Você está na página 1de 37

Geografia da

Europa
Quadro Físico

Professor: Jakes Paulo


Geografia da Europa – Quadro Físico

EUROPA
Com superfície de
10.368.099km2, a
Europa forma com a
Ásia um conjunto de
terras contínuas
conhecido como
Eurásia.

Os limites entre a Europa e a Ásia não são claros, mas fatores


históricos, étnicos e culturais conferem à Europa uma
individualidade bem definida.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

DIVISÃO REGIONAL DA EUROPA


Conhecido como “velho
mundo”, o continente
europeu limita-se a oeste
com o Oceano Atlântico,
ao sul com o
Mediterrâneo, ao norte
com o oceano Glacial
Ártico e a leste com a
Ásia, sendo que os
Montes Urais formam
uma divisa natural nesta
parte do continente.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

PAÍSES E
CAPITAIS
DA
EUROPA

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

A Europa é um continente com um relevo pouco


acidentado, se comparada com outros continente.
Em termos de relevo, podemos considerar que existem
três grandes conjuntos morfológicos: as planícies, os
RELEVO planaltos e as montanhas.

DA Grande parte do território é constituído pela grande


Planície Central Européia que se estende desde a costa
EUROPA ocidental da França e vai até aos Montes Urais, no limite
com a Ásia.
Os planaltos localizam-se no interior da Europa,
principalmente a Sul da Grande Planície Européia. Nesta
zona planáltica destacam-se alguns relevos muito antigos
de formas arredondadas e pouco elevados (com altitudes
inferiores a 2.000 metros)
As montanhas mais jovens localizam-se sobretudo no sul
da Europa. São montanhas de altitude elevada (superior a
2.500 metros) e apresentam declives muito acentuados.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico
ESTRUTURA DO RELEVO DA EUROPA
Escudos e
Maciços Antigos
são formados por
rochas
magmáticas e
metamórficas
antigas, da Era
pré-cambriana.
São áreas ricas em
minerais metálicos
como ferro,
manganês, ouro,
prata, etc.
Essas áreas
possuem mais de
800 milhões de
anos.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico
ESTRUTURA DO RELEVO DA EUROPA
As cadeias
montanhosas
recentes são
formações de
aproximadamente
200 milhões de
anos.

Se formaram na era
Mesozóica e na
Cenozóica.

È uma região de
grande atividade
sísmica e
vulcânica, pois fica
em fronteira de
placas tectônicas.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico
ESTRUTURA DO RELEVO DA EUROPA As bacias
sedimentares e as
planícies
européias ocupam
a porção norte-
nordeste do
continente
europeu.

As áreas mais
antigas são ricas
em carvão mineral
e em petróleo.

O relevo plano e
baixo facilita a
navegação já que
os rios são de
planície.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Montes Urais são um conjunto


montanhoso muito antigo e
constituem o limite geográfico
que separa o continente europeu
do continente asiático.
O ponto mais alto dos Montes
Urais é o Monte Narodnaia que
alcança os 1.894 metros de
altitude e que se localiza no
extremo norte da cordilheira.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Alpes constituem a mais


importante cadeia montanhosa
da Europa Ocidental. Trata-se de
um conjunto de idade
relativamente recente, visível pela
imponência dos seus picos,
destacando-se o Monte Branco
com os seus 4.807 metros como
o seu ponto de maior altitude.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Pireneus, tal como os Alpes,


são uma formação montanhosa
de idade recente que faz separa a
Península Ibérica da França. O
seu pico de maior altitude é o
Pico Aneto com 3.404 metros e
que se localiza em território
espanhol.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

O Cáucaso situa-se no Sudoeste


da Europa, entre o Mar Negro e o
Mar Cáspio, separando a Europa
da Ásia. O ponto de maior
altitude é o Monte Elbrus, que
com os seus 5.642 metros
constitui o ponto mais elevado de
todo o continente europeu.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Alpes Dináricos localizam-se


paralelamente ao longo da costa do mar
Adriático, tendo como ponto de maior
altitude o Pico Durmitor com 2.522 metros.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Montes Escandinavos são uma


formação muito antiga de formas
arredondadas, que se estende ao longo da
Península da Escandinávia. O seu ponto
mais alto é o Monte Jotunheimen que
atinge os 2.469 metros de altitude.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Bálcãs localizam-se na Península


Balcânica e a sua área abrange diversos
países. Os seus pontos de maior altitude
são o Monte Musala com 2.925 metros e o
Monte Olimpo com 2.911 metros
localizados, respectivamente, na Bulgária
e na Grécia.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Os Apeninos são uma cadeia montanhosa


que se estende ao longo da Península
Itálica com altitudes elevadas atingindo o
seu ponto máximo no Gran Sasso d'Italia
(2.914 metros).

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Extensas planícies sedimentares predominantes,


como bacias de Londres, Parisiense, Germano-
Polonesa e Russa (a mais extensa) é a grande
Planície Central Européia que se estende desde a
costa ocidental da França e vai até aos Montes Urais,
no limite com a Ásia.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Fatores Principais:
Latitude, sintetiza os efeitos de vários fatores sinópticos:
-Nº de horas de sol descoberto
-Inclinação - dos raios solares

CLIMA “Todos os lugares europeus acima dos 40 Lat. apresentam


um déficit energético, que aumenta com a latitude”. F. L.
DA Palomeque (2000)

EUROPA Continentalidade, o afastamento do oceano acarreta


uma diminuição da umidade nas massas de ar e, portanto,
menor probabilidade de formação de nuvens (aproximação
do nº de horas de sol descoberto ao nº máximo possível).

