Você está na página 1de 48

1

MMCAMPOS
MMCAMPOS

MEDICINA DA SAÚDE

AUMENTE SUA SAÚDE ATRAVÉS DA PSICOSSOMÁTICA

2

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

Dr. MARCO ANTONIO PEREIRA DE CAMPOS MÉDICO HOMEOPATA E PSICÓLOGO MIRIAM DE MORAES PEREIRA DE

Dr. MARCO ANTONIO PEREIRA DE CAMPOS

MÉDICO HOMEOPATA E PSICÓLOGO

MIRIAM DE MORAES PEREIRA DE CAMPOS

COORDENADORA PEDAGÓGICA

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.COM

mm.campos@uol.com.br Fone: (11) 2952-6395

DIREITOS DESTA APOSTILA

Esta apostila é de uso livre para os alunos que se propõem realizar o curso de Psicossomática, podendo ser baixada e armazenada gratuitamente pelos diversos meios de informática. Deve ser impressa para ser usada durante o transcorrer e acompanhamento do curso.

3

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

FISIOLOGIA DAS EMOÇÕES

SISTEMA LÍMBICO:

AMÍGDALA

HIPOCAMPO

TÁLAMO

HIPOTÁLAMO

GIRO CINGULADO

TRONCO CEREBRAL

ÁREA TEGMENTAL VENTRAL

SEPTO

ÁREA PRÉ-FRONTAL

Tálamo TÁLAMO TRONCO CEREBRAL Área excitatória Nervo craniano V Área excitatória CEREBELO Área inibitória
Tálamo
TÁLAMO
TRONCO CEREBRAL
Área excitatória
Nervo craniano V
Área excitatória
CEREBELO
Área inibitória
V Nervo craniano
Área inibitória

4

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

4 WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR Marino Jr, R– Fisiologia das Emoções – Sarvier, 1975. Funções dos Principais

Marino Jr, R– Fisiologia das Emoções – Sarvier, 1975.

Funções dos Principais Componentes do Sistema Límbico

AMÍGDALA:

Lembrar que são duas, uma para cada um dos hemisférios cerebrais.

O estímulo elétrico dessas estruturas provoca crises de violenta agressividade.

A destruição experimental das amígdalas faz com que o animal se torne dócil, sexualmente indiscriminativo, afetivamente descaracterizado e indiferente às situações de risco.

Em humanos, a lesão das amígdalas faz com que o indivíduo perca o sentido afetivo da percepção de uma informação vinda de fora, como por exemplo a visão de uma pessoa conhecida. Ela sabe quem está vendo, mas não sabe se gosta ou desgosta da pessoa em questão.

5

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

HIPOCAMPO:

Lembrar que são dois.

Envolvido com os fenômenos da memória de longa duração.

Quando ambos os hipocampos (direito e esquerdo) são destruídos, nada mais é gravado na memória.

Um hipocampo intacto possibilita ao animal comparar as condições de uma ameaça atual com experiências passadas similares, permitindo-lhe, assim, escolher qual a melhor opção a ser tomada para garantir sua preservação.

TÁLAMO:

Através de lesões e estimulações do tálamo, observou-se que ele regula parte do comportamento emocional.

GIRO CINGULADO:

Coordena odores e visões com memórias agradáveis de emoções anteriores.

Participa da:

reação emocional à dor

regulação do comportamento agressivo

A ablação do giro cingulado (cinguléctomia) em animais selvagens, domestica-os totalmente.

A simples secção de um feixe desse giro (cingulotomia), reduz o nível de depressão e de ansiedade pré-existentes.

TRONCO CEREBRAL:

Comanda o ciclo de vigília-sono.

Mecanismos de alerta, que são vitais para a vida.

No tronco cerebral existem massas concentradas de neurônios secretores de norepinefrina.

ÁREA TEGMENTAL VENTRAL:

Localizada no tronco cerebral.

A descarga espontânea de dopamina ou a estimulação elétrica dessa área produz sensações de prazer, algumas delas similares ao orgasmo.

6

SEPTO:

No septo estão localizados os centros do orgasmo (quatro para a mulher e um para o homem).

Esta região se relaciona com as sensações de prazer, mormente aquelas associadas às experiências sexuais.

ÁREA PRÉ-FRONTAL:

Raciocinio: permite a integração de percepções temporalmente descontinuas e dirige-as a um objetivo.

Faz uma interface entre a afetividade e emoções e a tomada de decisões.

Tem a função de dirigir a atenção.

Regula a motivação do comportamento.

Quando o córtex pré-frontal é lesado , o indivíduo perde o senso de suas responsabilidades sociais, bem como a capacidade de concentração e de abstração. Em alguns casos, a pessoa, conquanto mantendo intactas a consciência e algumas funções cognitivas, como a linguagem, já não consegue resolver problemas, mesmo os mais elementares.

Quando se praticava a lobotomia pré-frontal para tratamento de certos distúrbios psiquiátricos, os pacientes entravam em estado de “tamponamento afetivo”, não mais evidenciando quaisquer sinais de alegria, tristeza, esperança ou desesperança. Em suas palavras ou atitudes não mais se vislumbravam quaisquer resquícios de afetividade.

HIPOTÁLAMO:

É a parte mais importante do sistema límbico.

Mantém vias de comunicação com todos os níveis do sistema límbico.

Controla grande parte do comportamento e das emoções.

Controla as funções vegetativas (condições internas do corpo, homeostase), como a temperatura, o impulso para comer e beber, etc.

As partes laterais estão envolvidas com o prazer e a raiva.

A parte mediana está ligada à aversão, ao desprazer e a tendência ao riso (gargalhada) incontrolavel.

