P. 1
CLONAGEM DE CARTÃO DE CREDITO

CLONAGEM DE CARTÃO DE CREDITO

|Views: 2.269|Likes:
Publicado porrenatoas2
Dicas sobre Clonagem de cartão de Crédito
Dicas sobre Clonagem de cartão de Crédito

More info:

Published by: renatoas2 on May 11, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/12/2012

pdf

text

original

%HermesFileInfo:8-A:20090504

:

8A JTCIDADE
Crimesmodernos

JORNAL DA TARDE SEGUNDA-FEIRA, 4 . 5 . 09

Vítimafacilitagolpeeletrônico
Golpistas se aproveitam de pequenos descuidos para obter senhas e dados dos correntistas
JOSÉDACAUAZILIQUÁ
jose.dacau@grupoestado.com.br

DICAS
CAIXAELETRÔNICO >> Procure fazer asoperações semprenas mesmasmáquinas. Ficamaisfácilperceber alteraçõessutis no equipamento >> Evite caixas eletrônicosem agênciasderua ou locais isolados. Sãoospreferidosdosladrões.Prefiraos deshoppingsou mercados, maismovimentados >> Verifiquesempre sehá alguém muitoperto devocê nosaque. E protejao tecladocom as mãos, paraevitarque “espertinhos”ou câmerasflagrem osseus movimentosaodigitar asenha CARTÃODECRÉDITO >> Nãopermitaqueo atendente se afastede vocêcomo cartão. Seo estabelecimentonãotivero terminalsemfio,acompanheofuncionáChupa-cabra apreendido nos Jardins: equipamento é instalado em caixas eletrônicos e copia dados do cartão rioatéo local onde estáamáquina daadministradora >> Nahora deassinar ocomprovantedacompra, aoreceber o cartãodevolta,verifiquese émesmoo seu. Funcionáriospodem trocaro cartãoe devolveroutro damesmabandeira INTERNET >> Nãoabradocumentos de e-mailsdesconhecidos. Para chamaraatenção davítima, geralmenteostítulos dosvídeos remetemapornografia,vantagensfinanceiras,recadastramentodedados, entreoutros >> Quando usar umcomputador foradesua casa,evite acessar sitesde bancoou fazeroperações financeiras,pois suasenha poderá ficararmazenadana máquina

Cena 1: você liga o computador e vêqueumdesconhecidolhemandou de bandeja o e-mail com o vídeo erótico de uma BBB. Cena 2: no posto, o frentista leva o cartão decréditoaté o caixaediz quevolta logo com o recibo da operação. Cena3:nobanco,o caixaeletrônico retém o seu cartão de débito. Cuidado! Essas são apenas três formasqueoscriminososinventaram para clonar cartões de débito e crédito ou “roubar” os seus dados durante uma transação realizada pela internet. “O brasileiro tem o péssimo hábito do ‘clique aqui’. A maioria abre arquivos que vêm em e-mail de quem nunca ouviu falar, que contêm vírus. Precisamos mudar essa cultura porque a cada dia essescriminososestãomaisbeminformados”, disse o delegado José Mariano de Araújo Filho, da Delegacia de Meio Eletrônicos do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic). Na semana passada, Araújo Filho foi responsável pela prisão do analista de sistemas Anderson Carlos Ferreira, de 21 anos, um dos principais hackers do País. “A nossa nova filosofia é nos anteciparmosechegarmosaoscriminosos antes que a vítima venha até nós para dar queixa, porque a dinâmica do crime virtual é muito rápida”, disse o delegado. Prova disso é o relatório AmeaçasàSegurançanaInternet,divulgado na segunda quinzena do mês passado, elaborado pela Symantec Corp – empresa de soluções de segurança em informáticaligadaaumafabricantedeantivírus. O documento revela que no ano passado foram registrados 1,6 bilhão de códigos criados com afinalidade deinfectaroscomputadores espalhados no mundo, contra 624.267 casos no ano anterior e 140.690, em 2006. Dos ataques registrados em 2008, 76% deles estão ligados ao tipo “keystroke logging” (que detectatudo o quea pessoa digita no teclado). Era justamente isso que Anderson Carvalho fazia. Gastava o dinheiro das vítimas com notebooks, celulares e tênis de marca. A mesma pesquisa mostra um aumento de 192% no número de spams(e-mailquecontémpropagandae,emmuitoscasos,programas com vírus) na comparação

