Você está na página 1de 7
rr : Revista — de 7 aude Ano4 Numero1 TEE TE rT IX ierairs de Medicina Militar da CPLP = A Avaliagao de Sequelas de Acidentes e Doengas em Servico * Orientacdo para elaboracao dos pareceres técnicos da CPIP — Perturbagao Pés-Stress Traumatico © Peritagem Médico - Legal = PTSD em Militares e Civis nas zonas de conflitos ———. 2 ——_ A PERTURBACAO POS-STRESS TRAUMATICO EM MILITARES E CIVIS NAS ZONAS DE CONFLITOS Carlos Anunciagéo * RESUMO No presente trabalho faz-se uma breve descricao historica do conceito da Perturbagéo Pds-Stress Traumatic (PTSD - Post Traumatic Stress Disea-se) e da sua entidade clinica cuja sintomatologia compreende, desde o reexperienciar do acontecimento traumético, ao evitamento persistente de estimulos associados com 0 trauma e embotamento da reactividade geral assim ‘como sintomas de activacao aumentada segundo 0 Manual de Diagndstico Esiatistica das Perturbacoes Mentais (309.81 do DSM IV), da Associagao Psiquidtrica Americana. ‘As zonas de conflito s80 potenciais catalisadores de Stress Traumético dado que nesse contexte, os acontecimentos traumaticos 80 causados pelo proprio homem (bombardeamento, tortura, violacao, alaques terroristas) e podem ocorrer com maior frequéncia e intensidade, podendo fazer com que alguns militares e civis possam desenvolver esta patologia. Por exemplo, na American Psycholo-gist (1991) 0 psicélogo american Hobfoll refere que logo apés a operacdo “Tempestade do Deserto” uma Task Force incluindo onze psicélogos, americanos, canadianos e israelitas, procuraram estudar nos militares, 0s possiveis efeitos traumatizantes da guerra "Toronto, Pecsogo, de Hosp Mita Princo! “A possiblidade de desenvolvimento da PTSD nfo 6 exctisva dos mitares..” ‘Segundo ele, ‘apesar da guerra ter sido gana rapidamente e com relatvafaclidade, gracas 4 avangada tecnologia dos moios. de combate, eram patentes em muitos dos militares, diversos sintomas de Stress Traumatic...” © autor procurou evidenciar que, apesar de serem grupos distintos (militares ¢ cvis) e com preparacao diferenciada, ambos podem vir a sofrer desta doenca © que os diferentes estudos que existem actualmente sobre a PTSD em diferentes contextos 40 muitos deles dissonantes entre si INTRODUCGAO Longe vai o tempo em que os contlitos de interesses - politicos, ideolégicos e religiosos - © 05 perigos que Ihe séo inerentes eram confinados a determinados espagos do globo. Actualmente, com o ressurgimento do terrorismo de forma global, qualquer lugar ode, potencialmente, ser palco de um atentado terrorista e desse modo, também a possibilidade das pessoas, militares civis serem afectadas com a Perturbacao Pos-Stress Traumatico (do inglés Post traumatic Stress Disorder - PTSD). Nos dias de hoje, alguns dos cenarios de horror € morte tornaram-se imprevisiveis e com isso aumentou a ansiedade das pessoas no seu quotidiano. Revista Portugues de Sade Militar, Ano m1 Basta que nos lemibremos, por exemplo, do 11 de Setembro nos EUA ou do 11 de Margo em Espanha Origens do Stress Traumatico Ainda que a PTSD tenha sido consi derada uma entidace nosogratica apenas fem 1980 (DSM Ill), também provavelmente Por raz6es politicas e sociais, sempre existram ao longo da histéria do Homem acontecimentos de natureza traumatica, susceptiveis de provocar diferentes comportamentos desadaptados no individuo. A primeira descrigao cientifica dos actuais sintomas da PTSD devido a um trauma psicolégico surgiu no Século XVII quando um médico, Mendhelson, descreveu um conjunto de sintomas similares & PTSD num paciente seu (Samuel Pepys), a seguir ao grande ‘ncéndio de Londres em 1666. ‘Andreasen (1985) retere que em 1871 no American Journal of Medical Sciences. tum médico de origem portuguesa, Da Costa, observara ¢ relatara, distirbios idénticos ‘em muitos dos soldados que combatiam na guerra civil americana. Esses militares, apresentavam elevada ansiedade em consequéncia de factores de stress muito intensos durante os combates @ Da Costa baptizou esse distirbio de “doenga do ‘coragao irtéver. Também durante a | Guerra Mundial foram sendo observados comportamentos desadaptados similares em militares, dando-se-Ihes outras designagdes como “astenia neurocir-culatéria’ e “cheque de abrigo’. Na época, acteditava-se que os gases de mondxido de carbono, produzidos na frente de combate, estivessem na etiologia desta perturbacéo (Shell shock). Revista Portugues de Said Militar, Ano V, 1, 2004 Durante os anos sequintes continuaram a investigar a patologia, procurando alguns investigadores explicagées fisicas para o fenomeno e, outros, explicacdes psicolégicas. O tema voltou a ser alvo de novos estudos @ polémica, durante e apos a Il Guerra Mundial, tendo sido rebaptizado como “neurose traumdtica de guerra’, “neurose de combate’, “fadiga de combate" e “grave reaccéo de stress’ entre outros, tendo mais tarde, sido revisto com a problematica dos veteranos da guerra do Vie-tname os quais contri- buiram decisivamente para a incluso da actual entidade psicopatolégica no DSM (Ill) de 1980. A Perturbacao Pés-Stress Traumatico Segundo a 4.* Edigéo do Manual de Diagnéstico e Estatistica das Per-turbacdes Mentais (DSM-IV) da Associagao Psiquidtrica Americana, a Perturbagao Pés: Stress Traumdtico (PTSD) tem origem em “aconteci-mentos traumaticos, aos quais a pessoa esteve exposta, testemunhou ou foi confrontada com a morte ou ameaga de morte ou a sua integridade fisica, ou de outras pessoas” e aos quais a pessoa espondeu com intenso medo, desespero ‘ou horror”, 0 tipo de acontecimentos trau-maticos, Podem ser vividos isola-damente ou em ‘grupo e sao diversos, englobando desde os Desastres Naturais (inun-dacoes, sismos, tuf6es), passando pé-los Desastres Acidentais (desastres de grandes proporcdes, nomeadamente acidentes de aviagdo, ferroviarios, maritimos, incéndios @ desabamento de grandes estruturas) até aos Desastres causados de modo deliberado pelo Homem (combates,