Quando os sintomas físicos da emoção aparecem, a ameaça que produzem, retorna, via hipotálamo, aos centros límbicos e, destes, aos núcleos pré-frontais, aumentando, por um mecanismo de feed-back negativo, a ansiedade, podendo até chegar a gerar um estado de pânico.

7

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

7 WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR Posterior Anterior HIPOTÁLAMO Posterior ( Pressão sanguinea aumentada) (Dilatação
Posterior Anterior
Posterior
Anterior

HIPOTÁLAMO Posterior (Pressão sanguinea aumentada) (Dilatação pupilar) (Tremor)

HIPOTÁLAMO
HIPOTÁLAMO

Núcleo Paraventricular (Liberação de ocitocina) (Conservação da água)

Área pré-óptica medial (Contração da Bexiga) (Frequência Cardíaca diminuida) (Pressão Sanguinea diminuida)

Núcleo Dorsomedial

(Estimulação G.I.)

Núcleo Perifornical (Fome) (Pressão sanguinea aumentada) (Raiva)

Área pré-óptica posterior e hipotalâmica anterior (Ofegar) (Sudorese) (Inibição da tireotropina) (Regulação da temperatura corporal)

Núcleo Ventromedial

(Saciedade)

(Controle neuroendócrino)

Quiasma óptico

Corpo Mamilar (Reflexos da ingestão) Núcleo arqueado e zona periventricular (Controle neuroendócrino)

Núcleo Supra-Óptico (Liberação de vasopressina)

Infundíbulo

ÁREA HIPOTALÂMICA LATERAL (NÃO É MOSTRADA) (SEDE E FOME)

8

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

OS ESTÍMULOS QUE VÃO DO HIPOTÁLAMO PARA A HIPÓFISE SÃO REALIZADOS POR NEURO-HORMÔNIOS

OU

NEUROTRANSMISSORES

OS ESTÍMULOS QUE VÃO DO HIPOTÁLAMO PARA A HIPÓFISE SÃO REALIZADOS POR NEURO-HORMÔNIOS OU NEUROTRANSMISSORES

9

W WW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

9 W WW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR PORÇÃO INTERMÉDIA Estimuladora de melanócitos (M SH) : regula a distribuição dos

PORÇÃO INTERMÉDIA

Estimuladora de melanócitos(M SH):regula a distribuição dos pigmentos.

NEURO-HIPÓFISE

OCITOCINA:

Atua no útero favorecendo as cont rações no momento do parto, e em nível mamá rio facilita a secreção do leite

VASOPRESSINA(ADH):

Regula a contração dos vasos sangu íneos, regulando a pressão e a ação antidiurétic a sobre os túbulos dos rins.

10

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

10 WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR PSICONEUROIMUNOLOGIA PSICONEURO ENDÓCRINO IMUNOLOGIA EMOÇÕES ↓ SISTEMA LÍMBICO ↓

PSICONEUROIMUNOLOGIA

PSICONEUROENDÓCRINOIMUNOLOGIA

EMOÇÕES

SISTEMA LÍMBICO

HIPOTÁLAMO

MEDULA ÓSSEA

11

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

CÉLULA PLURIPOTENTE / CÉLULA TRONCO Células NK Natural Killer Célula Progenitora Linfóide Linfócitos T Linfócitos
CÉLULA PLURIPOTENTE / CÉLULA TRONCO Células NK Natural Killer
CÉLULA PLURIPOTENTE / CÉLULA TRONCO
Células NK
Natural Killer

Célula Progenitora Linfóide

Linfócitos T
Linfócitos T

Linfócitos B

Anticorpos

IgA

IgG

IgM

CD (Cluster of Differenciation) CD 4 – AIDS Células T Auxiliares TH1 – inflamação TH2 – Interleucinas:

Célula Progenitora Mielóide

Ativação de Linfócitos B Basófilos Monócitos Neutrófitos Eosinófilos Plaquetas
Ativação de Linfócitos B
Basófilos
Monócitos
Neutrófitos
Eosinófilos
Plaquetas

Hemácias

IMUNIDADE CELULAR
IMUNIDADE CELULAR
TIMO ANTÍGENO TIMO LINFÓCITOS T LINFÓCITO T ATIVADOS CÉLULA-TRONCO LINFONODO FÍGADO FETAL FÍGADO FETAL,
TIMO
ANTÍGENO
TIMO
LINFÓCITOS T
LINFÓCITO T
ATIVADOS
CÉLULA-TRONCO
LINFONODO
FÍGADO FETAL
FÍGADO FETAL,
MEDULA ÓSSEA ?
MEDULA ÓSSEA
ANTICORPO
LINFÓCITO B
ANTÍGENO

12

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

Estresse Psicológico
Estresse Psicológico
Estresse Psicológico Depressão, desespero Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico (contém

Depressão, desespero

Estresse Psicológico Depressão, desespero Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico (contém

Sistema Límbico

Estresse Psicológico Depressão, desespero Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico (contém

Atividade Hipotalâmica

desespero Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico (contém mecanismo anti-câncer

Sistema Imunológico (contém mecanismo anti-câncer

Sistema Imunológico (contém mecanismo anti-câncer Atividade Hipófise (cria um desequilíbrio hormonal )

Atividade HipófiseSistema Imunológico (contém mecanismo anti-câncer (cria um desequilíbrio hormonal ) Sistema Endócrino

(cria um desequilíbrio hormonal )(contém mecanismo anti-câncer Atividade Hipófise Sistema Endócrino Aumento das Células Anormais Supressão

Atividade Hipófise (cria um desequilíbrio hormonal ) Sistema Endócrino Aumento das Células Anormais Supressão
Atividade Hipófise (cria um desequilíbrio hormonal ) Sistema Endócrino Aumento das Células Anormais Supressão

Sistema Endócrino

(cria um desequilíbrio hormonal ) Sistema Endócrino Aumento das Células Anormais Supressão da Atividade

