P. 1
GESTÃO AMBIENTAL

GESTÃO AMBIENTAL

4.0

|Views: 2.149|Likes:
Publicado porpoetahot69

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: poetahot69 on May 21, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/15/2013

pdf

text

original

A construção de um SGA pode soar como uma grande dificuldade. O tempo e os recursos
geralmente são escassos, porém podem ser muito bem aproveitados se utilizados de forma
adequada. Uma das formas de fazer isso é através de um plano de ação simples e eficaz. Os
principais passos para construir o Plano de Ação são apresentados de diferentes formas por
diferentes autores.

Uma das formas de implementação de SGA foi desenvolvida pela US EPA, 2001,
apresentam o Plano de Ação dividido em duas fases :

DEFINE OS OBJETIVOS DA ORGANIZAÇÃO

OBTER O
COMPROMISSO
DA ALTA
DIREÇÃO

SELECIONE UM
LÍDER

DEFINIR A EQUIPE
DE
IMPLEMENTAÇÃO

REALIZAR
REUNIÃO DE
LANÇAMENTO

CONDUZIR
ANÁLISE
PRELIMINAR

DESENVOLVER
PROJETO /PLANO
DE AÇÃO

OBTER
RECURSOS

ENVOLVIMENTO
INICIAL DOS
COLABORADORES

MONITORAR E
COMUNICAR
PROGRESSOS

Figura 6 – Fase preparatória – Planejamento inicial do SGA
Outra metodologia de implementação de SGA foi desenvolvida pela BRI Inc., 1999 para as
indústrias do Canadá. A metodologia é denominada “20 Passos para a Implementação do SGA”. O
sistema dos 20 passos tem sido aplicado em empresas individuais e também em grupo.

________________________________________________________________________________________

ibeam

i
n

s
tituto
brasileiro de ed

u

c

a

ç

ã

o ambienta
l

18

Os 20 Passos propostos desenvolvem-se durante 12 meses, sendo que no décimo
segundo mês a empresa está apta a se candidatar para a Certificação. Como apresentado na
Figura 7 a seguir, a metodologia baseia-se nos Requisitos da ISO 14001:1996, servindo apenas
como exemplo.

Fase

Mês

Elemento

20 Auditoria de certificação pela NBR ISO
14001

12

19 Definir equipes para o gerenciamento das
não-conformidades

4.5.2

18

Conduzir Auditoria de Pré-Certificação

4.5.4

17 Avaliar eficácia do SGA no meio ambiente e
nos negócios através da análise crítica

4.6

16

Conduzir auditorias internas - registro e
comunicação das NCR’s para ação

4.5.4

15

Identificar as necessidades e realizar
treinamentos

4.4.2

14 Finalizar a política e desenvolver os procedimentos

4.4.4

13 Desenvolver Controle de documentos para Política,
procedimentos e registros

4.4.5

12

Desenvolver o Programa de Gestão Ambiental

4.3.4

11

Obter o comprometimento de todos em relação à
Política e aos Objetivos ambientais

4.4.2

10

Estabelecer Objetivos e Metas ambientais

4.3.3

9 Determinar a conformidade legal e as Não-Conformidades

4.3.2

8

Revisar a legislação, regulamentações e outros requisitos
pertinentes

4.3.2

7

Determinar os aspectos e impactos significativos.
Desenvolver a Política Ambiental

4.3.1 e 4.2

6

Desenvolver fluxogramas das atividades, produtos e serviços e
identificar aspectos e impactos ambientais

4.3.1

5

Desenvolver Plano de Implementação

4.3

4

Definir equipe de implementação e definir as responsabilidades

4.4.1

3

Conduzir um GAP Analysis em relação à Norma NBR ISO 14001

4.3

2 Documentar as razões da alta administração para a implementação do
SGA - base para a avaliação da eficácia.

4.1

1

Obter o comprometimento da alta administração

1

4.1

Figura 7 - 20 Passos para Implementação de SGA - BRI Inc, 1999 – Exemplo da 14001:1996

