Você está na página 1de 5

Sum´ario

PROFMAT 2014: M etodos´

de Contagem

Obra Coletiva

30 de junho de 2013

1 Princ´ıpio Fundamental da Contagem

1

2 Combinac¸ oes˜

4

3 Permutac¸ oes˜ Simples

4

4 Permutac¸ oes˜ com Repetic¸ ao˜

5

1 Princ´ıpio Fundamental da Contagem

1. No sistema de base seis, quantos numeros´

de quatro algarismos existem?

Soluc¸ ao:˜ Vamos representa o sistema de base seis pelos s´ımbolos : A, B, C, D, E F, onde o s´ımbolo A ser a´ o elemento neutro. Assim.

F , onde o s´ımbolo A ser a´ o elemento neutro. Assim. Na posic¸ ao˜ p

Na posic¸ ao˜ p 1 temos 5 possibilidades(estamos excluindo o elemento A ), para as demais posic¸ oes˜ temos 6 possibilidades para cada posic¸ ao.˜ Assim, Pelo PFC , temos

2. Quantos numeros´

3. Quantos numeros´ 0 , 1 , 3 , 5 e 7?

5 × 6 × 6 × 6 = 1080

de cinco algarismos significativos h´a no sistema de base quatro?

de quatro e de cinco algarismos maiores que 2000 podem ser formados com os algarismos

1

Soluc¸ ao:˜ Seja x a quantidade de numeros´

vamos a quantidade de numeros´ de 4 algarismos,

de 4 e 5 algarismo maiores que 2000. Primeiro,

4 algarismos, de 4 e 5 algarismo maiores que 2000. Primeiro, Para a posic¸ ao˜ p

Para a posic¸ ao˜ p 1 temos 3 possibilidades, estamos excluindo o 0(n˜ao comec¸a mos numeros´ de 4 algarismos por zero) e o 1(estamos interessados nos num´ eros maiores que 2000); para as posic¸ oes˜ p 2 , p 2 e p 4 temos 5 possibilidades cada. Assim, pelo princ´ıpio fundamental da contagem, temos

3 × 5 × 5 × 5 = 375

Agora, vamos calcular a quantidade de numeros´

de cinco alga rismos;

calcular a quantidade de numeros´ de cinco alga rismos; Para a posic¸ ao˜ p 1 temos

Para a posic¸ ao˜ p 1 temos 4 possibilidades, estamos excluindo o 0(zero). Para a s posic¸ oes˜ p 2 , p 3 , p 4 e p 5 temos 5 possibilidades para cada uma. Assim, pelo PFC , temos

4 × 5 × 5 × 5 × 5 = 2500

Logo, s˜ao x = 375 + 2500 = 2875 numeros´

de 4 e 5 algarismos maiores que 2000.

4. No sistema de base b, quantos numeros´

existem, tendo k algarismos?

Soluc¸ ao:˜ Um sistema de base b tem b algarismos. Assim,

ao:˜ Um sistema de base b tem b algarismos. Assim, Para a posic¸ ao˜ p 1

Para a posic¸ ao˜ p 1 temos ( b 1) possibilidades, estamos excluindo o elemento neutro do

sistema de base. Para as posic¸ oes˜ p 2 , p 3 , o PFC , temos

p k tˆem b possibilidades cada. Assim, aplicando

,

( b 1) · b · b · b ·

· b = ( b 1) · b k 1

(k1)fatores

Logo, a base b tem ( b 1) · b k 1 numeros´ com k algarismos.

5. ( ENCE ) Determinar o numero´ de elementos do conjunto formado por todos os numeros´ de seis algarismos distintos em que a soma dos algarismos das centenas com o das unidades e´ trˆes?

6. ( UFRN) Um fenomenoˆ raro em termos de data ocorreu as` 20 h 02 min de 20 de fevereiro de 2002. No caso, 20 : 02 20 / 022002 forma uma sequencia de algarismos que permanece inalterada se reescrita de tr as´ para a frente. A isso denominamos capicua. Desconsiderando as capicuas comec¸adas por zero, qual a quantidade de capicuas formadas com cinco algarismos n˜ao necessariamente difere ntes ?

