P. 1
Quero Saber Maçonaria - E-Edition

Quero Saber Maçonaria - E-Edition

|Views: 736|Likes:
Publicado porLuis Matos
Este guia ajuda-nos a conhecer a história da Maçonaria e das suas várias correntes, desde o tempo das guildas medievais até às múltiplas Obediências modernas. Pela primeira vez toda a Maçonaria Portuguesa é listada e colocada no seu contexto, com diagramas simples e claros.
Este guia ajuda-nos a conhecer a história da Maçonaria e das suas várias correntes, desde o tempo das guildas medievais até às múltiplas Obediências modernas. Pela primeira vez toda a Maçonaria Portuguesa é listada e colocada no seu contexto, com diagramas simples e claros.

More info:

Published by: Luis Matos on Jul 20, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial
Preço de Lista:$4.99 Comprar agora

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See more
See less

04/17/2014

$4.99

USD

causa escândalo e vê-se por dentro ao raio-x. no presente volume decidi. E todos os que conhecem bem a Ordem. seja no estrangeiro. do mesmo tipo de Maçonaria. favoritismo.euedito. É a que convém a quem reporta. a Maçonaria é monolítica e absolutamente desinteressante. neste capítulo. nos seus diversos Ritos. Por isso a Maçonaria vista pela media de hoje mete medo. A selecção é o primeiro estágio da manipulação. muito trabalho. para que o estudioso do futuro possa fazer o contraste. Os meus leitores sabem que tento não me dirigir só a especialistas. privilégio.Julho 2013 Revisão: Nélia Matos Edições Nihil Obstat Com o apoio do In Hoc Signo . as pizzas e toda a comida processada) é informação processada e industrial.e nisso. seguramente. Convivo habitualmente com Irmãos e Irmãs de todas as correntes citadas neste trabalho. Quantas Obediências Maçónicas existem em Portugal? De onde vêm? Como se relacionam entre si? O que as caracteriza? O objectivo deste trabalho é dar um pouco mais de luz ao assunto. da realidade noticiosa. A informação que nos chega (como os hambúrgueres.com www. Espero não ter ignorado Lojas ou Obediências. Há muitas vertentes. que sem dúvida se seguirá a seu tempo. Luis de Matos Abril. a realidade é que faltam textos introdutórios que mostrem a Ordem na sua multiplicidade e ajudem futuros candidatos ou a comunidade de estudiosos em geral. Mas.com Esta publicação não segue o novo Acordo Ortográfico 5 PREFÁCIO DA PRIMEIRA EDIÇÃO pós o bom acolhimento que tivemos com o primeiro volume desta nossa colecção "Quero Saber". e do que for reportado. a partir da documentação contemporânea disponível. qual o contexto e o ângulo de reportagem). Vende-se medo. Contudo. como ele é e não como os autores gostariam que fosse. A historiografia sobre a Maçonaria da transição do século XX para o século XXI será feita... Os meios de comunicação social! Ai. ou seja. tem a sua quota de gente malformada e indesejável. o que foi dedicado à Alquimia como Arte Real. dito isto. pois a maioria dos trabalhos publicados partem do princípio que a Maçonaria é toda ela igual . designações. muitas correntes. exagerada e gigantesca como um elefante. Até lá desejo aos meus leitores que disfrutem de uma boa leitura e agradeço terem deixado o Facebook de lado por uns instantes para se ligarem à realidade! Assim Deus nos ajude. não fazemos a nossa própria historiografia nem produzimos o nosso próprio pensamento maçónico. há sempre quem destacar pela negativa em todas as áreas de actividade humana. sabem bem que a realidade de 99% dos Maçons não é esta. não digo que seja falso que espiões e deputados convivam na mesma Loja. tendo estado apenas ligado a Lojas desta corrente. Se esse foi o caso. as duas perspectivas diferentes de ver e viver a Maçonaria chocaram de tal modo na primeira metade do século XX. mas a verdade toda é que esse órgão é a tromba e o que reproduz são sons. este é um assunto que se presta a algum hermetismo. escândalo e voyeurismo. estou disponível para as incluir em nova edição do "Quero Saber . A 6 Efectivamente. muitas visões e muitas práticas diferentes. comete crimes. o que leva sempre à inclusão de referências mais complexas para os que conhecem mal o assunto sobre o qual escrevo. sem que deixe ver o que está por trás. Essa é de natureza comercial mediática. Entretanto.5m de comprimento.com Depósito Legal: 357906/13 ISBN: 978-989-97400-2-0 A cópia ilegal viola os direitos dos autores.Luis de Matos http://universatil. 