________________________________________________________________________________________

ibeam

i
n

s
tituto
brasileiro de ed

u

c

a

ç

ã

o ambienta
l

19

A primeira atividade para a implementação do SGA é a obtenção do comprometimento da
alta administração, fundamental para o suporte do SGA. A alta administração tem que entender os
benefícios do SGA. O comprometimento da alta administração e sua visão tem que ser clara e
comunicada a todos na empresa.
As pequenas e médias empresas não podem se dar ao luxo de escolher múltiplos
candidatos como líderes de equipe de implementação de SGA. Porém a escolha do líder nestas
empresas pode representar um ponto crítico. O líder da implementação tem que ter autoridade,
entender o funcionamento da empresa e ter habilidades de gerenciamento. O líder deve ser o
pensador do SGA e ter tempo disponível para projetá-lo e construí-lo.
Este líder deverá preparar a estrutura e o orçamento preliminares para desenvolver o SGA.
Os custos devem compreender o tempo dos empregados utilizado no SGA, treinamento,
consultoria, materiais e possivelmente equipamentos, além de outros.
A equipe responsável pela implementação do SGA deve identificar e acessar resultados,
oportunidades e processos existentes. As equipes devem se reunir freqüentemente, principalmente
no início do processo.

Os empregados representam a grande fonte de conhecimento dos problemas ambientais e
de saúde e segurança relativos as suas áreas de trabalho, bem como a respeito da efetividade dos
processos e procedimentos em operação. Eles podem auxiliar a equipe de implementação a
elaborar os procedimentos. Portanto, o envolvimento de todos os empregados é fundamental para
o bom andamento do SGA.

IDENTIFICAR
REQUISITOS
LEGAIS E OUTROS

IDENTIFICAR E
AVALIAR ASPECTOS
E IMPACTOS
(PRODUTOS,
OPERAÇÕES E
ATIVIDADES)

DEFINIR VISÃO DAS
PARTES
INTERESSADAS

ELABORE A
POLÍTICA
AMBIENTAL

DEFINIR PAPÉIS E
RESPONSABILIDADES
CHAVES

ESTABELECER
OBJETIVOS E
METAS

PROGRAMAS DE
GESTÃO
AMBIENTAL

IDENTIFICA
CONTROLES
OPERACIONAIS

IDENTIFICAR
NECESSIDADE
DE MONITORA-
MENTO E
MEDIÇÃO

ESTABELECER
PROCEDI-
MENTOS PARA
AÇÃO
CORRETIVA/
PREVENTIVA,
CONTROLE DE
DOCUMENTOS
E REGISTROS

ESTABELECER
CONTROLE
OPERACIONAL
E MONITORA-
MENTO DO
PROCESSO

DEFINIR
PAPÉIS E
RESPONSABILIDADES
PARA OPERAÇÕES
ESPECIFICAS

CONSCIENTIZAÇÃO
INICIAL DOS
COLABORADORES

DEFINIR
PROCEDIMENTOS

PREPARA
A DOCUMENTAÇÃO
DO SGA (MANUAL)

CONDUZ
TREINAMENTO
ESPECÍFICO AOS
COLABORADORES

CONDUZ AUDITORIA
INTERNA DO SGA

CONDUZ A ANÁLISE
CRÍTICA PELA
DIREÇÃO

Figura 8 – Fase preparatória – Construção e implantação do SGA

A revisão preliminar para avaliar o SGA que está sendo implementado e compará-lo com
critérios de implementação existentes, como por exemplo, a NBR ISO 14001. Ou seja, avaliar a
estrutura e os procedimentos, a política, os impactos ambientais, programas de treinamento, entre
outros fatores. Consiste em avaliar para poder determinar quais elementos do SGA estão
adequados e quais devem ser melhorados.

________________________________________________________________________________________

ibeam

i
n

s
tituto
brasileiro de ed

u

c

a

ç

ã

o ambienta
l

20

O Plano de Ação poderá ser modificado em função dos resultados obtidos na avaliação
preliminar. A modificação do Plano de Ação deverá descreverem detalhes as ações necessárias,
os responsáveis, os recursos necessários e quando o trabalho deverá ser completado. Neste
ponto, a empresa já está pronta para desenvolver os procedimentos e outros documentos do
sistema. Ao construir o SGA é preciso certificar-se de que o sistema é flexível.
Assim que os procedimentos e outros documentos estiverem prontos é possível iniciar a

implementação do sistema.

É preciso treinar os empregados a respeito dos conceitos de SGA, principalmente no que
diz respeito a aspectos e impactos das atividades, produtos e serviços, novos procedimentos,
modificações nos procedimentos existentes e também a respeito das novas responsabilidades.
Após o SGA estar em operação, verifique a possibilidade de avaliação do desempenho do
mesmo. Isto pode ser conseguido através de auditorias periódicas, realização de monitoramentos
e medições. A avaliação do desempenho do SGA proporciona a oportunidade de melhorar o SGA
e o desempenho ambiental da empresa o tempo todo.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->