Você está na página 1de 2

EstudoSobre Empatia

O estudo sobre os processos empticos relativamente recente, sendo que as primeiras pesquisas cientficas conhecidas sobre empatia foram feitas a partir da segunda metade do sculo XX, embora esse conceito j existisse pelo menos desde o incio do sculo XX. A empatia , segundo Hoffman (1981), a resposta afetiva vicria a outras pessoas, ou seja, uma resposta afetiva apropriada situao de outra pessoa, e no prpria situao. O termo foi usado pela primeira vez no incio do sculo XX, pelo filsofo alemo Theodor Lipps (1851-1914), "para indicar a relao entre o artista e o espectador que projeta a si mesmo na obra de arte." Na psicologia e nas neurocincias contemporneas a empatia uma "espcie de inteligncia emocional" e pode ser dividida em dois tipos: a cognitiva relacionada capacidade de compreender a perspectiva psicolgica das outras pessoas; e a afetiva - relacionada habilidade de experimentar reaes emocionais por meio da observao da experincia alheia. O estado de empatia, ou de entendimento emptico, consiste em perceber corretamente o marco de referncia interno do outro com os significados e componentes emocionais que contm, como se fosse a outra pessoa, em outras palavras, colocar-se no lugar do outro, porm sem perder nunca essa condio de como se. A empatia implica, por exemplo, sentir a dor ou o prazer do outro como ele o sente e perceber suas causas como ele a percebe, porm sem perder nunca de vista que se trata da dor ou do prazer do outro. Se esta condio de como se est presente, nos encontramos diante de um caso de identificao (1).