Altitude, as regiões montanhosas apresentam


atmosferas mais límpidas, para além de os declives mais
acentuados contribuírem para um aumento da intensidade
de insolação à superfície (nas vertentes expostas a Sul
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico
Clima de montanha: ocorre especialmente
em áreas de relevo de grandes altitudes,
como os Alpes, Pireneus e parte do
Cáucaso, nessas áreas as chuvas são bem
distribuídas durante todo o ano, essas se
desenvolvem de forma mansa e rápida, os
invernos são extensos e rigorosos,
constituídos por nevadas e geadas.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Temperado oceânico: é formado por um


elevado índice pluviométrico, especialmente
na primavera e no inverno, e temperaturas
amenas.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Temperado continental: ocorre


no centro e leste da Europa, as
chuvas desenvolvem com
menos incidência que no
temperado oceânico e
amplitudes térmicas mais
elevadas.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Subpolar: predomina em áreas


próximas à região ártica, é constituída
por duas estações bem definidas,
sendo que o inverno é extremamente
rigoroso e longo, com temperaturas que
atingem -50ºC e verão com período
bastante restrito, com temperaturas que
variam entre 16ºC e 21°C.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Mediterrâneo: esse tipo de clima é


típico do sul da Europa com verões
quentes e invernos mais amenos em
relação a outras regiões do continente,
nesse há duas estações bem definidas,
seca no verão e chuvosa no inverno.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Tundra: essa
cobertura
vegetal é
comum em
regiões de clima
subpolar,
vegetação
constituída por
musgos,
gramíneas,
arbustos e
liquens, flora
proveniente da
junção de
fungos e algas.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Floresta
coníferas:
composição
vegetativa
constituída por
pinheiros em
áreas do sul.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Floresta temperada: é
composta por pinheiros, além
de árvores como a faia e o
carvalho, esses vegetais têm
característica de perder as
folhas no inverno, conhecidos
por floresta caducifólia.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Estepes: vegetação
composta por herbáceas ou
gramíneas provenientes dos
solos férteis.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Vegetação
mediterrânea: é
composta por
xerófilas, plantas
típicas de regiões
secas, tais como
maquis e garrigues.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

TIPOS DE CLIMA E VEGETAÇÃO


Inclui partes da Noruega, Suécia, Finlândia e norte da
Europa Setentrional
Rússia. Possui clima polar e vegetação de tundra.
Possui clima temperado oceânico e florestas de folhas
caducas (quase totalmente destruídas). O clima temperado
Europa Ocidental e
oceânico possui chuvas abundantes e freqüentes.
parte da Central
Caracteriza-se por verões não muito quentes e invernos não
muito frios.
Inclui a Noruega, Suécia, Finlândia e Rússia, com clima
Europa Norte-Oriental
temperado frio e floresta boreal de coníferas.
Inclui Rússia, Ucrânia, Hungria e Espanha, com clima
temperado continental (seco) e vegetação de estepes. O
Centro Sul da Europa
clima temperado continental apresenta verões rigorosos e
secos e invernos rigorosos com grandes nevadas.
Clima mediterrâneo e vegetação de maquis e garrigue
(formações muito pobres, semi-destruídas pela ação do
Europa Mediterrânea
homem). O clima mediterrâneo caracteriza-se por verões
quentes e secos e invernos pouco frios com chuvas.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Hidrografia da Europa
É marcada pela grande quantidade de rios. Apesar
da existência de elevadas altitudes, o relevo
europeu caracteriza-se por áreas com menos de
200m acima do nível do mar. Essas áreas
representam 2/3 de seu território e, em grande parte,
são constituídas por planícies fluviais. As regiões
mais elevadas do relevo europeu, como os Alpes, os
Pirenéus e o Planalto Central da Rússia, funcionam
como importantes centros dispersores de água.
Eles são a nascente de grandes parte dos rios
existentes nesse continente.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Hidrografia da Europa
De modo geral, as capitais européias são banhadas
por rios importantes, como é o caso dos rios Tamisa
(Londres), Sena (Paris), Spree (Berlim) e Danúbio
(Viena, Budapeste, Belgrado). Os rios europeus são
historicamente importantes como meio de
transporte, o que facilitou o desenvolvimento do
comércio e da indústria. Além dos rios, o norte do
continente possui importantes lagos, em sua maior
parte de origem glacial.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Hidrografia da Europa
O continente apresenta igualmente uma
complexa rede hidrográfica, com grandes rios
como o Volga, na Rússia, e o Danúbio, que
atravessa territórios (ou delimita fronteiras)
da Alemanha, Áustria, República Checa,
Croácia, Hungria, Sérvia, Romênia, Bulgária e
Ucrânia. O rio Volga é um dos maiores rios da
Europa. Começa no Lago Ládoga e atravessa
de cima a baixo o oeste da Rússia até ao Mar
Cáspio..
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

O Rio Volga é o
mais extenso rio
europeu (3.688
km). Nasce no
Planalto de
Valdai, atravessa
a planície russa
e desemboca no
Már Cáspio.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

O Rio Reno é o mais


importante rio europeu, devido
ao intenso transporte de
matérias-primas e produtos
industrializados através dele.
Nasce nos Alpes (suiços),
atravessa o Lago Constança,
passa por um pequeno trecho
da França, liga a grande região
industrial da Alemanha e
desemboca no Mar do Norte
(na Holanda), junto à sua
desembocadura encontra-se o
Porto de Rotterdã, o maior da
Europa.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia da Europa – Quadro Físico

Rio Danúbio é o
"internacional" da Europa, pois
atravessa vários países:
Alemanha, Áustria, República
Tcheca, Eslováquia, Hungria,
Iugoslávia, Bulgária e Romênia.
Banha as cidades de Viena,
Budapeste e Belgrado. Sua foz
faz a fronteira entre a Romênia
e a Ucrânia.

www.scribd.com/professor_jakes