Você está na página 1de 10

ESTABELECIMENTO DE METAS

Prof. Msc Luciano Lopes


Metas

 Um objetivo, um alvo de alguma ação,


um padrão ou um nível de desempenho.
 Subjetivas: Declaração de intenção sem
critérios de mensuração
 Objetivas: Atingir um padrão
específico de competência em uma tarefa,
dentro de um tempo especificado
Metas de Resultado
 Foco em um resultado competitivo de
um evento
 Sua obtenção envolve outros fatores
 Facilitam a motivação de curto prazo

 Aumento da ansiedade
 Diminuição da concentração
Metas de Desempenho
 Foco em atingir padrões de
desempenho independente de outros
competidores
 Mais flexíveis e controláveis
 Permite ajustes mais precisos

 Foco excessivo pode aumentar a


ansiedade
Metas de Processo
 Foco na execução das tarefas para
realizá-las bem
 Mais flexíveis e controláveis

 Permite ajustes mais precisos

 Diminui a ansiedade cognitiva


Influências sobre o Comportamento
 Dirigem a atenção a elementos
importantes da habilidade
 Aumentam o esforço do atleta

 Prolongam a persistência

 Favorecem o desenvolvimento de
novas estratégias de aprendizagem
Princípios do EM
 Metas específicas
 Descrição das circunstâncias
 Longo prazo e curto prazo
 Metas de desempenho e de processo,
bem como de resultado
 Metas de treino e de competição

 Moderadamente difíceis, mas realistas


Princípios do EM
 Registre as metas
 Incentive o compromisso com a meta
 Considere a personalidade e a
motivação do participante
 Faça avaliações e forneça feedback
 Apóie a meta
Princípios Básicos
 Mensuráveis
 Específicas
 Ajustáveis
 Realistas
 Temporais
 Pessoais
 Públicas
Problemas no EM

 Convencer atletas a estabelecer metas

 Deixar de estabelecer metas específicas


 Não ajustar as metas
 Não acompanhar e avaliar
 Não estabelecer metas de desempenho
e processo