SERGIO CASTRO/AE – 25/03/2009

de 2008 e 2007. No ano passado, foramenviadas 349,6 bilhões desse tipo de mensagem, contra 119,6 bilhões no ano anterior. E para terminar é bom você se lembrar desse número quando ligar o seucomputador:pordiasãoinfectadas75milmáquinasno mundo. Jamais perder o cartão de crédito de vista na hora de pagar a conta e ficar atendo ao sacar em caixas eletrônicos são as dicas do especialistaemsegurançaJorgeLordello. No caso da primeira forma de pagamento, o cartão pode ser clonado em poucos segundos por um atendente mal intencionado usando um aparelho conhecido como “chupa-cabra” – que tem o mesmo dispositivo do caixa eletrônico. Geralmente, esse tipo de crime ocorre em postos de gasolina, restaurantes ou em estabelecimentos que não dispõem da máquina portátil para passar o cartão. No caso dos cartões de débito, o correntistatorna-se vítimadaclonagem no momento do saque em caixas eletrônicos “adaptados” paraesse tipo de crime. Enquanto um ‘chupa-cabra’ instalado na máquina tira os dados da tarja magnética,umacâmeracolocada perto ou no próprio caixa filma os movimentos das mãos das vítimase, dessaforma,copia a senha. A Federação Brasileiras de Bancos (Febraban) e as duas principais administradoras de cartões de crédito do País, Mastercard e Visa, não se manifestaram sobre o prejuízo causado por esses tipos de fraudes.::

GOLPE DO TELEFONE DE EMERGÊNCIA
Criminosos instalam um celular no telefone de atendimento ao cliente. O objetivo é desviar a ligação que iria para a central de atendimento e transferi-la para o celular de um integrante da quadrilha, que convence o cliente fornecer a senha e dados pessoais

1

2

Um dispositivo com um barbante é instalado no bocal da máquina para travar o cartão magnético do cliente. Esse aparato também tem o “chupa cabra”, com a função de copiar e armazenar as informações contidas na tarja magnética. O cliente usa o telefone para pedir ajuda

Bancodeve ressarcir vítimas
Depoisdebloquearocartãoclonado,avítimadeveprocurarapolícia para tentar reaver o seu prejuízo. É o que informa a assistente deDireção da Fundação deProteçãoeDefesadoConsumidor(Procon), Valéria Cunha. “A vítima tem de registrar um boletimdeocorrêncianumadelegaciaparateremmãosumumdocumento oficial no qual consta a narrativa do crime para reivindicar os seus diretos”, disse Valéria. O próximo passo é procurar o banco ou a administradora para tentar reaver o prejuízo. Caso a empresa se recuse, a vítima deve procurar o Procon ou órgãos de defesa do consumidor. Segundo Valéria, a vítima pode entrar em contato pelo telefone 151 ou no site www.procon.sp. gov.br. Para registrar uma queixa, a pessoa deve comparecer pessoalmenteaoProconouenviarextratos,recibosedemaisdocumentosporfax(desegundaasexta-feira,exceto feriados, das 10 horas às 16 horas, pelo telefone 3824-0717) ou pelo correio. Com a reclamação protocolada,o ProconpodeiràJustiça. Nessecaso,asituaçãoseinverte.“Porqueoônusdaprovacabeàempresa e não à vítima”, disse Valéria. ::

O criminoso convence a pessoa a passar a senha e os dados de sua corrente. Com os dados copiados da tarja magnética e a senha, os criminosos clonam o cartão do cliente. Depois, fazem saques e compras em débito automático

3

INFOGRÁFICO/AE

Passagens aéreas e R$ 1 mil no cartão de aposentada
Aaposentada Cecília,de 69 anos,teve seuscartões clonados.De suaconta sacaram cercadeR$ 1mil e nafaturado cartãode créditoapareceram 17 reservasde passagensáreas. Ela conseguiureaver o prejuízonos doiscasos,apenas entrando em

contatocom o bancoeaadministradorado cartão. Cecíliadescobriu o golpeao retiraro extrato dacontano dia doseu pagamento.“Procurei a agênciadaCaixaEconômica Federalerealmenteme informaramqueo cartãohaviasidoclonado.Em 15dias,o valor retornou paraaminhaconta”, disse. Oprocedimentocom o cartão decréditofoi parecido.Ela telefonoupara o serviçode atendimen-

todaadministradoraparaver suascontasnaquelemêsedescobriuas reservasde passagens áreasque nãohavia feito.“Foram14 nummês e3no mês seguinte.Todasparao Nordeste.” Aaposentada diz nãoterideia dequandoo golpe no cartãoda aposentadoriaocorreu. “Jáo de crédito,comonão usava muito, desconfioquefoiquando comprei umpurificadordeágua, porque nãomexocom internet.”

