P. 1
2004.04.26 - Acidente com uma carreta interrompeu o tráfego por mais de duas horas No km 401 da BR-381 - Estado de Minas

2004.04.26 - Acidente com uma carreta interrompeu o tráfego por mais de duas horas No km 401 da BR-381 - Estado de Minas

|Views: 290|Likes:
Publicado porluciomario
2004.04.26 - Acidente com uma carreta interrompeu o tráfego por mais de duas horas No km 401 da BR-381 - Estado de Minas
2004.04.26 - Acidente com uma carreta interrompeu o tráfego por mais de duas horas No km 401 da BR-381 - Estado de Minas

More info:

Published by: luciomario on May 07, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

E STA D O D E M I N A S

q

S Á B A D O ,

2 6

D E

J U N H O

D E

2 0 0 4

GERAIS

21

GIRO

JULGAMENTO

POLICIAL

Advogados de Ismael Loth, que pegou 16 anos por acidente com cinco mortos, devem apresentar alegações em oito dias

Defesa de motorista condenado recorre
CARGA TÓXICA
RICARDO BEGHINI O histórico julgamento que condenou o industrial Ismael Keller Loth a 16 anos de prisão por homicídio com dolo eventual – assumir o risco de causar mortes –, em razão de um pega em uma estrada da Zona da Mata – pode ter novos desdobramentos. Os advogados de defesa do industrial apresentaram, no final da tarde ontem, termo de recurso para solicitar a anulação do júri e ainda recorreram para diminuir a pena do réu. Ismael é acusado da morte de cinco pessoas de uma família, em 1996, na MG126, entre Mar de Espanha e Bicas, a 290 quilômetros da capital. Os advogados apelaram para o artigo 600 do Código de Processo Penal, que dá prazo de oito dias às partes para apresentarem as razões dos recursos, diretamente ao Tribunal de Justiça. Se

Batida fecha Anel Rodoviário de BH
A batida entre o caminhão Mercedes Benz placa HZF 7117 na traseira da carreta Scânia GVI 4665, ambos transportando produtos químicos e tóxicos, provocou o fechamento do Anel Rodoviário de BH por mais de quatro horas, sentido bairro Pilar/Cidade Industrial. O motorista do caminhão João Ferreira Santos, de 43 anos, foi o único ferido, com várias fraturas. O acidente aconteceu às 17h45 de ontem, no km 4 do Anel, no bairro Betânia, Oeste da capital, mas o engarrafamento se estendeu pela BR-040 saída para o Rio de Janeiro e avenida Raja Gabaglia. Alguns motoristas presos no congestionamento foram vítimas de assaltantes e policiais militares foram para o local garantir a segurança. De acordo com o tenente-coronel Cláudio Texeira, do Corpo de Bombeiros, o derramamento de cerca de sete mil litros de ácido sulfúrico do tanque da carreta foi o responsável pelo fechamento da rodovia. No km 401da BR-381, saída para Vitória (ES), um acidente com uma carreta interrompeu o tráfego por mais de duas horas, também no final da tarde de ontem.

aceito o primeiro recurso simples, o julgamento do mérito pode levar vários meses, já que os advogados terão ainda que ser intimados pelo TJ a apresentarem suas alegações. Segundo Wellington Marcos Rodrigues, um dos advogados de Ismael, a complexidade do processo justifica o uso desse artifício jurídico. Apesar dos motivos do recurso não terem sido apresentados ontem ao juiz Ricardo Rodrigues Lima, o principal advogado do industrial, o ex-procurador-geral de Justiça Márcio Decat de Moura, disse que pretende demonstrar pelo menos três irregularidades no julgamento. A primeira é a atuação de um dos assistentes da acusação, o advogado Leandro Costa Moreira, que, segundo Decat, não poderia participar do júri, já que o único advogado nomeado pela família das vítimas foi Laerte de Campos Hosken.

Além disso, os advogados do industrial entendem que a lista de quesitos deveria ser apresentada aos jurados por vítimas, e não de maneira global, como ocorreu. Por último, Márcio Decat também vai alegar que a fita de vídeo exibida durante o julgamento para apreciação dos jurados, com imagens gravadas minutos após o acidente, não foi periciada, e pode ter ocorrido edição ou montagem do conteúdo. De acordo com ele, devido à demora do julgamento, depois que for aberta vista do processo será possível identificar outros pontos que tornariam o júri nulo. Decat alega ainda que os jurados exerceram uma vingança pessoal da fazendeira Delizete Carnaúba, que perdeu cinco parentes no acidente e lutou para ver o industrial Ismael Loth e o médico Ademar Barros no banco

dos réus. “Houve uma pressão da Delizete, que tentou sensibilizar os jurados e manipulou a imprensa”, criticou. Ismael permanece na Fazenda São Vicente, zona rural de Mar de Espanha, sem comentar o caso. Hospedada num hotel em Bicas, a fazendeira Delizete Carnaúba disse que não se importa com a tentativa de anulação do julgamento, porque os advogados de defesa já teriam fracassado outras vezes nas manobras para mudar os rumos do processo. “Foi uma vitória estrondosa. Para mim, a pena é irrelevante. O que importa é que, a partir de agora, pega é crime doloso", comentou. O médico Ademar Pessoa Cardoso, que teria participado do pega com Ismael, também permanece em Mar de Espanha, onde presta atendimento à população normalmente. Ele deverá ser julgado em outubro ou novembro.
PAULO FILGUEIRAS