Aumento das Células Anormais

Supressão da Atividade Imunológica

das Células Anormais Supressão da Atividade Imunológica Crescimento do Câncer O . C . S i
das Células Anormais Supressão da Atividade Imunológica Crescimento do Câncer O . C . S i

Crescimento do Câncer

O. C. Simonton

Intervenção Psicológica (cria mudanças na percepção de nós mesmos ou dos nossos problemas) Esperança,
Intervenção Psicológica (cria mudanças na percepção de nós mesmos ou dos nossos problemas)
Intervenção Psicológica
(cria mudanças na percepção
de nós mesmos ou dos nossos
problemas)

Esperança, Expectativa

mesmos ou dos nossos problemas) Esperança, Expectativa Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema

Sistema Límbico

nossos problemas) Esperança, Expectativa Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico Aumento da

Atividade Hipotalâmica

Expectativa Sistema Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico Aumento da Atividade Imunológica

Sistema Imunológico

Límbico Atividade Hipotalâmica Sistema Imunológico Aumento da Atividade Imunológica Atividade da Hipófise

Aumento da Atividade Imunológica

Sistema Imunológico Aumento da Atividade Imunológica Atividade da Hipófise Sistema Endócrino (cria um

Atividade da Hipófise

Aumento da Atividade Imunológica Atividade da Hipófise Sistema Endócrino (cria um equilíbrio hormonal)

Sistema Endócrino (cria um equilíbrio hormonal)

Hipófise Sistema Endócrino (cria um equilíbrio hormonal) Diminuição das Células Anormais Regressão do Câncer O.

Diminuição das Células Anormais

Sistema Endócrino (cria um equilíbrio hormonal) Diminuição das Células Anormais Regressão do Câncer O. C. Simonton

Regressão do Câncer

O. C. Simonton

13

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

PRINCÍPIOS E FUNDAMENTOS

(REGRAS)

Primeiro:

A todo instante, eu devo verificar como eu me encaixo no que está sendo comentado.

Esta é a finalidade do curso.

É o mais importante de tudo.

Segundo:

Tudo o que for falado aqui dentro, vai ficar aqui dentro.

Terceiro:

Aceitar verdades incontestáveis.

Exemplos: mente, pensamentos, Deus, espírito, emoções, etc.

14

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

QUAL A HIERARQUIA?

Mente

Corpo

EspíritoPensamentos

MatériaEmoções

HIERARQUIA CORRETA

HIERARQUIA CORRETA

“A EMOÇÃO É SENHORA DA RAZÃO, E NÃO SUA SERVA”

“SUA MENTE ESTÁ EM TODAS AS SUAS CÉLULAS”

DEEPAK CHOPRA

15

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

“NOSSAS EMOÇÕES ESTÃO EM TODAS AS NOSSAS CÉLULAS E EM TODO NOSSO CORPO ENERGÉTICO; ELAS IRRADIAM DE NÓS EPORTANTO, TAMBÉM ESTÃO FORA DO NOSSO CORPO”

CAMPOS

AS EMOÇÕES CONTAGIAM

CORPO ENERGÉTICO

ENERGIA VITAL ↔ HOMEOPATIA

PARÁGRAFOS 9 E 10 DO ORGANON

KIRLIANGRAFIA

Saúde:

É o bem estar físico, psíquico e social

O.M.S.

Saúde:

É o bem estar físico,

psíquico, social e espiritual

CAMPOS

16

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

SANIDADE

ESC0LAS DE PSICOLOGIA

(RESUMO EXTREMADO)

SIGMUND FREUD

PSICANÁLISE

CONCEITO BÁSICO: LIBIDO

ID

(PULSÕES)

EGO

SUPEREGO

(EU CONSCIENTE)

(CÓDIGO DE VALORES)

CONSCIENTE E INCONSCIENTE

CARL GUSTAV JUNG

PSICOLOGIA ANALÍTICA

LIBIDO É INESPECÍFICA

INCONSCIENTE INDIVIDUAL E COLETIVO

ANIMA E ANIMUS

SOMBRA

SÍMBOLOS

17

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

ALFRED ADLER

PSICOLOGIA INDIVIDUAL

CRIANÇA: TUDO É GRANDE AO SEU REDOR

SENTIMENTO DE INFERIORIDADE

DESEJO DE PODER

CRIANÇA FAZ TUDO PARA CHAMAR A ATENÇÃO

DESENVOLVIMENTO DEFEITUOSO

CORREÇÃO: FORTIFICAR O SENTIMENTO DE COMUNIDADE

MELHOR APLICAÇÃO: SETOR PEDAGÓGICO

VITOR FRANKL

PSICOLOGIA INDIVIDUAL

(LOGOTERAPIA – LOGOS=RAZÃO)

HOMEM MODERNO SOFRE DE DESADAPTAÇÃO EXISTENCIAL:

DISTÚRBIOS AFETIVOS E INTELECTUAIS

ÉPOCA DA GUERRA: DESCONTENTAMENTO GERAL CONTRA A VIDA

TRATAMENTO É CHAMAR O HOMEM À RAZÃO

“A VIDA É QUEM DEVE ESPERAR ALGUMA COISA DO HOMEM”

18

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

WILHELM REICH

GRANDE IMPORTÂNCIA AO ORGASMO

ORGÔNIO

BLOQUEIOS À CIRCULAÇÃO DE ENERGIA.

COURAÇAS: EM NÚMERO DE SETE

EXERCÍCIOS FÍSICOS PARA DESBLOQUEAR AS COURAÇAS

PESQUISAS COM ORGÔNIO

ALEXANDER LOWEN

BIOENERGÉTICA

“PÓS REICHIANO”

EXERCÍCIOS EM PÉ, NO TAMBORETE ELÁSTICO, CAVALETE, BOLAS, ALMOFADAS, COLCHÕES, ALÉM DOS EXERCÍCIOS DE REICH, ETC.

