

Malha IV

     

Teórico

EWB

Teórico

 

EWB

 

Teórico

EWB

Teórico

EWB

I1

 

4,86 mA

 

4,86 mA

 

-

-

 

-

 

-

- -

 

I2

   

-

-

577 µA

 

577 µA

 

-

 

-

- -

 

I3

   

-

-

 

-

-

 

-53 µA

-53 µA

- -

 

I4

   

-

-

 

-

-

 

-

 

-

-632 µA

-632 µA

   

I (corrente)

   

V(tensão)

   
 

Teórico

EWB

 

Teórico

EWB

R

1

4,86 mA

4,86 mA

 

4,86 V

4,86 V

R

2

4,28 mA

4,28 mA

 

5,14 V

5,14 V

R

3

577

µA

577

µA

 

1,04 V

1,04 V

R

4

630

µA

630

µA

 

1,39 V

1,39 V

R

5

-53 µA

-53 µA

 

-0,17 V

-0,17 V

R

6

-578 µA

-578 µA

 

-1,56 V

-1,56 V

R

7

-632 µA

-632 µA

 

-2,46 V

-2,46 V

R

8

-632 µA

-632 µA

 

-2,97 V

-2,97 V

R

9

577

µA

577

µA

 

2,71 V

2,71 V

Página 12

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

e somente um

resistor R conforme a figura abaixo. Usar o método de transformação de fontes. Não usar Thévenin.

3- Montar um circuito equivalente ao circuito dado, com uma única fonte V

equivalente ao circuito dado, com uma única fonte V Já foi demonstrado anteriormente este exercício, por

Já foi demonstrado anteriormente este exercício, por isso será apresentado apenas o circuito equivalente e suas medições:

apresentado apenas o circuito equivalente e suas medições: Percebemos que o valor da queda de tensão

Percebemos que o valor da queda de tensão é o mesmo obtido nos cálculos anteriores.

Página 13

Universidade Gama Filho Nome: Matrícula: Disciplina: Circuitos I Data: Professor: José Octávio Turma: Assunto: Trabalho

Universidade Gama Filho

Nome:

Matrícula:

Disciplina: Circuitos I

Data:

Professor: José Octávio

Turma:

Assunto: Trabalho nº 4

   

Malha I

 

Malha II

 

Malha III

 

Malha IV

Teórico

EWB

Medido

Teórico

EWB

Medido

Teórico

EWB

Medido

Teórico

EWB

Medido

I1

4,86 mA

4,86 mA

4,89 mA

-

-

-

 

- -

- -

 

- -

 

I2

-

-

-

577 µA

577 µA

570 µA

 

- -

- -

 

- -

 

I3

-

-

-

-

 

- -

-53 µA

-53 µA

-60 µA

-

- -

 

I4

-

-

-

-

 

- -

-

-

-

-632 µA

-632 µA

-640 µA

   

I (corrente)

   

V(tensão)

Teórico

EWB

Medido

Teórico

EWB

Medido

R

1

4,86 mA

4,86 mA

4,89 mA

4,86 V

4,86 V

4,86 V

R

2

4,28 mA

4,28 mA

4,32 mA

5,14 V

5,14 V

5,16 V

R

3

577

µA

577

µA

570

µA

1,04 V

1,04 V

1,02 V

R

4

630

µA

630

µA

630

µA

1,39 V

1,39 V

1,36 V

R

5

-53 µA

-53 µA

-60 µA

-0,17 V

-0,17 V

-0,18 V

R

6

-578 µA

-578 µA

-570 µA

-1,56 V

-1,56 V

-1,54 V

R

7

-632 µA

-632 µA

-640 µA

-2,46 V

-2,46 V

-2,43 V

R

8

-632 µA

-632 µA

-640 µA

-2,97 V

-2,97 V

-2,99 V

R

9

577

µA

577

µA

570

µA

2,71 V

2,71 V

2,77 V

Página 14