Você está na página 1de 1

1.5 Arredondamento de Dados Regras: Portaria 36 de 06/07/1965 - INPM ? Instituto Nacional de Pesos e Medidas.

1a) Se o primeiro algarismo aps aquele que formos arredondar for de 0 a 4,conserv amos o algarismo a ser arredondado e desprezamos os seguintes. Ex.: 7,34856 (para dcimos)?7,3 2a) Se o primeiro algarismo aps aquele que formos arredondar for de 6 a 9,acresce nta-se uma unidade no algarismo a ser arredondado e desprezamos osseguintes. Ex.: 1,2734 (para dcimos)?1,3 3a) Se o primeiro algarismo aps aquele que formos arredondar for 5, seguido apena sde zeros, conservamos o algarismo se ele for par ou aumentamos uma unidade seele for mpar, desprezando os seguintes. Ex.: 6,2500 (para dcimos)?6,2 12,350 (para dcimos)?12,4 Se o 5 for seguido de outros algarismos dos quais, pelo menos um diferentede zer o, aumentamos umaunidade no algarismo e desprezamos os seguintes. Ex.: 8,2502 (para dcimos)?8,3 8,4503 (para dcimos)?8,5 4a) Quando, arredondarmos uma srie de parcelas, e a soma ficar alterada, devemosf azer um novo arredondamento (por falta ou por excesso), na maior parcela doconju nto, de modo que a soma fique inalterada. Ex.: 17,4% + 18,4% + 12,3% + 29,7% + 22,2% = 100% arredondando para inteiro: 17% + 18% + 12% + 30% + 22% = 99%17% + 18% + 12% + 31% + 22% = 100%