Você está na página 1de 18

Queixa

Caetano Veloso

Tom: A

Queixa Caetano Veloso Tom: A Dm7 A7+ É o avesso de um sentimento F#7/5+ Oceano B7/13

Dm7

A7+

É o avesso de um sentimento

F#7/5+

Oceano

B7/13 B7/13b Bm7 E7/9b

A7+

C#m7

D7+

sem

água

Um amor assim delicado

Você pega e

A7+

C#m7

D7+

Bm7

Bm7

Ondas, desejo de vingança, dessa desnatureza

despreza

Dm7

A7+

F#7/5+

Dm7

A7+

F#7/5+

Bateu forte sem esperança

Contra a

Não devia ter despertado

Ajoelha e

B7/13

B7/13b

Bm7 E7/9b

B7/13 B7/13b Bm7 E7/9b

tua dureza

não reza

A7+

C#m7

D7+

(coro)

Dessa coisa que mete medo

Pela sua

Bm7

A7+

C#m7

D7+

grandeza

Um amor assim delicado

Nenhum homem

Dm7

A7+

F#7/5+

 

Não sou o único culpado

Disto

eu

Bm7

B7/13 B7/13b

Bm7

E7/9b

daria

tenho a certeza

Dm7

A7+

F#7/5+

 

Talvez tenha sido pecado

Apostar na

(coro)

B7/13 B7/13b

Bm7 E7/9b

Gbm

C#m7

Em7

F#m

alegria

Princesa, surpresa, você me arrasou

 

A7+

Dbm7

D7+

 

C#m7

Em7

F#m

Bm7

Serpente, nem sente, que me envenenou

 

Você pensa que eu tenho tudo

E vazio me

 

C#m7

Em7

F#m

deixa

Senhora, e agora, me diz onde eu vou

 

Dm7

A7+

Gb7/5+

 

C#m7

Bm7

E7/9b

Mas Deus não quer que eu fique mudo

Senhora, serpente, princesa

B7/13

B7/13b

Bm7 E7/9b

 

e eu te grito esta queixa

 

A7+

C#m7

D7+

Um amor assim violento

Bm7

mágoa

Quando torna-se

(coro)

Meu Bem, Meu Mal

Caetano Veloso

Tom: G#

de: Caetano Veloso

Meu Bem, Meu Mal Caetano Veloso Tom: G# de: Caetano Veloso D6(9) C#m7(b5) F#7(b13) Bm7(9) E7

D6(9)

C#m7(b5)

F#7(b13)

Bm7(9)

E7

Você

é meu cami-------nho

meu vi-----nho

Am7

D7(9)

G7M

C7(9) / / /

Meu ví--cio desde o iní--cio estava você

 

D6(9)

C#m7(b5)

F#7(b13)

Bm7(9)

 

Meu bálsamo benig------no

meu sig----no

E7

Am7

Ab7(#11)

G7M

C7(9)

Meu gu--ru por------to seguro onde eu vou ter

F#m7(b5)

B7(b9)

E7(9)

A7(9) / A/G /

 

Meu mar

e minha mãe

meu me----do e meu champãe

 

F#m7(b5)

B7(b9)

Em(7M/9) / / / Em7(9) / / /

Visão

do espaço

sideral

Gm6

F#m7

B7(b9) / / B7(#9)

 

Onde o que seu sou se afoga meu fumo

 

Em7(9)

A7

D6(9)

minha yoga Ab7(#11) / / /

Você

é minha droga paixão e carnaval

 

G6(9)

A7(#5/b9)

D6(9) / / / B7(4/9) / B7(b9) /

 

Meu

zem meu bem

meu mal

Em7(9)

A7(b5)

D6(9) / / / C7(4/9) / B7(b9) /

 

Meu zem

meu bem

meu mal

A7(4/9)

A7(#5/b9)

D6(9) / / / B7(b9) / /

Meu zem

meu bem

meu mal

A7(4/9)

A7(#5/b9)

D6(9)

Meu zem

meu bem

meu mal

D6(9)

C#m7(b5)

F#7(b13)

Bm7(9)