NORBERTO R. KEPPE

PSICANÁLISE INTEGRAL

TRILOGIA ANALÍTICA

INVERSÃO

INVEJA

SOBERBA

19

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

FREUD

PROVOU DE MODO CIENTÍFICO A EXISTÊNCIA

DOINCONSCIENTE

FREUD

MESTRE DO INCONSCIENTE

DEIXOU O INCONSCIENTE FALAR, ATÉ EXTRAIR DELE O MATERIAL CIENTÍFICO NECESSÁRIO

O INCONSCIENTE SABE COISAS QUE NÓS NÃO SABEMOS.

ELE DIRIGE NOSSO DESTINO COM MÃO DE FERRO.

N. R. KEPPE

20

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

CARL ABRAHAM

ESTÁGIO DA ORGANIZAÇÃO DA LIBIDO:

ESTÁGIO DO DESENVOLVIMENTO DO AMOR OBJETAL:

PONTO DOMINANTE DE FIXAÇÃO:

I.Oral primário (sucção do dedo)

Auto erotismo (não objetal)

Vários tipos de esquizofrenia

II.Sadístico oral tardio (canibalístico)

Narcisismo:

total incorporação do objeto Amor parcial, com incorporação Amor parcial

Maníaco-Depressiva

III.Sadístico anal primário

Paranóia

IV.Sadístico anal tardio

Neurose Compulsiva

V.Genital primário (fálico)

Amor objetal, com exclusividade genital

Histeria

VI.Genital final

Amor objetal (adulto)

Normalidade

SIGMUND FREUD

FASES DO DESENVOLVIMENTO DA LIBIDO

1ªFase oral:

Satisfação dos desejos primitivos

(1º ano de vida)

2ª Fase oral:

Inveja (de comida), acessos de ira, de fúria

(fim do 1º ano de vida)

1ª Fase anal:

Prazer da posse, independência, teimosia

(2º ano de vida)

2ª Fase anal:

Orgulho do próprio sucesso

(3º ano de vida)

Período fálico:

Desenvolvimento do “Complexo de Èdipo”:

(4º até o 5º ano)

Antes: rivalidade dos filhos com a mãe Agora: rivalidade com o pai

Período de latência:

Retração das tendências pulsionais, desenvolvimento do Eu e do Superego

(5º ano até a puberdade)

Fase genital:

Competição juvenil, rivalidade,

(começo da puberdade)

21

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

NORBERTO R. KEPPE

TRANSCONSCIENTE

ENTRE 6 E 10 ANOS

FASE DE INTELECTUALIZAÇÃO OU ESPIRITUALIZAÇÃO

NORBERTO R. KEPPE

A ideia de um criador

O comportamento religioso

O desejo de saber o que vem depois da morte

Quem criou o mundo

Como começaram a existir os primeiros homens e as coisas

O que conserva o movimento dos astros

A necessidade de se admitir um Deus criador

Etc.

NORBERTO R. KEPPE

COMPLEXO DO DIVINO

A criança passa a resolver os seus

conflitosemocionais através desse novo caminho (Transcendência )

A resolução dos problemas se dá pela aceitação ou não da realidade espiritual

22

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

FATOS FATOS
FATOS
FATOS

SENTIMENTOS

SENTIMENTOS PENSAMENTOS PALAVRAS ATOS

PENSAMENTOS

SENTIMENTOS PENSAMENTOS PALAVRAS ATOS

PALAVRAS

SENTIMENTOS PENSAMENTOS PALAVRAS ATOS

ATOS

SENTIMENTOS: CONSCIENTES E INCONSCIENTES

SENTIMENTOS

SENTIMENTOS PENSAMENTOS RESISTÊNCIA

PENSAMENTOS

RESISTÊNCIA

23

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

FREUD

MECANISMOS DE AUTO DEFESA CONTRA AS TENDÊNCIAS PULSIONAIS:

1. REGRESSÃO

2. RECALQUE

3. CONVERSÃO

4. A VOLTA DA AGRESSIVIDADE CONTRA A PRÓPRIA PESSOA ( FORMAÇÃO DE TENDÊNCIAS MASOQUISTAS)

5. IDENTIFICAÇÃO

6. SUPERCOMPENSAÇÃO

7. SUBLIMAÇÃO

8. RACIONALIZAÇÃO

9. SUBSTITUIÇÃO E TRANSPOSIÇÃO

10. PROJEÇÃO PARA O MEIO EXTERIOR

O QUE É NEUROSE ?

Existem muitas definições, exemplos:

Neurose é qualquer transtorno mental que não interfira no pensamento racional.

Neurose é a incapacidade do doente de resolver os conflitos internos e externos de maneira satisfatória.

O NEURÓTICO

LIBIDO–É um princípio de prazer que se liga ( ou é o próprio ) ao desejo sexual.

LIBIDO – É uma força, uma energia, que se manifesta sempre,de ummodo ou de outro; portanto, sofre inúmeras modificações. Pode ser a busca de relações físicas diretamente, ou, indiretamente, através da busca de prestígio, sucesso profissional, dinheiro, fama, etc.

24

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

O NEURÓTICO

O neurótico não consegue viver fora do princípio de prazer, ou no sentido oposto, passa a ter rigidez moral exagerada ( Moralista ).

O neurótico vive em função do princípio de prazer, mas não tem

satisfação em sua vida, porque não tem maturidade, e não sabe

amar. Pensa sempre em termos de receber, nunca de dar; é

impossível dar para quem não tem nada.

