P. 1
Texto jornalistico

Texto jornalistico

4.0

|Views: 50.030|Likes:
Publicado porgbfl recife
Noções básicas sobre linguagem jornalística.
Noções básicas sobre linguagem jornalística.

More info:

Published by: gbfl recife on May 08, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/21/2014

pdf

text

original

A LINGUAGEM JORNALÍSTICA

O texto jornalístico visa narrar de maneira objetiva os acontecimentos que devem ser compartilhados. São textos de caráter informativo, que buscam informar os leitores sem deixar transparecer a opinião do autor. Apresentam somente os fatos de maneira impessoal. Mas a famosa “isenção de opinião” para melhor informar o leitor/ espectador/ ouvinte muitas vezes é driblada pelo próprio autor do texto, usando técnicas que em jornalismo é chamada “notícia dirigida” ou “tendenciosa”.

O lead O lead (na forma aportuguesada, lide) é, em jornalismo, a primeira parte de uma notícia, geralmente posta em destaque relativo, que fornece ao leitor a informação básica sobre o tema e pretende prender-lhe o interesse. É uma expressão inglesa que significa "guia" ou "o que vem à frente". Na teoria do jornalismo, as seis perguntas básicas do lead devem ser respondidas na elaboração de uma matéria; São elas: "O quê?", "Quem?", "Quando?", "Onde?", "Como?", e "Por quê?". O lead, portanto, deve informar qual é o fato jornalístico noticiado e as principais circunstâncias em que ele ocorre. Já o lead do texto de reportagem, ou de revista, não tem a necessidade de responder imediatamente às seis perguntas. Sua principal função é oferecer uma prévia, como a descrição de uma imagem, do assunto a ser abordado. O lead deve ser mais objetivo, evitando a subjetividade e pautar mais para exatidão, linguagem clara e simples. Isso não significa, porém, que o lead deva ser burocrático. O leitor ganha interesse pela notícia quando o lead é bem elaborado e coerente. Em resumo: quando bem elaborado, ele incita o leitor a ir até o final da notícia.

A técnica da pirâmide invertida Ensinada nos cursos de jornalismo e usada como regra nas redações de jornais e revistas informativas, a técnica da pirâmide invertida surgiu na imprensa norteamericana no século 19, sendo difundida depois pelo mundo inteiro como uma técnica para se construir um bom texto jornalístico. Significa, muito simplesmente, que numa notícia, a seguir ao lead, todas as restantes informações são dadas por ordem decrescente de importância, de forma que, à medida que se vai descendo no

corpo da notícia, os fatos relatados se vão tornando cada vez menos essenciais. Pirâmide invertida porque a base desta, aquilo que é noticiosamente mais importante, se encontra no topo – em ordem muito distinta à que seguem por exemplo os estilos literários como a novela, o drama ou o conto, que geralmente usam uma linguagem de desenvolvimento do enredo com começo, meio e fim, onde o final é o ápice da narrativa.

Como é escrita a notícia? Não existem fórmulas “amarradas”, mas sim diretrizes, que devem ser seguidas dependendo do tamanho e complexidade do tema (não do texto, pois um bom texto jornalístico deve ser o mais claro e elucidativo possível).

Título Subtítulo (se houver necessidade) LEAD 1º parágrafo Intertítulo (se houver necessidade) 2º parágrafo 3º parágrafo Etc...

Quanto ao formato, o texto jornalístico pode ser dividido da seguinte forma:

ARTIGO - Texto interpretativo e opinativo, mais ou menos extenso, que desenvolve uma ideia ou comenta um assunto a partir de determinada fundamentação. Geralmente é assinado por algum articulista, ou jornalista do veículo de comunicação. EDITORIAL - Texto jornalístico opinativo, publicado sem assinatura e referente a assuntos ou acontecimentos locais, nacionais ou internacionais de maior relevância. É a “opinião” do jornal ou da revista, representa seu ponto de vista, sua ideologia e o próprio modo de fazer jornalismo. ENTREVISTA - A entrevista é um dos instrumentos de pesquisa do repórter. Com os dados nela obtidos ele pode montar uma reportagem de texto corrido em que as declarações são citadas entre aspas ou pode montar um texto tipo perguntas e respostas, também chamado "pingue-pongue". Existem dois tipos de entrevista: a de informação ou opinião (quando entrevistamos uma autoridade, um líder ou um especialista) e a de perfil (quando entrevistamos uma personalidade para mostrar como ela vive e não apenas para revelar opiniões ou para dar informações). Existem também as entrevistas de rotina, ou de amostragem, quando um grupo é entrevistado para a abordagem de determinado tema. MATÉRIA - Tudo o que é publicado, ou feito para ser publicado, por um veículo de comunicação (jornal, revista, rádio, TV). NOTÍCIA - Relato de fatos ou acontecimentos atuais, de interesse e importância para a comunidade e de fácil compreensão pelo público. REPORTAGEM - Conjunto das providências necessárias à confecção de uma notícia jornalística: cobertura, apuração, seleção dos dados, interpretação e tratamento, dentro de determinadas técnicas e requisitos de articulação do texto jornalístico informativo. O recurso das “grandes reportagens” (ou reportagens especiais) tem um caráter, além de jornalístico, documental.

Os formatos também podem variar de acordo com o público-alvo, como os leitores dos grandes jornais e revistas e as publicações de empresa (house organs).

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->