Você está na página 1de 2

A Constituio do Grande Oriente do Brasil, promulgada em 24 de junho de 1990, diz em seu artigo n.

145: So oficialmente considerados o dia dezessete de junho como o dia nacional do GRANDE ORIENTE DO BRASIL e o dia 20 de agosto como o dia do Maom, sendo essas datas feriados manicos. Tem a finalidade este estudo avaliar as divergncias a respeito desta data, uma vez que encontramos na literatura manica e profana as mais diversas correntes a respeito da introduo do dia do Maom no nosso pas. O dia internacional, mundial do Maom vinte e quatro de junho (alusivo a So Joo Batista, nosso padroeiro). Autores como Assis Carvalho, Frederico Guilherme Costa, Joo Alberto de Carvalho, Jos Castellani, Kurt Prober, Raymundo Francisco Xavier, entre outros, dizem no se tratar de data importante no mundo Manico. H outros, como Marcelo Linhares e o baro de Rio Branco, que afirmam ser essa data a proclamao da Independncia do Brasil, feita dentro do Grande Oriente do Brasil. Parece claro que trata-se de um equvoco e, apesar disso uma justa homenagem, queles que munidos de bravura e patriotismo, defenderam os ideais manicos naquele momento histrico. E, como diz o ir Dulcidio Braz todo o dia o dia do Maom, para aqueles que aproveitam as oportunidades para a busca da perfeio. O EQUVOCO Entender como surgiu a data de vinte de agosto necessrio que faamos uma breve reviso da fundao do GRANDE ORIENTE DO BRASIL e, suas implicaes diretas na proclamao da Independncia do Brasil, associado a narrativa histrica feita no sculo XX. No incio do sculo XIX tivemos a fundao das primeiras lojas no territrio nacional, filiadas ao Grande Oriente de Portugal ou Oriente da Frana. A fundao da loja Comrcio e Artes em 1815, na atual rua Pedro Amrico, oriente do Rio de Janeiro, de fundamental importncia para a origem do Grande Oriente do Brasil. Segundo Teixeira da Silva, em A Maonaria na Independncia do Brasil apud Frederico Guilherme Costa, consta de suas atas a resoluo de se manterem independentes do Grande Oriente Lusitano, tendo em vista a pretenso, de seus membros, de fundarem uma obedincia brasileira. Acontecimentos histricos (como o levante de Pernambuco 1817) levaram D. Joo VI a fech-la. Em 24 de junho de 1821 consta a ata da sua reinstalao ai, colocando-se sob os auspcio do Grande Oriente de Portugal, Brasil e Algarves. Em 28 de maio de 1822 em Assemblia Magna na Loja Comrcio e Artes so fundadas duas lojas Unio e Tranqilidade e Esperana de Niteri. A 17 de junho de 1822, as trs loja reunidas em, Assemblia do Povo Manico, fundam o Grande Oriente do Brasil, que seria fechado pelo Gro-Mestre Guatimozim (D. Pedro I) em 25 de outubro de 1822. Esse curto perodo provocou esse engano na histria brasileira. Dezenove sesses foram efetuadas pelo GOB entre 17 de junho e 25 de outubro, conforme consta no Livro de Ouro da Maonaria brasileira. Tais atas foram reproduzidas por diversos autores e tambm publicadas na ntegra pelo

boletins do GOB em 1923. A ata que nos interessa, por hora, a 14 sesso, realizada aos 20 dias do 6 ms da VL de 5822.

Você também pode gostar