O neurótico não presta atenção no que os outros dizem; não dá atenção ao problema dos outros; não gosta de ninguém. O seu mundo é sua própria vida psíquica, os seus próprios desejos e seus próprios problemas.

O neurótico recusa-se a viver como adulto; vive de modo infantil; tem falta de maturidade; está apegado ao pai e à mãe, agindo em função deles.

O neurótico tem medo de se conhecer intimamente: não aceita

o“conhece-te a ti mesmo” (Sócrates). Procura sempre entender e jamais ser (falha na psicoterapia). Dá conselhos e diretrizes

abundantemente sobre a vida dos outros, mas não os aceita, pois não

quer se modificar. Se julga perfeito e atribui a causas dos seus males aos outros (projeção).

25

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

O neurótico tem uma necessidade imperiosa de que os outros(o mundo) se modifiquem para que possa ser feliz.

Pela psicanálise todos nós somos neuróticos, em maior ou menor grau, embora procuremos fugir a esse rótulo. Daí, concluímos que o mundo é doente.

A neurose dos pais contamina os filhos e depois os netos:

“inconsciente familiar”.

BASE PRINCIPAL DA NEUROSE

PSICOSE MANÍACO-DEPRESSIVA

ESQUIZOFRENIA

ANSIEDADE MEDOS/FOBIAS RAIVA/ÓDIO CIÚME HISTERIA DEPRESSÕES OBSESSÕES INVEJA VÍCIOS MANIAS
ANSIEDADE
MEDOS/FOBIAS
RAIVA/ÓDIO
CIÚME
HISTERIA
DEPRESSÕES
OBSESSÕES
INVEJA
VÍCIOS
MANIAS

PARANÓIA

CATATONIA

EPILEPSIA

26

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

DIFERENÇA PRÁTICA ENTRE NEUROSE E PSICOSE:

O NEURÓTICO ESTÁ DENTRO DA REALIDADE, MAS NÃO A ACEITA.

O PSICÓTICO ESTÁ FORA DA REALIDADE.

O NEURÓTICO NÃO SABE AMAR

O NEURÓTICO SÓ SE EQUILIBRA PELO AMOR.

AMOR

MÉTODO CAMPOS

27

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

NÃO EXISTE DIFICULDADE QUE O AMOR NÃO POSSA RESOLVER

NÃO EXISTE DOENÇA QUE O AMOR NÃO POSSA CURAR

NÃO EXISTE PORTA QUE O AMOR NÃO POSSA ABRIR

EMMET FOX

LOVE WILL CONQUER

There is no difficult that enough love will not conquer;

no desease that enough love will not heal;

no door that enough love will not open;

no gulf that enough love will not bridge;

no wall that enough love will not throw down;

no sin that enough love will not redeem…

It makes no difference how deeply seated may be the trouble;

how hopeless the outlook;

how muddled the tangle;

how great the mistake.

A sufficient realization of love will dissolve it all.

If only could love enough you would be the happiest

And most powerful being in the world…

Emmet Fox

28

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

ONDE O AMOR IMPERA, NÃO HÁ DESEJO DE PODER; E ONDE O PODER PREDOMINA HÁ FALTA DE AMOR.

UM É A SOMBRA DO OUTRO.

C. G. JUNG

JAMAIS FAÇA DRAMA

JAMAIS DIMINUA A IMPORTÂNCIA DAS COISAS

NA VIDA SEMPRE DEVEMOS TER UMA PERCEPÇÃO SEM CARGA EMOCIONAL

CAMPOS

(PERCEPÇÃO SEMELHANTE À DE DEUS)

CAMPOS

PERCEPÇÃO RELAXADA

BERNIE SIEGEL

29

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

COMPREESÃO DA SAÚDE, DA DOENÇA EDO SINTOMA

QUANDO AS MAIS VARIADAS FUNÇÕES DO NOSSO ESPÍRITO, MENTE E CORPO ESTÃO FUNCIONANDO DE MODO HARMONIOSO DIZEMOS QUE TEMOS

SAÚDE.

SE UMA ÚNICA FUNÇÃO FALHA, AINDA QUE DE MODO LEVE, ELA COMPROMETE A HARMONIA DO TODO E

ENTÃO, FALAMOS EM DOENÇA.

DE TAL FORMA QUE, O SER HUMANO NUNCA ESTÁ TOTALMENTE SADIO NEM TOTALMENTE DOENTE.

A DOENÇA É UM ESTADO DO SER HUMANO QUE

INDICA AS ALTERAÇÕES DE SUAS EMOÇÕES (CONSCIÊNCIA).

ELE NÃO ESTÁ MAIS “EM ORDEM”, OU SEJA, SUA CONSCIÊNCIA INDICA QUE NÃO HÁ HARMONIA.

SINTOMA

A PERTURBAÇÃO DA HARMONIA OCORRE INICIALMENTE NO

ÂMBITO EMOCIONAL;

ISTO É, O DESEQUILÍBRIO INICIAL É A ENERGIA PRODUZIDA PELAS NOSSAS EMOÇÕES DESEQUILIBRADAS; EX: ENERGIA DA RAIVA, DO MEDO, DA ANSIEDADE, DA INVEJA, ETC.

ESSE DESEQUILÍBRIO EMOCIONAL, OU SEJA, A ENERGIA LIBERADA NELES, SEMPRE SE MANIFESTARÁ NA FORMA DE SINTOMA.

(SE TORNA “PERCEPITÍVEL” OU ATÉ MESMO “VISÍVEL”)

30

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

O SINTOMA AVISA QUE COMO SERES HUMANOS, NÓS ESTAMOS DOENTES, ISTO É, O EQUILÍBRIO DE NOSSAS FORÇAS INTERIORES ESTÁ COMPROMETIDO.

O SINTOMA NOS INFORMA QUE ESTÁ FALTANDO ALGUMA COISA

AO INVÉS DE PERGUNTARMOS: A ONDE DÓI?

