ÁRVORES DA CAATINGA

JOSÉ WILMAR DA SILVEIRA NETO

CAATINGA
 A Caatinga é um dos maiores biomas brasileiros e segundo etimologia indígena significa mata branca ou floresta branca. Ela abrange a região nordeste do Brasil e uma parte de Minas Gerais, o Vale do Jequitinhonha.
 Ela possui mais de 600 árvores e cerca de 1356 espécies de plantas

 ALTA DIVERSIDADE E HETEREGONEIDADE DE

ESPÉCIES  PORTE BAIXO DE TODOS OS SERES  PROTEÇÃO DO SOLO  PROTEÇÃO DE ÁGUA  ADAPTAÇÃO DAS ESPÉCIES A SEMI ARIDEZ  CONSERVAÇÃO DO CLIMA

.

CAATINGA .

)  Utilidades:  Madeira boa para cabos e ferramentas. em cozimentos para feridas ou menstruações excessivas.  Restauração florestal .AMEIXA (Ximenia americana L.  Frutos servem como alimentação humana in natura ou em sucos.  Uso popular medicinal da casca como adstringente.

AMEIXA (Ximenia americana L.) .

 Planta ornamental. podendo atingir de 20 a 30 metros em outros ecossistemas. marcenaria e outros usos.  A madeira pode ser utilizada para a indústria civil e naval.ANGICO (Anadenanthera colubrina)  Árvore de 3 a 15 metros de altura na Caatinga. .  Pode ser utilizada em reflorestamentos.

ANGICO (Anadenanthera colubrina) .

ARAPIRACA (Choloroleucum dumosum)  ´Árvore de até 5 metros de altura. com espinhos.  Planta ornamental.  Utiliza-se a madeira para carvão e fazer ferramentas agrícolas.  Reposição florestal. e a casca se desprende do tronco.  Também conhecida como Jurema Branca .

ARAPIRACA (Choloroleucum dumosum) .

AROEIRA DO SERTÃO (Myracrodruon urundeuva)  Árvore de tronco reto.  Planta ornamental .  A madeira é utilizada em construção civil  Tem propriedades medicinais antiinflamatórias e cicatrizantes. Pode curar o HPV.  O Programa Farmácias Vivas produz elixir de aroeira para úlceras e gastrites e pastas vaginais para cervicites e outras inflamações.  UTILIDADES. delgado que atinge de 5 a 20 metros de altura na caatinga.

AROEIRA DO SERTÃO (Myracrodruon urundeuva) .

 Ornamental.  Madeira usada para caixotaria. .  Restauração florestal.BARRIGUDA (Ceiba glaziovii)  Árvore de 6 a 18 metros de altura com copa ampla e tronco característico pela sua intumescência.

BARRIGUDA (Ceiba glaziovii) .

estacas e postes.  Utiliza-se a madeira para usos externos como mourões.  Árvore ornamental. .  Restauração florestal.15 metros de altura.BARAÚNA(Schinopsis brasiliensis)  Uma das árvores mais altas da Caatinga atingindo de 10.

BARAÚNA(Schinopsis brasiliensis) .

 Ela se reproduz por estacas de raízes.  A sua madeira é utilizada em xilogravura e outro tipo de artesanato.  As suas folhas possuem um forte componente anti viral contra o vírus do Herpes Labial e Genital e contra aftas.CAJAZEIRA (Spondias mombin)  Árvore alta presente em todo o Brasil e nas áreas mais úmidas da caatinga. .  Ela possui frutos que podem ser consumidos in natura e dão um suco muito saboroso e popular.

CAJAZEIRA (Spondias mombin) .

FOLHAS DA CAJAZEIRA TEM FORTE COMPONENTE ANTI VIRAL CONTRA HERPES LABIAL E GENITAL .

CAJUEIRO (Anacardium occidentale)  O Cajueiro é uma árvore de grande importância econômica para o nordeste do Brasil. .  A Castanha é muito valorizada e apreciada.  Seus “pseudo frutos” são consumidos in natura ou em sucos.  Possui grande altura e cresce principalmente na área mais litorânea da Caatinga e Agreste.

CAJUEIRO (Anacardium occidentale)

CANAFÍSTULA (Senna spectabilis)
 Árvore de 5 a 6 metros de altura;
 A madeira pode ser utilizada para caixas e

forros e carvão;  Planta ornamental muito utilizada em áreas urbanas;  Recuperação de áreas degradadas;  Planta pioneira  Uso agro florestal em faixas

CANAFÍSTULA (Senna spectabilis)

CARNAUBEIRA .

 Restauração florestal.  Planta ornamental .CATANDUVA (Piptadenia moniliformis)  Madeira de boa qualidade muito utilizada em marcenaria.

CATANDUVA (Piptadenia moniliformis) .

CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis)  Madeira usada como lenha.  Planta de efeito muito ornamental.  Usada para restauração florestal .

CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis) .

 Árvore ornamental .  Madeira de ótima qualidade.CEDRO (Cedrela odorata)  Árvore grande de 25 a 35 metros.

CEDRO (Cedrela odorata) .

 Madeira fácil de trabalhar e de excelente qualidade. substância química presente em suas cascas é expectorante.  Usada no programa farmácia viva de Fortaleza para a fabricação de xarope . . pode ser usada como ornamental.  Árvore de grande beleza. pois a cumarina.CUMARU (Amburana cearensis)  Árvore de 10 a 12 metros de altura.