Soluc¸ ao:˜ O primeiro algarismo n˜ao pode ser zero. Portanto, s˜ao 9 opc¸ oes.˜ Ao definir o primeiro, para o ultimo´ so´ resta uma opc¸ ao:˜ igual ao primeiro. Para o segundo algarismo s˜ao 10 opc¸ oes,˜ e fixa uma unica´ opc¸ ao˜ para o quarto. Para o 3 o , 10 opc¸ oes˜ mais uma vez.

para o quarto. Para o 3 o , 10 opc¸ oes˜ mais uma vez. 7. Quantos

7. Quantos numeros´

de cinco algarismos significativos h´a na situac¸ ao˜ de base quatro?

2

Soluc¸ ao:˜ Um sistema de base 4 possui 4 algarismos. Sejam A, B, C e D os algarismos dessa base e seja A o elemento neutro. Assim,

algarismos dessa base e seja A o elemento neutro. Assim, Como queremos apenas os numeros´ com

Como queremos apenas os numeros´ com algarismos significativos vamos excluir A (ele- mento neutro). Assim , tem 3 possibilidades , para cada uma da s posic¸ oes˜ p 1 , p 2 , , p 5 . Logo, pelo princ´ıpio fundamental da contagem temos,

3 × 3 × 3 × 3 × 3 = 243

numeros´

com cinco algarismos significativos na base 4.

8.

Em cada um dos v´ertice de um quadrado s˜ao colocados duas lampadasˆ

de duas cores: vermelha e branca. De

quantos modos podemos iluminar os quatro v´ertices de forma que em cada v´ertice haja somente uma lˆampada

acesa?

Soluc¸ ao:˜ Para v´ertice A temos 2 possibilidades, V ou B . Para o v´ertice B , temos tamb´em 2 possibil- idades V ou B . O mesmo ocorre para os v´ertices C e D . Assim , aplicando o PFC, temos, 2 × 2 × 2 × 2 = 16 modos de iluminar os quatro v´ertices.

9.

Quantos numeros´

de trˆes algarismos , sem repetic¸ ao,˜ p odem ser formados a partir dos algarismos 1 , 2 , 3 , 4 e 5,

de modo que algarismo do meio seja 3?

 

Soluc¸ ao:˜

 
 
 

Fixando o 3 na posic¸ ao˜ p 2 , temos que para a posic¸ ao˜ p 1 4 possibilidades . Escolhido um algarismo posic¸ ao˜ p 1 , ficamos com 3 possibilidades para a posic¸ ao˜ p 3 . Logo PFC : 4 × 3 = 12.

10.

De quantas maneira distintas podemos distribuir cinco p rˆemios de valores diferentes a sete pessoas, de modo que cada uma receba no m´aximo um prˆemio?

Soluc¸ ao:˜ Sejam, p 1 , p 2 , p 3 , p 4 e p 5 os prˆemios que ser ao˜ distribu´ıdos entre as 7 pessoas.

 
 
 

Para o primeiro prˆemio tem 7 poss´ıveis pessoas para recebe r. Entregando p 1 para uma uma das 7 pessoas, temos 6 pessoas para receber p 2 . Continuando a distribuir e aplicando o PFC, temos 7 × 6 × 5 × 4 × 3 = 2520 maneiras diferentes de distribuir 5 prˆemios a 7 pessoa s.

11.

Quantos numeros´

pares de trˆes algarismos distintos podemos formar com os algarismos 0 , 1 , 2 , 3 , 4 , 5 , 6 , 7 , 8 e 9 ?

3

Soluc¸ ao:˜ Vamos dividir a soluc¸ ao˜ em dois casos:

1 o Caso: pares terminados por zero.

.

em dois casos: 1 o Caso : pares terminados por zero. . Neste caso o zero

Neste caso o zero deve ocupar a posic¸ ao˜ p 3 . Assim temos 9 e 8 possibilidades, respecti- vamente , para as posic¸ oes˜ p 1 e p 2 . Assim , pelo PFC, temos 9 × 8 = 72, numeros´ de trˆes algarismos distintos terminados por zero. 2 o Caso: pares n˜ao terminados por zero.