DEVERÍAMOS PERGUNTAR: O QUE LHE FALTA?

O SINTOMA É UM COMPANHEIRO FIEL CAPAZ DE NOS AJUDAR A DESCOBRIR O QUE NOS FALTA.

O SINTOMA É UM PROFESSOR QUE NOS AJUDA EM NOSSO ESFORÇO DE NOS DESENVOLVERMOS E TOMARMOS CADA VEZ MAIS CONSCIÊNCIA DE NÓS PRÓPRIOS.

31

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

Mas,

Na vida,

O ser humano não quer ser perturbado, e assim, começa a luta contra um sintoma.

Essa luta consiste em querer eliminá-lo,

demonstrando que o sintoma sempre exige que nos preocupemos com ele.

Na medicina comum os sintomas se transformam em “sinais” sem significado.

Nunca se pergunta qual a razão de um sintoma. Nem se faz as perguntas pertinentes.

ANALOGIA COM UM AUTOMÓVEL.

TER CONSCIÊNCIA DE NOSSO DUPLO PAPEL

NÓS SOMOS AO MESMO TEMPO “AUTOR” E “VÍTIMA” DE TUDO O QUE NOS ACONTECE. SOMOS RESPONSÁVEIS POR NOSSAS DOENÇAS, RELACIONAMENTOS, ACIDENTES E TUDO MAIS.

(AUTOR INCONSCIENTE)

TEMOS UM DUPLO PAPEL.

32

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

QUANDO UMA PESSOA ESTÁ SOFRENDO, SÓ ELA É RESPONSÁVEL PELO SEU SOFRIMENTO.

A RESPONSABILIDADE DE TUDO O QUE ACONTECE EM NOSSA VIDA É NOSSA.

UMA VISÃO HONESTA SÓ SERÁ POSSÍVEL QUANDO, EM VEZ DE ELIMINAR SINTOMAS, COMEÇARMOS A INTERPRETÁ-LOS, E ASSIM, ANALISAR A “DOENÇA PROPRIAMENTE DITA”, A QUAL É O DESEQUILÍBRIO DAS EMOÇÕES (CONSCIÊNCIA).

SUA VISÃO SE TORNARÁ CLARA QUANDO VOCE OLHAR EM SEU CORAÇÃO.

QUEM OLHA FORA, SONHA.

QUEM OLHA DENTRO DESPERTA.

C.G.JUNG

QUANDO CONHECEMOS O NOSSO DESEQUILÍBRIO EMOCIONAL E O DESEQUILÍBRIO DE NOSSA CONSCIÊNCIA PODEMOS PARAR DE LUTAR CONTRA A DOENÇA E TRANSMUTÁ-LA.

A CURA OCORRE A PARTIR DA TRANSMUTAÇÃO DA DOENÇA E NÃO DA VITÓRIA SOBRE ELA.

A INTENÇÃO NÃO É COMBATER A DOENÇA E SIM USÁ-LA.

DAÍ RESULTA QUE SE OCORRER A CURA, NOS TORNAREMOS SERES HUMANOS MAIS SADIOS (SANIDADE).

NOS TORNAREMOS “UM TODO MAIS PERFEITO, ISTO QUER DIZER QUE INTEGRAMOS O QUE FALTAVA.

33

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

COMO USAR A DOENÇA PARA CHEGAR À CURA?

PRIMEIRO

POLARIDADES

SAÚDE-DOENÇA HOMEM-MULHER YIN-YANG FOGO-ÁGUA DIA-NOITE VERÃO-INVERNO

GRANDE-PEQUENO DIREITO-ESQUERDO EXPIRAÇÃO-INSPIRAÇÃO VIGÍLIA-SONO CONSCIENTE-INCONSCIENTE

DICIONÁRIO

DE

ANTÔNIMOS

POLARIDADES SÃO PARES DE OPOSTOS COMPLEMENTARES.

QUANDO DIGO O QUE SOU AUTOMATICAMENTE JÁ DIGO O QUE NÃO SOU.

UM NÃO PODE EXISTIR SEM O OUTRO, NO ENTANTO, SÓ PODEMOS OLHAR UM POLO DE CADA VEZ.

DIREITO-AVESSO

EXPIRAÇÃO-INSPIRAÇÃO

34

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

34 WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR ROB GONSALVES
34 WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR ROB GONSALVES

ROB GONSALVES

35

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

CAMINHO DO MEIO

(O Livro do Caminho e da sua Virtude)

TAO TE CHING

LAO TZE

UNIDADEUNIDADEUNIDADEUNIDADE

UNIDADEUNIDADEUNIDADEUNIDADE NONONONO CENTROCENTROCENTROCENTRO DADADADA POLARIDADEPOLARIDADEPOLARIDADEPOLARIDADE

NONONONO CENTROCENTROCENTROCENTRO DADADADA POLARIDADEPOLARIDADEPOLARIDADEPOLARIDADE ESTÁESTÁESTÁESTÁ AAAA UNIDADEUNIDADEUNIDADEUNIDADE

AMORAMORAMORAMOR

SEGUNDO

SOMBRA

TODA IDENTIFICAÇÃO QUE SE APÓIA NUMA DECISÃO DEIXA UM DOS POLOS DE FORA

36

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

TUDO AQUILO QUE NÃO QUEREMOS SER, TUDO O QUE NÃO QUEREMOS VER DENTRO DE NÓS, TUDO O QUE NÃO DESEJAMOS ENCONTRAR DENTRO DE NÓS, TUDO O QUE NÃO QUEREMOS VIVER, TUDO O QUE NÃO QUEREMOS DEIXAR PARTICIPAR DE NOSSA IDENTIFICAÇÃO,

FORMA A NOSSA SOMBRA.

