Você está na página 1de 1

A importncia de um sistema vascular, no transporte de substncias.

Xilema ou lenho e o floema ou lber, so tecidos vasculares das plantas traquefitas, ou seja, plantas portadoras de vasos que realizam o transporte de seiva nos organismos vegetais: pteridfitas, gimnospermas e angiospermas, comunicando o sistema radicular s estruturas foliares, intermediada pelo caule. O transporte de seiva bruta, constituda por gua e sais minerais, conduzida pelo xilema, realizado a partir da capacidade de absoro pelas razes e distribuio para todo o restante da planta com destino essencial s folhas. Sua composio bsica rene elementos de vasos, elementos traqueais, traqueides, fibras e clulas parenquimticas. J o transporte de seiva elaborada, constituda por substncias orgnicas sintetizadas na fotossntese, tem sua conduo pelo floema, partindo das folhas em direo aos demais rgos, principalmente os de reserva energtica (razes e caule). formado por: elementos de tubos crivados, clulas companheiras, fibras esclerides e clulas parenquimticas. Esses vasos condutores, tanto nas razes quanto nos caules, possuem a seguinte disposio: nas razes os vasos ocupam a regio do cilindro central, e no caule os vasos integram os feixes liberolenhosos, onde em ambos o xilema com posio mais interna e o floema mais externa, so produzidos por diferenciao do cmbio vascular. No caule, o xilema realiza o crescimento em espessura (crescimento secundrio), em razo da inativao do mecanismo de transporte de seiva bruta nas camadas centrais, formando o cerne.

De forma geral, nas monocotiledneas os vasos vasculares esto espalhados difusamente pelo parnquima caulinar, enquanto nas dicotiledneas os feixes vasculares possuem disposio organizada circundando a medula.