Sistemacarcerário

Caça-níqueis

CidadeTiradentes

MarchadaMaconha

Agenteéassassinadoe colegastememataques
O agente penitenciário Denilson Gerônimo Dantas, de 25 anos, foi executado a tiros na madrugadadeontememÁlvaresMachado, no oeste do Estado. Ele era chefe do turno do dia do Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, onde alguns dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) cumprem pena. A polícia encontrou 14 cápsulas de pistola 380 no local do crime. Dantas estava em seu Vectra branco com a noiva e chegava à casa dela por volta da 1h30. Os doisvoltavamdeumafestaemcomemoração ao Dia do Trabalhado. Três homens chegaram em um Celta prata, um deles desceu e semdizer nadaeexecutouoagente penitenciário. Outro carro deu cobertura ao crime. Nada foi roubado.Emestado dechoque,anoivadeDantasnãofoiferida.Eladisse que antes de morrer seu noivo ainda gritou “chama o resgate que eu levei um monte de tiro”. Colegas não descartam a possibilidade de atentado. “Começamos o mês de maio com a execução covarde de um companheiro. Tomaraquenãosejaumanovasérie de ataques”, disse um agente. A Polícia Civil da cidade investiga o caso e até ontem não tinha pistas dos criminosos. Segundo agentes penitenciários, entre os presos que estão no CRP figuram WandersonNilton de Paula, o Andinho, e Orlando Mota Junior, o Macarrão.:: JosmarJozino

Condenadomotoboydo casodamáfiadosjogos
O motoboy Cleverson Rodrigo Camargo Ricardo foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão por tentativadelatrocíniocontraoadvogado Jamil Chokr, pivô do caso da máfia dos caça-níqueis. Em 25 de maio de 2007, Chokr se envolveu em um acidente de carro na Marginal do Tietê e, em seu Vectra,PMs apreenderam R$ 38 mil e envelopes com as inscrições “DP”, supostamente endereçados a delegacias da capital. O advogado sempre negou as acusações de corrupção e disse ter perdido a direção do veículo ao tentar escapar de uma tentativa de assalto. A alegação do motoboy, preso em flagrante, era a de queChokrhaviatentadoatropelálo. Ricardo acabou indiciado por tentativadelatrocínioepermaneceu preso. Até que, em 17 de setembrode2008,eleresolveuprestar novo depoimento. Em troca da deleção premiada, contou o que supostamente sabia sobre a máfiadoscaça-níqueis,envolvendo Chokr. Meses depois, Ricardo encaminhou à Promotoria uma carta em que negava o que havia dito. Pouco antes deser levado ajulgamento, o réu apresentou nova versão: disse que, por orientação de sua advogada, voltou atrás para tentar escapar da condenação por latrocínio. “Segundo ela, eu e meus familiares corriam (sic) risco de vida. E que, por sua vez, o dr. Jamil iriaretirartodasasacusações”,escreveu. ::

GCMnãotinha Grupofaz desavenças, atocontra afirmamãe proibição
A mãe do guarda-civil Marcos Augusto Delmonte, indiciado anteontem pelo assassinato do chefe,dizqueelenãorelatouterdesavençascomcompanheirosdeserviço. “Sempre falava para mim: nossa, meu plantão é ótimo”, diz Maria Martinha de Souza Leite. O crime ocorreu anteontem na inspetoriadaGCMdeCidadeTiradentes, na zona leste. Segundo a polícia,Delmonte,de37 anos,atirou no guarda Davi Damião dos Santos, de 40 anos, que morreu, e feriu outros dois. Além do indiciado, um deles continua internado, mas fora de risco. “(Ele) se dava muito bem com a turma. Sempre gostou deser guarda”,disse amãe de Demonte. :: Cerca de 30 pessoas realizaram ontem um ato a favor da liberdadede expressão econtra adecisão judicial que proibiu a Marcha da Maconha no Estado pelo segundoanoconsecutivo.Oargumento daJustiçaéqueoeventofazapologiaàdroga,enquantoogrupoafirma defender a descriminalização com políticas públicas. Àtarde,elessereuniramnoParquedoIbirapuerausandomordaça verde. A subprefeita da Lapa, Soninha Francine, participou do ato, acompanhado pela PM e pela GCM. A marcha foi adiada para 31 de maio, com o objetivo de tentar reverter a decisão na Justiça. Em Recife, cerca de 2 mil pessoas participaram do evento. ::