A REJEIÇÃO DE TODAS AS METADES DE CADA UMA DAS POSSIBILIDADES (POLARIDADES) NÃO AS EXCLUI DE NÓS, MUITO MENOS NOS LIVRAMOS DO PÓLO REJEITADO. ELE PASSA A VIVER NA SOMBRA. CONTINUA A EXIGIR ATENÇÃO. O PÓLO ACEITO SE EXPRESSA NO COMPORTAMENTO. O PÓLO REJEITADO É EXPULSO PARA A SOMBRA.

OS ASPECTOS DA SOMBRA SÃO PRECIPITADOS NA FORMA

HUMANA COMO SINTOMAS,

E, ISTO RESTABELECE O EQUILÍBRIO.

JUNG DIZIA:

A SOMBRA É A SOMA DE TODOS OS ÂMBITOSREJEITADOS DA REALIDADE, QUE O HOMEM NÃO QUER VER EM SI MESMO OU NOS OUTROS, E POR ISSO MESMO, PERMANECEM INCONSCIENTES.

37

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

Origem da projeção

TODAS

AS

MANIFESTAÇÕES

DA

SOMBRA

SÃO

PROJETADAS

NO

MUNDO EXTERIOR.

 

SEMPRE

VIVENCIAMOS

NOSSA

SOMBRA

COMO“exterior”PELASIMPLES

RECONHECÊSSEMOS

SOMBRA.

DENTRO

DE

NÓS,

RAZÃO

ELA

NÓS A

NÃO SERIA MAIS A

DE

QUE,

SE

ANALOGIA COM O ESPELHO

TUDO O QUE NOS IRRITA NOS OUTROS PODE LEVAR A UMA COMPREENSÃO SOBRE NÓS MESMOS.

C.G.JUNG

AO LONGO DA VIDA LANÇAMO-NOS NUMA TENTATIVA DESENFREADA DE PURGAR O MUNDO DOS ASPECTOS QUE CONSIDERAMOS NEGATIVO.

ASSIM, O SER HUMANO SE PREOCUPA MAIS COM O QUEELE NÃO QUER.

AO

FAZÊ-LO,

APROXIMA-SE

TANTO

DO

PRINCÍPIO

REJEITADO QUE ACABA POR VIVÊ-LO.

38

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

A REJEIÇÃO DE QUALQUER PRINCÍPIO ASSEGURA QUE A PESSOA VIVA ESSE MESMO PRINCÍPIO.

ASSIM, OS FILHOS NA VIDA ADULTA, ADOTAM OS MESMOS COMPORTAMENTOS QUE ELES MAIS ODIAVAM NOS SEUS PAIS.

PACIFISTAS SE TRANSFORMAM EM MILITANTES BÉLICOS; MORALISTAS ASSUMEM UMA VIDA DEGRADANTE; FANÁTICOS POR SAÚDE ADOECEM.

A SOMBRA TORNA O HOMEM DESONESTO.

O SINTOMA TORNA O HOMEM HONESTO, POIS MOSTRA (TORNA VISÍVEL) EXATAMENTE O QUE ESTAMOS QUERENDO ESCONDER DE NÓS MESMOS.

EM RESUMO: A SOMBRA NOS DEIXA DOENTES.

O ENCONTRO COM A SOMBRA NOS FAZ SARAR.

ADOENÇA TEM UM ÚNICO OBJETIVO:

TORNAR-NOS PERFEITO

CURA

39

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

A CURA SÓ É POSSÍVEL NA MEDIDA EM QUE NOS CONSCIENTIZARMOS DOS ASPECTOS OCULTOS DE NÓS MESMOS, QUE FORMAM A NOSSA SOMBRA, E NA MEDIDA QUE A INTEGRARMOS.

ASSIM QUE DESCOBRIRMOSO QUE NOS FALTA O SINTOMA TORNA-SE SUPÉRFLUO.

A FERRAMENTA ESSENCIAL PARA EQUILIBRAR OS OPOSTOS CHAMA-SE

AMOR

O AMOR É UMA ACEITAÇÃO QUE NÃO TEM LIMITES NEM IMPOSIÇÕES: É INCONDICIONAL.

ENQUANTO O AMOR FOR SELETIVO NÃO SERÁ VERDADEIRO, POIS O AMOR NÃO SEPARA. O QUE SEPARA É A ESCOLHA.

O

POSSUIR NADA: ELE QUER IRRADIAR-SE.

AMOR

NÃO

CONHECE

CIÚME,

POIS

NÃO

QUER

O AMOR NÃO CONHECE FRONTEIRAS, O AMOR NÃO CONHECE OBSTÁCULOS, O AMOR TRANSMUTA.

T. DETHLEFSEN/R. DAHLKE

40

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

COMO FAZER PARA INTERPRETAR OS SINTOMAS?

1)MOMENTO DO APARECIMENTO DA SINTOMATOLOGIA

O

MOMENTO

EXATO

NO

TEMPO,

EM

QUE

O

SINTOMA

SE

MANIFESTA

PODE

NOS

DAR

INFORMAÇÕES

IMPORTANTES

SOBRE

A

PROBLEMÁTICA.

TODOS OS ACONTECIMENTOS SINCRÔNICOS QUE PROVOCAM O APARECIMENTO DE UM SINTOMA FORMAM O CONTEXTO SINTOMÁTICO E DEVEM SER LEVADOS EM CONTA.

ANALISE O MOMENTO PRECISO EM QUE OS SINTOMAS COMEÇARAM

NÃO SE DEVE CONSIDERAR SOMENTE OS FATORES EXTERIORES, MAS SOBRETUDO OS PROCESSOS INTERIORES.