E7

Am7

D7(9)

||||||

||||||

||||||

||||||

|||1||

||||1|

||||||

||||||

||||||

1|2|||

|2|34|

|2||||

||2|||

||||||

||||||

||||||

|||34|

||||||

||||||

||||||

||||||

||12||

|1|2||

||||||

||||||

||||||

||||||

||1|||

|3||4|

||3|4|

||||||

||||||

||||||

||||||

|2|34|

Oooo

Oooo

O ooo

Oooo

O

ooo

O ooo

Oooo

G7M

C7(9)

Ab7(#11)

F#m7(b5)

B7(b9)

E7(9)

A7(9)

||||||

||||||

||||||

||||1|

||1|2|

|||1||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||1|

||1|2|

|||1||

||||||

||||||

||1|||

||||||

2|34||

|3|4||

||2||3

||||1|

1|||2|

|2|34|

||||1|

||||||

||||||

||||4|

||||||

||34||

||||||

2|3|||

||||||

||||||

||||||

|||3||

||||||

||||||

|||4||

||||||

||||||

||||||

||4|||

O ooo

Oooo

O ooo

O ooo

Oooo

Oooo

Oooo

A/G

Em(7M/9)

Em7(9)

Gm6

F#m7

B7(#9)

A7

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||1|||

||||||

||<---

||1||2

||1||2

||1|||

1|234|

|2|3||

||2|3|

2|||||

||||||

||||3|

2||34|

||||||

||||4|

||||||

||||||

||||4|

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

O ooo

Oooo

Oooo

O ooo

O ooo

Oooo

O ooo

G6(9)

A7(#5/b9)

B7(4/9)

A7(b5)

C7(4/9)

A7(4/9)

||||||

5ª ||1|||

||||||

4ª ||||1|

||||||

||||||

||12||

|||234

|<----

2|3|||

||||||

||||||

3|||4|

||||||

||||||

|||4||

|<----

||||1|

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

|||2||

||||||

||||||

||||||

||||||

||||||

3|4|||

O ooo

Ooooo

Oooo

O ooo

Oooo

O ooo

Força Estranha

Roberto Carlos

Tom: C

Intro: C Em A7 Dm G7

D7

G7

Por isso essa voz tamanha

C

Força Estranha Roberto Carlos Tom: C Intro: C Em A7 Dm G7 D7 G7 Por isso

Em

Eu vi muitos cabelos brancos na fronte do

C

artista

Eu vi um menino correndo

A7

Dm

Em

A7

O tempo não para e no entanto ele nunca

Eu vi o tempo

brincando ao redor

 

Dm

envelhece

Do caminho daquele menino

 

Aquele que conhece o jogo

E pus os meus pés no riacho

 

Am

Am

O fogo das coisas que são

E acho que nunca os tirei

 

F

G7

F

É o sol, é o tempo, é a estrada, é o pé é a

O sol ainda brilha na estrada

 

mão

G7

E eu nunca passei

C

Em

Eu vi muitos homens brigando ouvi seus gritos

C

Em

A7

Dm

Eu vi a mulher preparando outra pessoa

Estive no fundo de cada vontade encoberta

A7

Dm

O tempo parou prá eu olhar para aquela

E a coisa mais certa de todas as coisas

 

barriga

Am

Não vale um caminho sob o sol

A vida é amiga da arte

 

F

G7

Am

E o sol sobre a estrada, é o sol sobre a

É a parte que o sol me ensinou

 

estrada é o sol

F

O sol que atravessa essa estrada

 

C

E7

 

G7

Por isso uma força

 

me leva a cantar

Que nunca passou

 

Am

Gm

C7

 

Por isso essa força estranha no ar

C

E7

F

F#º

Por isso uma força

 

me leva a cantar

Por isso é que eu canto

 

Am

Gm

C7

C/G

Am

Por isso essa força estranha no ar

Não posso parar

 

F

F#º

D7

G7

Por isso é que eu canto

 

Por isso essa voz tamanha

 

C/G

Am

Não posso parar

Só (Solidão)

Tom Zé

Tom: G

E

C#7 F#m B7

Solidão, que poeira leve

Bm C#7

Solidão, olha a casa é sua

F#m

F#7

O telefone chamou

Só (Solidão) Tom Zé Tom: G E C#7 F#m B7 Solidão, que poeira leve Bm C#7

Solidão, que poeira leve Solidão, olha a casa é sua O telefone chamou Foi engano

Solidão, que poeira leve Solidão, olha a casa é sua E no meu descompasso o riso dela