2013 Dedico este livro aos Aprendizes. E onde fica a Maçonaria. A verdade é uma coisa. estruturas e "gíria" maçónica que vulgarmente aparecem em obras mais voltadas para o universo maçónico em si. as Câmaras Municipais. em Portugal e no resto do mundo. mantendo o rigor da verdade. que costumam ter 8 precedência.wordpress. assumir que o leitor não tem conhecimento da maior parte dos termos. e uma segunda a surgir dentro de poucas semanas dedicada aos Altos Graus.Maçonaria". conspiração. É sempre um desafio escrever sobre Maçonaria.Hermetic Institute ihshi. A realidade de 99% das Lojas não é esta. Contudo. os cachorros quentes. a perceber todos os matizes que formam a palete da Maçonaria. 2 TITULO: Quero Saber : Maçonaria Autor: Luis de Matos Editor: Luis de Matos / Edições Nihil Obstat E-Edition Disponível em Pdf através do site Scribd. conspira. A verdade toda é outra. no meio do ruído mediático? Não fica. Sendo um tema muito vasto. Seguramente outros autores dirão o mesmo das suas perspectivas maçónicas. fora da contenda. Aos olhos do leitor de jornais. No meu caso. igual à do autor. o meu bairro e até o conjunto de professores que dá aulas ao meu filho. E vice-versa. 11.Abril de 2013 Esta edição: E-Edition em Pdf . agora dedicado à Ordem Maçónica. quer no panorama internacional. justifico-o por entender que a Maçonaria Cristã (e Rectificada) é uma via de tal modo completa e clara que não deixa espaço para me interessar de modo consequente e aprofundado por outras que eventualmente não tenham a mesma consistência iniciática. Não há informação sem editorial. que deram lugar a dois troncos distintos da Maçonaria Universal. como ela é para 99% dos seus membros. Não. seja em Portugal. a informação que sai é a que convém destacar para reter e interessar os espectadores e leitores que compõem a audiência de um determinado meio. fomos obrigados a parti-lo em duas metades: esta primeira que trata da Maçonaria propriamente dita. limpa e brilhante. Não é a que se apanha. Quando não há motivações políticas ou económicas ulteriores. Aprendiz. as universidades. em grande medida. mas não mais do que os clubes de futebol. Em pleno século XXI já devíamos todos saber que se deve tomar a informação "livre" veiculada pela media com um grão de sal. tem segredos. quer em Portugal. Há poucas obras que coloquem cada coisa em seu lugar e. A verdade é que o elefante tem um órgão reprodutor com mais de 1. dá privilégios. não posso deixar de ser rigoroso e dar os referenciais necessários para que o meu texto seja um ponto de partida para futuras indagações do leitor. Companheiro e Mestre). os livros escritos por autores que sempre praticaram uma Maçonaria adogmática têm tendência a ser mal entendidos ou não aceites por leitores que praticam uma Maçonaria deísta. E embora o tempo tenha decorrido e as circunstâncias históricas se tenham alterado. Sabem bem que a Maçonaria. E o editorial é um instrumento de selecção (do que é reportado e do que não é. muita história.com e Akademia Maçónica de Sintra adhucstat. crime.com _____/_____ APOIOS: IN HOC SIGNO HERMETIC INSTITUTE Edição impressa em: 2013 Euedito geral@euedito. Este trabalho é também o trabalho deles e delas. Ou seja. nos seus graus tradicionais Azuis (ou seja. Eu mesmo.com 1ª Edição . conforma-se aos cânones das audiências e 9 não à factualidade da verdade toda. Há uma larga distância entre um modo de ver a Ordem e o outro. em 1991 no ainda Distrito de Portugal da Grande Loja Nacional Francesa e desde então pratico o Rito Escocês Rectificado (rito cristão).. Procurando bem. as Secretarias de Estado e outras instâncias governativas. não falamos. devo deixar expressa 10 uma declaração de interesses: fui iniciado na chamada Maçonaria Regular. Os prejudicados somos todos nós 3 Quero Saber Maçonaria 4 (c) 2013 . mas ao mesmo tempo que procuro ser claro. como autor. Digo que essa é a parte da verdade que vai ficar. a alguns e algumas das quais agradeço a informação que me facultaram.. favorece uns em lugar de outros. Ambos estão presentes em Portugal e ambos são recorrentemente confundidos quando se fala de Maçonaria nos meios de comunicação social. Procurei ser imparcial e o mais abrangente possível. sou culpado desta falta. Este nosso volume procura mostrar o contrário. enquanto deixamos a história da Ordem ser determinada pelos "hooks" noticiosos e os livros de venda rápida que não passam da mastigação acelerada do que já está publicado de impactante na imprensa (o 1%). desde um ponto mais elevado. mostrem uma perspectiva ampla e todo-abrangente do território maçónico. segredo. 7 Quando se diz que Winston Churchill foi maçon e que a Maçonaria esteve envolvida no regicídio de 1908. Não aparece. é com muito agrado que vos trazemos este segundo volume. os meios de comunicação social

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->