.

por zero. 2 o Caso : pares n˜ao terminados por zero. . Temos 4 possibilidades para

Temos 4 possibilidades para p 2 ( 2 , 4 , 6 ou 8). Para a posic¸ ao˜ p 1 temos 8 possibilidades , estamos excluindo o zero e o algarismo usado em p 3 . Para a posic¸ ao˜ p 2 tamb´em temos 8 possibilidades ( o zero pode ocupar essa posic¸ ao).˜ Pelo PFC , temos: 4 × 8 × 8 = 256. Logo , s˜ao 72 + 256 = 328 numeros.´

2 Combinac¸ oes˜

1. Em uma reuni˜ao social, cada pessoa cumprimentou todas as outras, havendo ao todo 45 apertos de m˜ao. Quantas pessoas havia na reuni˜ao?

Soluc¸ ao:˜ Notemos inicialmente que A dar a m˜ao a B e´ a mesma coisa que B dar a m˜ao para A . Assim, cada aperto de m˜ao e´ uma combinac¸ ao˜ das n pessoas tomadas 2 a 2. Temos, entao:˜ C n, 2 = 45. Resolvendo a equac¸ ao˜ e desprezando a raiz negativa, se gue que n = 10.

2. Um grupo tem 10 pessoas. Quantas comissoes˜ de no m´ınimo 4 pessoas podem ser formadas, com as dispon´ıveis?

Soluc¸ ao:˜ Numa comiss˜ao n˜ao importa a ordem das pessoas escolhidas. As comissoes˜

formadas poder ao˜ apresentar 4 , 5 ,

dispon´ıveis. Logo, o numero´ de comissoes˜ e:´

ou at´e 10 pessoas, escolhidas sempre entre as 10

3 Permutac¸ oes˜ Simples

C 10, 4 + C 10, 5 +

+

C 10, 10 = 848 .

1. Em quantos anagramas da palavra COLEGA as consoantes aparecem intercaladas com as vogais?

Soluc¸ ao:˜ Devemos, de in´ıcio, escolher com que tipo de letra comec¸a o anagrama; temos 2 duas possibilidades: vogal ou consoante.

o anagrama; temos 2 duas possibilidades: vogal ou consoante. Para cada uma dessas possibilidades, temos 3

Para cada uma dessas possibilidades, temos 3 lugares para distribuir as consoantes. O numero´ de modos e´ : P 3 = 6. Em seguida, distribu´ımos as 3 vogais nas 3 vagas restantes. N umero´ de modos: P 3 = 6. Logo, o total de anagramas e:´ 2 · P 3 · P 3 = 72.

2. Em quantos anagramas da palavra SIDERAL as consoantes estao˜ em ordem alfab´etica?

4

Soluc¸ ao:˜ A situac¸ ao˜ das consoantes nos anagramas deve ser : D a` esquerda de L , L a` esquerda de R e R a` esquerda de S :

de L , L a` esquerda de R e R a` esquerda de S : Devemos,

Devemos, entao,˜ escolher 4 das 7 posic¸ oes˜ poss´ıveis e colocar, nessas condic¸ oes,˜ as letras D, L, R, S sem modificar a sua ordem. Por isso o numero´ de possib ilidades dessa escolha e:´ C 7, 4 = 35. Para cada uma dessas possibilidades, restam 3 vagas para as 3 vogais, e o numero´ de modos de ocup a-las´ e´ : P 3 = 6. Logo, o numero´ desses anagramas e:´

3. ( PUC ) Qual o numero´

C 7, 4 · P 3 = 35 · 6 = 210 .

de anagramas da palavra ALUNO que tˆem as vogais em ordem alfab´etica?

4 Permutac¸ oes˜ com Repetic¸ ao˜

1. ( COSER ) Sendo poss´ıvel somente percorrer as arestas dos cubos aba ixo, quantos caminhos diferentes podemos fazer indo do ponto A at´e o ponto B , percorrendo o m´ınimo de arestas poss´ıvel?

ponto B , percorrendo o m´ınimo de arestas poss´ıvel? Soluc¸ ao:˜ Para sair do ponto A

Soluc¸ ao:˜ Para sair do ponto A e chegar ao ponto B , s˜ao necess´arios 4 deslocamentos para frente, 2 deslocamentos para dentro e 3 deslocamentos para c ima, gerando anagramas como

FFFFDDCCC. Logo,

9

4! ·

3 · 2 = 1260 caminhos distintos.

5