C7 B7

Foi engano

Se ela nascesse rainha Se o mundo pudesse aguentar

( Am Em B7

Em )

Os pobres ela pisaria

Em

E os ricos iria humilhar Milhares de guerras faria

Na vida, quem perde o telhado

Pra se deleitar

Am

Por isso eu prefiro cantar sozinho

Em troca recebe as estrelas

F#m7/5-

Solidão, que poeira leve

Pra rimar até se afogar

Solidão, olha a casa é sua

G

O telefone chamou, foi engano

E de soluço em soluço esperar

C

O sol que sobe na cama

D7

E acende o lençol

Só lhe chamando

C7 B7

Solicitando

Solidão, que poeira leve Solidão, olha a casa é sua E no meu descompasso passo o riso dela Solidão (solidão)

Tom Zé

Tom: G

G6

Tô bem de baixo pra poder subir

D7

G6

Tô bem de cima pra poder cair

Am7

Tô dividindo pra poder sobrar

D7(9)

G6

Desperdiçando pra poder faltar

Tô Tom Zé Tom: G G6 Tô bem de baixo pra poder subir D7 G6 Tô

Eu tô te explicando pra te confundir

Em

B7

Eu tô te confundindo pra te esclarecer

Em

G7

C#º

G6/D

Tô iluminado pra poder cegar

A7

Eu tô ficando cego pra poder guiar

B7 C7 C#7 D7

G7

C7M

Devagarinho pra poder caber

C#º

G6/D

Bem de leve pra não perdoar

 

G6

D7

C#º

G6/D

Suavemente pra poder rasgar

Tô estudando pra saber ignorar

 

G6

 

C

D7

G6

Olho fechado pra te ver melhor

Comendo gente fina para vomitar

 

Am7

(Ou "Eu tô aqui comendo para vomitar")

Com alegria pra poder chorar

D7(9)

G6

B7

Eu tô te explicando pra te confundir

Em

B7

Eu tô te confundindo pra te esclarecer

Em

G7

C#º

G6/D

Tô iluminado pra poder cegar

A7

B7

Tô ficando cego pra poder guiar

Desesperado pra ter paciência

G7

C7M

Carinhoso pra poder ferir

C#º

G6/D

Lentamente pra não atrasar

C#º

G6

Atrás da vida pra poder morrer

C

D7

Eu tô me despedindo pra poder voltar

G6

Fuá Na Casa de Cabral

Mestre Ambrósio

Tom: C

E Am E Am E Am

Fuá Na Casa de Cabral Mestre Ambrósio Tom: C E Am E Am E Am INTR.:

INTR.: E Am (3x)

E

NO FIM DA FESTA E DA FARRA

E

Am

NAQUELE BRASIL ANTIGO

CABRAL NÃO SENTIU PREGUIÇA

Am

E

PERDIDO NO DESENGANO

MANDOU LOGO REZAR A MISSA

E

Am

SEU CABRAL CHEGOU NADANDO

PRA FICAR ALIVIADO

Am

E

E NÃO PREOCUPOU COM NADA

CHAMANDO O PADRE, APRESSADO

E

Am

DEU ORDEM À RAPAZIADA

MANDOU COMEÇAR LIGEIRO

Am

E

MANDOU VARRER O TERREIRO

BOTANDO ORDEM NO TERREIRO

E

Am

"ME CHAME O PAI DO CHIQUEIRO

COM SEU MARACÁ NA MÃO

Am

E

QUE HOJE EU QUERO FORRÓ,

E

TORÉ, SAMBA, CATIMBÓ

Am

E Am

QUE EU JÁ VIREI BRASILEIRO"

JURANDO PELO ALCORÃO

Am

E Am

QUE ERA CRENTE VERDADEIRO

E Am E Am E Am

E Am E Am E Am

 

E

MAS NA HORA DA VERDADE

 

E

Am

FOI GENTE DE TODO TIPO

QUANDO PASSOU A CACHAÇA

 

Am

E

NA FESTA DE SEU CABRAL

SEU CABRAL SENTOU NA PRAÇA

 

E

Am

PORTUGUÊS DE PORTUGAL

CAIU NA REFLEXÃO

Am

E

RACEADO NO ORIENTE

DISSE: "ESTA SITUAÇÃO

E

Am

NEGÃO BEBEU AGUARDENTE

SEI QUE NUNCA MAIS RESOLVO!"