CUMARU (Amburana cearensis) .

 A madeira é leve e serve para fabricar caixotarias.  Planta ornamental.EMBIRATANHA (Pseudobombax marginatum)  Árvore de 6 a 14 metros de altura.  Restauração florestal . brinquedos e artesanatos.

EMBIRATANHA (Pseudobombax marginatum) .

.ESPINHEIRO (Acacia glomerosa)  Árvore pequena com acúleos.  Sistemas florestais.  Madeira para lenha e carvão.

ESPINHEIRO (Acacia glomerosa) .

 Forragem.FAVELEIRO(Jatropha phyllacanta)  Árvore de 4 a 8 metros de altura.  Sementes comestíveis. .  Madeira leve.  Restauração florestal.

FAVELEIRO(Jatropha phyllacanta) .

doenças venéreas.  Planta medicinal contra sarna. parasitas cutâneos.IPÊ ROXO (Tabebuia impetiginosa)  Árvore de 10 a 15 metros de altura. anti alérgica e anti tumoral.  Possuí madeira de excelente qualidade.  Reflorestamento .  Planta ornamental.

IPÊ ROXO (Tabebuia impetiginosa) .

 A raspa de entrecasca é rica sem saponina serve para fazer sabão.  Usada em restauração florestal . permitindo que a planta fique verde na estação seca. estacas. shampoos e pasta de dentes.  Os frutos são comestíveis. mourões.  A madeira é empregada para construções rurais.  Sistema radicular profundo que vai buscar água a grandes profundidades.JUAZEIRO (Ziziphus joazeiro)  Árvore de 4 a 12 metros de altura. sabonetes.

JUAZEIRO (Ziziphus joazeiro) .

JUCÁ (Caesalpinia ferrea)  Árvore de 5 a 7 metros de altura.  Possui propriedades medicinais.  Sistemas agroflorestais .  Restauração florestal.  Planta ornamental.

JUCÁ (Caesalpinia ferrea) .

 Usada como forragem principalmente para caprinos .  Recuperadora de solos devido a fixação de nitrogênio.  Madeira usada em marcenaria e construção civil.JUREMA BRANCA( Piptadenia communis)  Árvore de 2 a 4 metros de altura.

JUREMA BRANCA( Piptadenia communis) .

 A planta é medicinal o pó da casca serve para problemas de pele como acnes.  Planta pioneira e rústica usada para restauração florestal. tem efeito antimicrobiano.  Madeira muito resistente. queimaduras. . para uso em obras externas como mourões. analgésico e a casaca da raiz tem efeitos psicoativos.JUREMA PRETA (Mimosa hostilis)  Árvore de 5 a 7 metros de altura.

JUREMA PRETA (Mimosa hostilis) .

MOFUMBO (Combretum leprosum)  Árvore pequena ou arbusto de 2 a 4 metros de altura.  Planta ornamental. .  Madeira para tábuas e caixotes.  Planta pioneira usada em restauração florestal.

MOFUMBO (Combretum leprosum) .

 Planta hipoglicemiante.  Planta ornamental.  Madeira para cercas.MORORÓ (Bauhinia cheilantha)  Árvore pequena de 3 a 5 metros de altura.  Restauração florestal. lenha e carvão. . usada como cerca viva.

MORORÓ (Bauhinia cheilantha) .

OITICICA (Licania rigida)  Árvore de folhagem perene que atinge até 15 metros de altura.  Uso caseiro das folhas contra diabetes.  Restauração florestal. usada em rodas de carros de bois.  Fruto com alto teor de óleo claro que poderá ser utilizado para sabões.  Planta ornamental.  Madeira muito resistente ao esmagamento. vernizes. lenha e carvão. tintas e biodiesel .

OITICICA (Licania rigida) .

forquilhas. postes.SABIÁ (Mimosa caesalpinaefolia)  Árvore de 5 a 8 metros de altura. .  Madeira muito utilizada como mourões e estacas.  Planta ornamental. com tronco fortemente providos de acúleos.  Restauração florestal por ser planta pioneira. por ser resistente a cupins.

SABIÁ (Mimosa caesalpinaefolia) .

 Os frutos são doces e comestíveis.  Fornece madeira para obras internas da construção civil.TRAPIÁ (Crateva tapia)  Árvore de 5 a 12 metros de altura com copa arredondada e densa. .  Planta ornamental utilizada em arborização de cidades.

TRAPIÁ (Crateva tapia) .

 Fornece madeira para áreas internas.  Os xilopódios dessedentam os sertanejos. lenha e carvão.  Possuí xilopódios.  Usada em sistemas agroflorestais . caixotaria. que armazenam cerca de 2000 litros de água por planta adulta.  Planta ornamental.  Os frutos são ricos em vitamina C.UMBUZEIRO (Spondias tuberosa)  Árvore com 4 a 7 metros de altura.

UMBUZEIRO (Spondias tuberosa) .

G. SÃO PAULO. VOLUME I. ARVORES BRASILEIRAS. H. CAATINGA ÁRVORES E ARBUSTOS E SUAS UTILIDADES . INSTITUTO PLANTARUM. 2008.  MAIA. N.BIBLIOGRAFIA  LORENZI.