DINHEIRO FALSO

Golpistas são flagrados com quase R$ 9 mil
Duas apreensões de notas falsas ocorreram ontem no Estado, totalizando R$ 8.850. Em Itabira, região Central, quatro pessoas foram presas numa ação conjunta entre polícias Civil e Militar. Eles foram presos com R$ 7.350 em notas falsas de R$ 50 e ainda 29 celulares, entre eles quatro clonados. Outras quatro pessoas foram presas, ontem, por envolvimento em falsificação de dinheiro em São João delRei, no Campo das Vertentes. Giliarde Elimar Cruz, de 18, e João Paulo da Silva, de 20, foram presos quando pagavam com R$ 200 em notas falsas as despesas feitas na boate Capa de Revista. Através deles, a polícia chegou a uma residência no bairro de Guarda Mor. Ali, foram encontrados cerca de R$ 1.300 em notas falsas. Sérgio Fernandes das Neves, de 24, foi preso e uma impressora usada para a falsificação das notas foi apreendida. O moto-taxista Luiz Antônio Ribeiro, de 21, também foi detido como intermediário para a venda do dinheiro falso.

EXPLORAÇÃO SEXUAL

Promotora fala em 50 envolvidos no esquema
Ex-procurador-geral de Justiça Márcio Decat argumenta que houve irregularidades no júri que condenou seu cliente por homicídio com dolo eventual A promotora Luciana Kellen Santos Pereira, que investiga um suposto esquema de exploração de crianças e adolescentes em São Francisco, no Norte de Minas, informou, ontem, que pode chegar a mais de 50 o número de envolvidos no caso e que a maioria deles pode ter prisão pedida à Justiça. Anteontem, Luciana pediu a preventiva de 22 suspeitos de participação direta no esquema, dentre 32 pessoas que já tiveram seus nomes divulgados. A juíza de São Francisco, Rosana Siqueira da Paixão, vai decidir pela decretação ou não dessas prisões na semana que vem. Segundo a promotora, conforme o inquérito, de mais de 1,2 mil páginas, um dos suspeitos foi denunciado por explorar sexualmente 18 adolescentes, a maioria menor de 14 anos. “Se for condenado em relação a cada uma delas, essa pessoa poderá receber uma pena superior a 100 anos de reclusão”, observou, lembrando que outro envolvido teve relacionamento com 16 vítimas.

CONSCIENTIZAÇÃO

Dia para dizer não às drogas
LUIZ FERNANDO CAMPOS O Dia Internacional da Luta contra Drogas, comemorado hoje, pretende levar várias pessoas para a caminhada “Sou vivo, não uso drogas”, no Centro Cultural Lagoa do Nado, bairro Itapoã, na Pampulha, em Belo Horizonte. A partir das 9h, vários eventos como feira de prevenção, rua de lazer, exibição de filmes sobre o tema e apresentação de grupos musicais compõem a programação. No domingo, a partir das 15h na sede da ONG Terra da Sobriedade (Rua das Pedrinhas, 342, bairro São João Batista, Nordeste de BH), haverá festa junina com show, às 19h, de Pereira da Viola. A Terra da Sobriedade é uma ONG que trabalha com a prevenção, recuperação e reinserção do dependente químico na família e na sociedade. Atua como uma comunidade terapêutica e desenvolve atividades como palestras, reuniões e terapias de grupo. A ordem é valorizar a vida, a convivência em comunidade, a arte e a cultura como formas de afastar a população, principalmente os jovens, das drogas. O sentimento exacerbado de liberdade e o consumo de bebidas alcoólicas e drogas reflete, na maioria das vezes, o grande número de ocorrências policiais envolvendo jovens. Segundo levantamento da Unesco no Brasil, o mapa da violência revela que a taxa de homicídios entre pessoas de 15 a 24 anos subiu de 30 em 100 mil, em 1980, para 54,5 em 100 mil, em 2002. O coordenador da comissão da AssociaMARIA TER EZA CORREIA/26/6/2001

q CORPO DE MINEIRO
O corpo do estudante de turismo Nilmar Fernandes da Silva, de 22 anos, de Belo Horizonte, foi liberado ontem do IML de Fortaleza (CE) e deverá chegar hoje, às 19h, ao aeroporto de Confins, na região metropolitana da capital. Nilmar foi assassinado durante tentativa de assalto na terça-feira, no bairro Mucuripe, região Leste da capital cearense, depois que saiu sozinho para um passeio pela cidade. No assalto, a vítima foi atacada por três homens, que tentaram roubar sua máquina fotográfica. Nilmar reagiu e foi atingido com um tiro de pistola na axila esquerda. Ele ainda chegou a ser socorrido pela PM, mas morreu minutos depois de dar entrada no Hospital Doutor José Frota, no Centro. Na Delegacia de Roubos e Furtos permanecem presos dois dos assaltantes que participaram do latrocínio. O terceiro foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Anthero Drummond diz que crimes e drogas estão cada vez mais ligados ção Médica de Minas Gerais (AMMG) que lida com o combate ao tabagismo e ao uso de álcool e outras drogas, Anthero Drummond Júnior, acredita que a violência vem aumentando em decorrência do consumo dessas substâncias por jovens. “E não podemos combatê-la com as mesmas armas, é preciso identificar os fatores e criar soluções adequadas”, explicou. Pesquisa recente do Centro Nacional de Epidemiologia do Ministério da Saúde revelou que, entre as causas de morte, os homicídios (32,3%) e acidentes de trânsito (28,3%) só perdem para as doenças cardiovasculares. No entanto, na faixa etária entre 15 e 24 anos, elas estão em primeiro lugar. “Os homicídios estão diretamente ligados ao narcotráfico, pois na maioria das vezes decorrem de conflitos entre gangues, cobranças de dívidas ou brigas por pontos de droga. No caso dos acidentes, observamos que a coisa começa em casa, com o consumo desde cedo de álcool, muitas vezes com o consentimento dos pais”, ressaltou o médico.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->