Am

E

CABOCLO FOI NA JUREMA

E

SEU CABRAL PEDIU UM TEMA

Am

DANOU-SE A CANTAR POESIA

E

ATÉ AMANHECER O DIA

Am

E Am

NUMA VIOLA PEQUENA

ENTÃO FALOU PARA O POVO:

Am

"JURO QUE ME ARREPENDI

E

O BRASIL QUE EU DESCOBRI

Am

E Am

QUERIA COBRIR DE NOVO!"

E Am E Am E Am

Pé de Calçada

Mestre Ambrósio

Tom: F

Dm

Gm

MAS EU FUI NUM FORRÓ NO PÉ DUMA SERRA

A

Dm

NUNCA NESSA TERRA VI UMA COISA IGUAL

Gm

MAS EU FUI NUM FORRÓ NO PÉ DUMA SERRA

A

Dm

CUMÊ QUENTE, BAIANO SENSACIONAL

Pé de Calçada Mestre Ambrósio Tom: F Dm Gm MAS EU FUI NUM FORRÓ NO PÉ

Dm

EU VIA A POEIRA SUBIR DO CHÃO

D7

Gm

HOJE EU FAÇO FORRÓ EM PÉ-DE-CALÇADA

C

F

NO MEIO DA ZUADA, PELA CONTRAMÃO

Gm

EU FUI LÁ NA MATA E VOLTEI PRA CIDADE

A

Dm

DE CABOCLO EU SEI MINHA SITUAÇÃO

A

REBECA VÉIA NÃO ME ABANDONA

 

Dm

A

ZABUMBA TREME-TERRA, COME O CHÃO

REBECA VÉIA DO PINHO DE ARVOREDO

A

Dm

ESPALHAVA BAIANO NO SALÃO

A

O PANDEIRO TREMIA A MAQUINADA

NA HORA EM QUE O TEMPO DESAPARECE

Dm

TRANSFORMA EM PÉ-DE-SERRA O CALÇADÃO.

Video Game

Lana Del Rey

Tom: D

G F#m
G
F#m

Tell me all the things you want to do

 

I

heard that you like the bad girls

Intro: F#m A F#m A C#m D

D

Obs: O dedilhado pode servir também de base

Honey, is that true?

para música e no refrão segue as mesmas notas.

A

Verso:

It's better than I ever even knew

F#m

 

A

G

F#m

Swinging in the backyard

 

They say that the world was built for two

F#m

 

A

D

Dm

Pull up in your fast car

 

Only worth living if somebody is loving you

C#m

D

F#m

Whistling my name

 

Baby now you do

F#m

A

( F#m

A F#m A C#m

D )

 

Open up a beer

 

Verso:

 

F#m

A

F#m

A

And you take it over here

Singing in the old bars

 
 

C#m

D

F#m

A

And play a video game

 

Swinging with the old stars

 
 

F#m

A

C#m

D

I'm in his favorite sun dress

Living for the fame

 

F#m

 

A

F#m

A

Watching me get undressed

 

Kissing in the blue dark

 

C#m

 

D

F#m

A

Take that body downtown

 

Playing pool and wild darts

 

F#m

 

A

C#m

D

I

say you the bestest

 

Video games

 

F#m

 

A

F#m

A

Lean in for a big kiss

 

He holds me in his big arms

 

C#m

 

D

F#m

A

Put his favorite perfume on

Drunk and I am seeing stars

 
 

C#m

D

C#m

D

Go play a video game

 

This is all I think of

 

Refrão:

F#m

A

E

Watching all our friends fall

 

It's you, it's you, it's all for you

F#m

A

Everything I do

 

In and out of Old Paul's

 
 

D

C#m

D

  • I tell you all the time

A

Heaven is a place on earth with you

This is my idea of fun

C#m

D

Playing video games Refrão:

E

It's you, it's you, it's all for you

Everything I do

E

It's you, it's you, it's all for you

Everything I do

 

D

D

I

tell you all the time

I

tell you all the time

 

A

A

Heaven is a place on earth with you

 

Heaven is a place on earth with you

 
 

G

F#m

G

F#m

Tell me all the things you want to do

 

Tell me all the things you want to do

I

heard that you like the bad girls

I

heard that you like the bad girls

 

D

D

Honey, is that true?

