Você está na página 1de 1

Universidade Federal de Uberlndia - UFU INSTITUTO DE LETRAS E LINGUSTICA ILEEL

LICENCIATURA EM LNGUA ESPANHOLA E LITERATURAS DE LNGUA ESPANHOLA - PARFOR MODALIDADE A DISTNCIA

Aluna: lisse Cristina da Silveira

Tutora Distncia: Maria das Graas Resumo Mdulo 2

Os gneros literrios diferenciam-se no apenas por sua forma, mas tambm pela estrutura. Ao classifica-los, tentamos agrupar de forma mais homognea possvel textos com caractersticas mais prximas. E por isso mesmo, temos, a priori, trs gneros literrios, a saber: gneros lrico, pico e dramtico. Em princpio poderamos confundir os dois primeiros gneros, o lrico e pico, no que tange forma, mas sua forma nos permite delinear de forma clara os pontos que os diferenciam. No que diz respeito ao primeiro, o lrico, temos que a expressividade gira em torno dos sentimentos do eu lrico. Com relao ao segundo, o pico, h o apagamento da voz do eu para ceder espao aos acontecimentos ocorridos com personagens. Com relao ao ltimo gnero, o dramtico, podemos identific-lo pela sua forma, pois no h narrador, mas sim rubrica que situa as personagens quanto ao comportamento e posio. Seu objetivo principal transformar em ao seu contedo. Assim, podemos ver que definir um gnero diz mais sobre sua estrutura que inclui finalidade do que sua forma.