P. 1
Apostila Questôes OAB Com Gabarito

Apostila Questôes OAB Com Gabarito

|Views: 67.695|Likes:
Publicado porleninefilho

More info:

Published by: leninefilho on May 02, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/28/2015

pdf

text

original

1. (OAB/DF – 2005) Convenção Coletiva de trabalho, conforme definição legal, é:

a) o acordo de caráter meramente obrigacional.
b) o acordo de caráter normativo pelo qual dois ou mais sindicatos, representativos de
categorias econômicas e profissionais, estipulam condições de trabalho aplicáveis, no
âmbito das respectivas representações, às relações individuais de trabalho.
c) o acordo de caráter normativo pelo qual o sindicato representativo de categoria
profissional celebra, com uma ou mais empresas da correspondente categoria

176

econômica, condições de trabalho aplicáveis, no âmbito da respectiva representação, às
relações individuais de trabalho.
d) o acordo de caráter meramente normativo.

2. (OAB/DF – 2005) A obrigatoriedade da participação do Sindicato na negociação
coletiva

a) decorre exclusivamente de normas da OIT.
b) contraria princípio constitucional expresso.
c) decorre de construção meramente jurisprudencial.
d) decorre de previsão constitucional.

3. (OAB/RS – 2005) O sindicato de trabalhadores X ajuíza ação de dissídio coletivo
originário contra o sindicato patronal Y, porém o legítimo representante da
categoria profissional é o sindicato Z. Qual a medida processual adequada a ser
adotada pelo sindicato Z no curso do processo?

a) Ingressar na lide na condição de opoente.
b) Ajuizar ação de revisão de dissídio coletivo e requerer distribuição por dependência
ao processo já em tramitação.
c) Ajuizar mandado de segurança, argüindo seu direito líquido e certo de representar a
categoria profissional.
d) Ajuizar ação rescisória.

4. (OAB/SP – 2005) A decisão sobre a celebração de convenção coletiva de trabalho
é tomada:

a) por todos os integrantes da categoria.
b) pelos associados do sindicato.
c) pela diretoria do sindicato.
d) pelo presidente do sindicato.

5. (OAB/SP – 2006) São órgãos internos dos sindicatos, previstos em lei:

a) diretoria, conselho fiscal e assembléia geral.
b) diretoria, conselho de administração e assembléia geral.
c) presidência, conselho de administração e assembléia geral.
d) presidência, colégio de representantes e assembléia geral.

6. (OAB/SP – 2005) O acordo coletivo de trabalho vigora por:

a) dois anos, no máximo, podendo ser renovado.
b) um ano, no máximo, podendo ser renovado.
c) quatro anos, no máximo, vedada renovação.
d) prazo indeterminado, podendo ser denunciado a qualquer tempo, mediante aviso com
trinta dias de antecedência.

7. (OAB/SP – 2005) Os dissídios coletivos são julgados:

a) pela Vara do Trabalho da localidade em que verificado o conflito.
b) pela Vara do Trabalho em que estabelecido o sindicato suscitante.
c) por Tribunal Regional do Trabalho ou pelo Tribunal Superior do Trabalho, conforme
a abrangência territorial do conflito.
d) pelo Tribunal Superior do Trabalho.

177

8. (OAB/NE – 2005) No modelo sindical atual, é permitido que:

a) seja criada mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de
igual categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial ou município.
b) o Poder Público interfira e intervenha na organização sindical.
c) o aposentado filiado vote e seja votado nas organizações sindicais.
d) a lei exija autorização do Estado para a fundação de sindicato.

9. (OAB/DF 2006) Com a Emenda Constitucional n. 45, as ações sobre
representação sindical entre sindicatos e entre sindicatos e trabalhadores, são de
competência:

a) da Justiça federal;
b) da Justiça comum dos estados;
c) originária dos Tribunais Regionais do Trabalho ou do Tribunal Superior do Trabalho,
a depender do âmbito do conflito;
d) da Justiça do Trabalho.

10. (OAB/DF 2005 - adaptada) O acordo coletivo de trabalho é:

a) o acordo de caráter normativo pelo qual dois ou mais sindicatos representativos de
categorias econômicas e profissionais estipulam condições de trabalho aplicáveis às
relações individuais de trabalho, no âmbito das respectivas representações;
b) o acordo de caráter normativo pelo qual os sindicatos representativos das categorias
profissionais celebram com uma ou mais empresas da correspondente categoria
econômica condições de trabalho aplicáveis às relações individuais de trabalho;
c) ato jurídico bilateral, de natureza obrigacional, celebrado entre sindicatos, sendo
vedada a sua extensão aos não associados em face do princípio constitucional da
liberdade de filiação;
d) ajuste celebrado entre sindicatos representativos de categorias profissionais com uma
ou mais empresas da correspondente categoria econômica estipulando condições de
trabalho, aplicáveis no âmbito da empresa ou empresas acordantes, com efeito inter
partes.

11. (OAB/ RJ 2006) A estabilidade sindical é concedida ao empregado:

a) Candidato a um cargo sindical, durante o processo eleitoral (desde a notificação ao
empregador do registro da candidatura) e depois de eleito para o cargo de direção ou
representação sindical, inclusive os suplentes, até um ano após o término do mandato,
sendo indispensável a comunicação (pela entidade sindical) ao empregador;
b) Candidato a um cargo sindical, durante o processo eleitoral (desde a notificação ao
empregador do registro da candidatura) e depois de eleito para o cargo de direção ou
representação sindical, inclusive os suplentes, até um ano após o término do mandato,
não sendo necessária a comunicação (pela entidade sindical) ao empregador;
c) Candidato a um cargo sindical, durante o processo eleitoral sendo ele indicado a
concorrer a um mandato no sindicato que representa a categoria econômica de seu
empregador e depois de indicado para o cargo de direção ou representação sindical,
inclusive os suplentes, até um ano após o término do mandato, não sendo necessária a
comunicação (pela entidade sindical) ao empregador;
d) Candidato a um cargo sindical, durante o processo eleitoral (desde a notificação ao
empregador do registro da candidatura) e depois de eleito para o cargo de direção ou
representação na Central Sindical, inclusive os suplentes, até um ano após o término do
mandato, sendo indispensável a comunicação (pela Central Sindical) ao empregador.

178

12. (TRT 2ª região – 2007) O sindicato detém legitimidade ativa para pleitear
adicional de insalubridade, atuando como substituto processual dos trabalhadores
da categoria profissional que representa. Diante dessa premissa, é correto afirmar
que:

a) A legitimidade ativa do trabalhador para ajuizar reclamação trabalhista com o mesmo
objeto é concorrente, mas para se beneficiar de eventual decisão favorável ao Sindicato
substituto deve requerer suspensão da ação individual no prazo legal, tão-logo seja
intimado da existência da ação coletiva.
b) Processo com idêntico objeto ajuizado concomitantemente pelo trabalhador, será
extinto sem resolução do mérito, por configurada litispendência.
c) Julgada procedente a ação em que o sindicato atua como substituto processual, os
efeitos da coisa julgada alcançam todos os trabalhadores substituídos.
d) Todas as alternativas anteriores estão corretas.

3. PROCESSO DO TRABALHO

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->