A

It's better than I ever even knew

G

F#m

They say that the world was built for two

D

Dm

Only worth living if somebody is loving you

F#m

Baby now you do

A

F#m A

C#m D

Now you do, now you do, now you do Refrão:

Honey, is that true?

A

It's better than I ever even knew

G

F#m

They say that the world was built for two

D

Dm

Only worth living if somebody is loving you

F#m

Baby now you do Outro:

A

F#m A

C#m D

Now you do, now you do, now you do (repeat)

Tive Razão

Seu Jorge

Dm7(9) G4(7/9) C7M B7(11)

Tive Razão Seu Jorge Dm7(9) G4(7/9) C7M B7(11) Tom: C ô ô ô ô ô ô

Tom: C

ô ô ô ô ô ô ô ô, lá lá lá ...

 

Intro 4x:

Em7(9) Dm7(9) G4(7/9) C7M B7(11)

Em7(9)

Dm7(9) G4(7/9)

 

Tive razão

posso falar

Em7(9)

Dm7(9) G4(7/9)

C7M

B7(11)

Tive razão

posso falar

Não foi legal, não pegou bem

 

C7M

B7(11)

Em7(9)

Dm7(9) G4(7/9)

Não foi legal, não pegou bem

Que vontade de chorar

dói

 

Em7(9)

Dm7(9) G4(7/9)

C7M

B7(11)

Que vontade de chorar

dói

Em pensar que ela não vem, só dói

C7M

B7(11)

Em7(9)

Dm7(9)

G4(7/9)

Em pensar que ela não vem, só dói

Em7(9)

Dm7(9)

G4(7/9)

Mas pra mim tá tranquilo, eu vou zoar

Mas pra mim tá tranquilo, eu vou zoar

C7M

O clima é de partida, vou dar sequência a

C7M

B7(11)

O clima é de partida, vou dar sequência a

minha vida

B7(11)

Em7(9)

minha vida

E de bobeira é que eu não estou,

Em7(9)

Dm7(9)

G4(7/9) C7M

E de bobeira é que eu não estou,

Dm7(9)

G4(7/9) C7M

E você sabe como é, eu vou

B7(11)

Em7(9)

Mas poderei voltar quando você quiser.

E você sabe como é, eu vou

B7(11)

Em7(9)

Mas poderei voltar quando você quiser.

Dm7(9) G4(7/9) C7M B7(11)

ô ô ô ô ô ô ô ô, lá lá lá ...

Teus Olhos

Marcelo Camelo

Tom: E

E7M(9)

C#m

Agora tudo tanto faz,

A7M

Teus Olhos Marcelo Camelo Tom: E E7M(9) C#m Agora tudo tanto faz, A7M F#m7 C#m Meu

F#m7

C#m

Meu bem,

Teus olhos abrem pra mim

B7

Todos os encantos

Eu vi você passar

F#m7

C#m

E7M(9) E7

Teus olhos abrem pra mim

Levando meu encanto

 

A7M

Am

F#m7

C#m

Caminho sem saber de mim

Teus olhos abrem pra mim

 

E7 C#m

 

F#m7

Eu vivo sem pensar

Todos os encantos bons

 

F#m B7

 

E7M

Se sou só

Tudo que se quer vai lá

 

A7

 

Ou sou mar

A7M

E7M(9)

Eu vi na terra

A7M

E7M(9)

C#m

A7M

Mas eu conto com você

Você chegando assim

 

B7

E7M(9) E7

A7M

E7M(9)

Assim, de um jeito tão sereno

A7M

Am7

Ai,ai meu Deus do céu

E7 C#m

Eu vivo sem pensar

F#m B7

Se sou só

E7M(9)

A7M

Acho que eu não vou mais

Pois enquanto eu não me resolver

A7M

E7M(9)

Eu vou lá, eu vou lá, eu vou

A7M

E7M(9)

Mas enquanto eu não me resolver

A7M

E7M(9)

Eu vou lá, eu vou lá, eu vou

Teus olhos abrem pra mim ... Eu vi na terra ... Acho que eu não vou mais ...