P. 1
Água do Mar

Água do Mar

|Views: 4|Likes:
Publicado porJuliano Cordeiro

More info:

Published by: Juliano Cordeiro on Jun 13, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2014

pdf

text

original

Água do Mar

Água do mar é a água de um mar ou oceano. Em média, a água do mar de todo o mundo tem uma salinidade de 35 (3,5%). Isto significa que para cada litro de água do mar há 35 gramas de sais dissolvidos (a maior parte é cloreto de sódio, NaCl). Esta água não é potável, devido a sua alta concentração de sais, que podem desidratar uma pessoa. A água do mar não tem salinidade uniforme ao redor do globo. A água me nos salina do planeta é a do Golfo da Finlândia, no Mar Báltico. O mar mais salino é o Mar Morto, no Médio Oriente, onde o calor aumenta a taxa de evaporação na superfície, e há pouca descarga fluvial.

A origem da salinidade do oceano
As teorias científicas para explicar as origens do sal marinho começaram com Edmond Halley, em 1715, que propôs que os sais e outros minerais foram transportados para o mar pelos rios, tendo sido sugado da terra por queda da chuva, lavando as rochas. Ao alcançar os oceanos estes sais seriam retidos e concentrados pelo proces so de evaporação (veja Ciclo hidrológico) que removem a água. Halley notou que do pequeno número de lagos no mundo que não têm saídas para o oceano (como o Mar Morto e o Mar Cáspio), a maioria tem alto teor de sais. Halley denominou este processo de "intemperismo continental". A teoria de Halley estava correta em parte. Ou seja, o sódio foi sugado do fundo do oceano quando os oceanos se formaram. A presença dos outros elementos dominantes como cloreto, resultaram do escape de gases do interior da terra (na forma de ácido clorídrico), por vulcões e fontes hidrotermais. O sódio e o cloreto então se combinaram para formar o constituinte mais abundante da água do mar, o cloreto de sódio. A salinidade do oceano tem -se mantido estável por milhões de anos, provavelmente como uma conseqüência de um sistema tectônico/químico que recicla o sal. Desde o surgimento do oceano, o sódio não é mais libertado pelo fundo do oceano, mas é capturado de camadas sedimentares que cobrem o leito do oceano. Uma teoria diz que a tectônica de placas faz com que o sal seja forçado para baixo das massas continentais, onde é lentamente trazido de volta à superfície. Outra fonte importante é o que chamamos de Água Juvenil, este material é proveniente do interior da Te rra e sai por meio de fenômenos como o vulcanismo. Esta água nunca esteve na superfície da Terra, por isso leva o nome de água juvenil.

Composição química
A ciência que estuda a composição química dos oceanos e as concentrações dos compostos na água do mar se chama oceanografia química. A água do mar tem composição química quase constante. Há um pouco mais de 70 elementos di ssolvidos na água do mar, mas apenas seis desses constituem mais de 90% dos sais dissolvidos; todos ocorrem como íons.

alguns gases dissolvidos são não-conservativos e participam ativamente em processos químicos e biológicos que modificam suas concentrações. Em geral. como oxigênio e nitrogênio. A água a uma dada temperatura e salinidade está saturada com gás quando a quant idade de gás que se dissolve na água é igual à quantidade que sai ao mesmo tempo. mas também as massas de água continentais) têm um papel muito importante no equilíbrio do dióxido de carbono na atmosfera terrestre. ele é "absorvido" pela água que se torna um reservatório de carbono. Principais íons salinos da água do mar       Cloreto (Cl-): 55. quando há excesso de dióxido de carbono na atmosfera. Exemplos são o oxigênio e o dióxido de carbono . oxigênio e dióxido de carbono. A água do mar superficial está geralmente saturada com gases atmosféricos. Em contraste. fósforo e enxofre). que são a base da produção primária. ou pela mistura da água com outras massas de água que contêm diferentes teores de gases dissolvidos. . por aumento da temperatura ou dos nutrientes). Dessa maneira.68 %m Magnésio (Mg2+): 3. principalmente nitrogênio. Aumentando -se a temperatura ou a salinidade reduz-se a quantidade de gás que pode ser dissolvido. por se tornar mais densa pela evaporação).difusão (processo lento). Uma vez que a água afunda para baixo da superfície oceânica (por exemplo.69 %m Cálcio (Ca2+): 1.suas concentrações são conservativas e somente afetadas por processos físicos. Mas os micronutrientes também são largamente estudados. especialmente pelos organismos. A quantidade de gás num dado volume de água pe rmanecerá inalterado. o nitrogênio e raros gases inertes ( argônio.04 %m (%m significa porcentagem em massa) Sódio (Na+): 30. Quando a biomassa vegetal na água aumenta (por exemplo. hélio.Os cientistas estudam principalmente os macronutrientes na água do mar (nitrogênio. exceto pelo movimento das moléculas de gás através da água -. Este gás têm a propriedade de reagir com os íons presentes na água para formar íons bicarbonato.16 %m Potássio (K+): 1. uma vez que.liberados e usados a diversas taxas nos oceanos.61 %m Sulfato (SO42-): 7. principalmente para as plantas. os gases dissolvidos não podem mais ser trocados com a atmosfera. etc. Ciclo do carbono Os oceanos (pela sua dimensão. A quantidade de gás que pode se dissolver na água do mar é determinada pela temperatura e salinidade da água. podem tornar-se limitantes para vários tipos de organismos marinhos. devido às suas baixas concentrações.) comportam-se dessa maneira . já que são os mais importantes para a vida marinha.10 %m Gases dissolvidos na água do mar A água do mar também contém pequenas quantidades de gases dissolvidos.

nessa altura.aumenta também a necessidade de dióxido de carbono para essas plantas realizarem a fotossíntese . isto é. dada a presente poluição intensa dos corpos d'água continentais. É um paradoxo.com. água doce. já que uma pessoa c ercada de água pode morrer de sede. chamado dessalinização . Aspectos culturais Mesmo num navio ou ilha no meio do oceano pode haver falta de água. para obterem água potável à partir da água do mar. No futuro este processo pode se tornar muito utilizado. Muitas nações na África e no Oriente Médio com problemas hídricos ap licam hoje um processo caro.br . Fonte: Wikipédia www. o bicarbonato pode "transformar -se" de novo em dióxido de carbono para repôr o equilíbrio.marexsupply.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->