Você está na página 1de 2

O conceito de diferena de velocidade de propagao de uma informao para cegos ou surdos

Plano de Aula Aqui se pretende ministrar uma aula sobre o conceito de simultaneidade a alunos com deficincia cegos ou surdos. A ideia ensinar que acontecimentos tidos como simultneos para um observador podem ser entendidos como no simultneos para outro observador. Caso exista um aluno cego ou surdo, ele poder compreender o conceito de simultaneidade utilizando o sentido do olfato para comparar a diferena de velocidade com que uma informao chega at ele. A proposta que um aluno acenda uma vela um canto da sala. O aluno cego no veria a luz, mas seria informado sobre o acontecido atravs da audio. O aluno surdo no ouviria o som, mas seria informado sobre o acontecido atravs de sua viso. Sabendo a distncia entre o aluno (surdo ou cego) e a vela e registrando o tempo decorrido entre a chegada da informao atravs do som ou da luz e a chegada da informao atravs do olfato, o aluno poderia estabelecer a diferena entre as velocidades. O ponto relevante aqui ser demonstrar que se um aluno surdo tem seus olhos vendados, a informao sobre quando aconteceu o evento se diferencia da informao obtida quando a viso esta ativa. Ou seja, a simultaneidade de um evento depende do observador.

TAREFAS QUE VOC TEM DE FAZER !!!


1) Roteiro Construa um roteiro para este experimento e poste na plataforma. Nesse roteiro coloque a seguinte pergunta: Qual a velocidade que voc obteve para a velocidade de difuso do odor?

Proponha uma resposta baseada em sua experimentao pessoal (tome cuidado de fechar a sala para que correntes de ar no atrapalhem seu experimento).

Você também pode gostar