Você está na página 1de 2

O Modelo de Auto-Avaliação no contexto da

Escola/Agrupamento
Guião
Integração e envolvimento na Escola/Agrupamento
- Motivar todos os intervenientes no processo.
- Liderança forte do professor-bibliotecário na
mobilização de toda a Escola/Agrupamento no processo
de avaliação da BE.
- Articular e colaborar com o Conselho Executivo na
implementação do Modelo.
- Dialogar com os diversos departamentos e/ou C.
Docentes (1º ciclo) para calendarização do processo e
opinião de cada um, antes e durante, o processo de
aplicação do domínio escolhido.
Envolvimento - Apresentar em C. Pedagógico e nas reuniões de
dos utilizadores Departamento e /ou C. Docentes o Modelo de Auto-
Avaliação (PowerPoint da tarefa anterior).
- Trabalhar colaborativamente com os professores dos
diferentes departamentos.
- Proporcionar aos alunos e aos pais/encarregados de
educação uma sessão na BE para apresentação do
Modelo, sensibilizando-os a participarem na avaliação e
mostrando-lhes como poderão colaborar activamente na
melhoria dos serviços prestados pela BE.
- Relevar a contribuição de todos os intervenientes
através das tarefas pedidas (recolha de evidências).
Etapas do - Identificar um problema.
Processo em cada -Recolher evidências.
Domínio -Interpretar a informação recolhida.
- Divulgar os resultados na Escola.
- Apresentar o relatório final em C. Pedagógico (ouvir a

1
opinião e sugestões dos colegas).
- Realizar as mudanças/melhorias necessárias.
- Recolher novas evidências.
- Escolher o Domínio a aplicar em determinado ano
escolar depois de ouvidos todos os intervenientes no
Implementação
processo.
do Modelo
- Aplicar os Instrumentos.
- Recolher as evidências.
- Elaborar o relatório
“ (…) A questão da liderança e do exercício de uma visão e gestão é
determinante no desenvolvimento e no sucesso do processo de auto-
avaliação (…) reportando-nos de novo a Eisenberg e Miller (2002) significa:
- Ter atitude e capacidade de intervenção face aos problemas identificados.
- Reconhecer a oportunidade e ter sentido de agenda na abordagem dos
problemas e na apresentação de propostas e estratégias junto do Conselho
Executivo.
- Articular prioridades e objectivos com a escola os programas e projectos
em desenvolvimento.
- Desenvolver uma cultura de avaliação. Gerir as evidências recolhidas no
sentido de comunicar o valor da biblioteca escolar e corrigir os gaps
identificados.
- Articular, colaborar e comunicar em permanência na escola e com outros
stakeholders.”
In texto da sessão 3

Maria José Cascalheira Alves


CIBE RBE