FALECIMENTOS
D. MARIA PEREIRA DA SILVA DOURADO–Aos94anos.Filhadosr.AdãoPereirae de d.Joeri Del Grande, eraviúva do sr. FranciscoJoséDourado.Deixafilhos. D.MARIAADELAIDEFARIA–Aos91anos. Filhadosr.ManuelFariaeded.MariaGaspar, eraviúvadosr.JoséVieira,deixafilhos. D. LAURA MARIA DO VALE E SILVA DE FARIA – Aos 89 anos. Viúva do sr. João de Faria Junior, era mãe do sr. Ricardo da Silva Faria,casadocomd.DietlindeDomschatFaria,eJoãoLuizdaSilvaFaria,divorciado.Deixaaindanetosebisnetos.Amissaemmemória será celebrada no dia 7, às 19 horas, na IgrejadoCarmo,emSantoAndré. D.ANGELAADELINADESANDREPIERI – Dia 1, aos 87 anos. Viúva do sr. Nello Pieri, deixaafilhaMariaÂngela. SALIM HELOU – Dia 28, aos 95 anos. Filho do jornalista Miguel Salim Helou e de d. Carmelina Fontanélli Helou, foi casado com d. DoloresdeAlmeidaHelou.Deixafilha,genro, filhoenora.Deixaaindanetos.Ovelórioserá realizadohoje,às12horas,noCemitérioSão Pedro,aoladodoCrematório deVilaAlpina, ondeserárealizada,às15horas,cerimônia. RUY BOTTI CARTOLANO – Aos 92 anos. Filho do sr. João Cartolano e de d. Ida Botti Cartolano, era casado com d. Ruth Simões deCarvalhoCartolano.Deixafilhos. ANTONIOCARVALHODASILVA–Aos91 anos.Filhodosr.DomingosCarvalhodaSilva e de d. Deolinda Ferreira Barboza, era casadocomd.GesuminadeLuccaCarvalho.Deixafilhos. VALDIRBRASÃODASILVA– Ontem,aos 81anos.Filhodosr.AntonioV.daSilvaeded. Maria Brasão da Silva, era casado com d. RivaSilviaKliassBrasãodaSilva.Deixafilhose nora.Acerimôniadecremaçãofoirealizada ontem, à tarde, no Cemitério e Crematório HortodaPaz,emItapecericadaSerra. MISSAS D.MARIACRISTINAAROUCHE SIMÕES – Hoje, às 9 horas, na Igreja Nossa Senhora doBrasil(CapeladoSantíssimo),naAvenida Brasil,JardimAmérica(7ºdia). D. ANA LÚCIA PIMENTEL PINTO ECKHARDT – Hoje, às 18h30, na Igreja AssunçãodeNossaSenhora,naAlamedaLorena(7ºdia). D.MARINASOARESDEMENDONÇAZEITUNI–Hoje,às19horas,naIgrejaSantaTerezinha,naRuaMaranhão,Higienópolis(5ºaniversário). D.IRENE(Menininha)DECAMPOS– Hoje, às 19h30, na Capela do Instituto Meninos de SãoJudas, na Avenida Itacira, 2.801, PlanaltoPaulista(7ºdia). D. ISMÊNIA CARDOSO DE MELLO JUNQUEIRA–Hoje,às19h30,naIgrejadeSanta Tereza,naRuaClodomiroAmazonas,esquinacomaRuaTabapuan(1ºaniversário). MAXIMIANO (Max) CABRAL VASQUES PACHECO– Hoje, às 12 horas, na Igreja São José,naRua Dinamarca,32, JardimEuropa (7ºdia). ÁLVARO MESQUITA – Hoje, às 19h30, na IgrejaMatrizdeGuarulhos(7ºdia).

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->