41

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

QUE

PENSAMENTOS,

EMOÇÕES,

ASSUNTOS

E

DIVAGAÇÕES

OCUPAVAM A NOSSA MENTE QUANDO O SINTOMA APARECEU?

QUAL O NOSSO ESTADO DE ÂNIMO NAQUELE MOMENTO?

RECEBEMOS ALGUMA NOTÍCIA?

HOUVE MUDANÇA EM NOSSA VIDA?

2)LINGUAGEM

É NECESSÁRIO SABER “OUVIR” A LINGUAGEM QUE INDICA O DESEQUILÍBRIO. ISTO PODE SER TREINADO.

DESCOBRIR A “AMBIVALÊNCIA PSICOSSOMÁTICA”

COMICHÕES:

 

“EU GOSTARIA DE NÃO ESTAR NA MINHA PELE” OU “ EU

GOSTARIA

DE

ARRANCAR

A

MINHA

PELE”

(DE

TANTO

SE

COÇAR).

GRIPE:

“ESTOU ATÉ AQUI DE TRABALHO PARA FAZER” (A MÃO NO NÍVEL DO NARIZ).

PESSOAS QUE DIZEM: “VEJO MAL” ( E NÃO DISTINGUEM OS OBJETOS, ESBARRAM, DERRUBAM, COLIDEM).

42

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

NÃO CONSEGUE CURVAR-SEPORQUE ESTÁ “RÍGIDO DEMAIS”.

NÃO PODE “ENGOLIR”.

SOFRE DE “INCONTINÊNCIA”.

NÃO OUVIR (SURDEZ).

APRENDA A OUVIR O QUE SE FALA SOBRE A DOENÇA SÓ A OBSERVAÇÃO PODE NOS TORNAR CONSCIENTES

3) CONSEQUÊNCIAS FORÇADAS

OS SINTOMAS OBRIGAM AS PESSOAS A MUDAR DE COMPORTAMENTO. DE UM LADO, EXISTEM SINTOMAS QUE
OS
SINTOMAS
OBRIGAM
AS
PESSOAS
A
MUDAR
DE
COMPORTAMENTO.
DE UM LADO, EXISTEM SINTOMAS QUE IMPEDEM DE FAZER
O QUE GOSTARÍAMOS DE FAZER, E DE OUTRO, EXISTEM
SINTOMAS QUE NOS OBRIGAM A FAZER AQUILO QUE NÃO
GOSTARÍAMOS DE FAZER.

UMA GRIPE NOS IMPEDE DE ACEITAR UM CONVITE E NOS OBRIGA A FICAR DE CAMA.

UMA PERNA QUEBRADA NOS IMPEDE DE PRATICAR ESPORTES E NOS OBRIGA A FICAR QUIETOS.

43

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

DENTRO DAS CONSEQUÊNCIAS FORÇADAS PRECISAMOS RESPONDER A DUAS PERGUNTAS:

O QUE O SINTOMA ME IMPEDE DE FAZER?”

“AO QUE ME OBRIGA ESSE SINTOMA?”

NA MAIORIA DAS VEZES AS RESPOSTAS A ESSAS DUAS PERGUNTAS LEVA BEM DEPRESSA AO TEMA CENTRAL DA DOENÇA

(PÓLO REJEITADO).

PRESTE MUITA ATENÇÃO NAS MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO IMPOSTAS PELA DOENÇA

SIGNIFICADO COMUM DOS SINTOMAS CONTRADITÓRIOS

TODO TEMA TEM A POSSIBILIDADE DE SE MANIFESTAR ATRAVÉS DE SINTOMAS APARENTEMENTE OPOSTOS.

TODO TEMA PODE EXPRESSAR-SE ATRAVÉS DE UMA GRANDE VARIEDADE DE ÓRGAÕS E ATÉ DE SISTEMAS INTEIROS.

44

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

ESTAR SOBTENSÃO EXCESSIVA PODE APARECER COMO HIPERTENSÃO ARTERIAL, COMO TÔNUS MUSCULAR ELEVADO, COMO AUMENTO DE PRESSÃO OCULAR (GLAUCOMA), COMO ABCESSO, OU ENTÃO COMO TENDÊNCIA A PRESSIONAR AS DEMAIS PESSOAS.

CADA ALTERNATIVA AINDA TEM INÚMERAS VARIÁVEIS PESSOAIS, COMO POR EXEMPLO: A INTENSIDADE.

ABORDAGENS PSICOSSOMÁTICAS

DEPRESSÃO

ANSIEDADE

MEDOS/FOBIAS

PERDÃO/RESSENTIMENTO

CULPA

CIÚME

GRATIDÃO

45

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

CÂNCER/TODAS AS DOENÇAS

EMOÇÕES ENVOLVIDAS NO CÂNCER

BAIXA DA IMUNIDADE

METAS PARA O DOENTE ALCANÇAR

RELAXAMENTO

VISUALIZAÇÃO DE CURA

MANTER O TRATAMENTO

BENEFÍCIOS DAS DOENÇAS

RESPIRAÇÃO

ALIMENTAÇÃO

EXERCÍCIO FÍSICO/ALONGAMENTO

BRONQUITES

46

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

PNEUMONIA

DOENÇAS DA TIREÓIDE

ALERGIAS/RINITE

DOR DE CABEÇA/ENXAQUECA

DIABETES

INSÔNIA

FIBROMIALGIA/ARTRITE

CÁLCULO RENAL

MIOMA

DOENÇAS DA PRÓSTATA

GASTRITE

ALZHEIMER

47

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

TPM/ENDOMETRIOSE (TPM=TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL)

AVC (DERRAME)

48

WWW.PSICOSSOMATICA.BLOG.BR

BIBLIOGRAFIA REDUZIDA:

BONDER, N. A CABALA DA INVEJA.RIO DE JANEIRO: IMAGO EDITORA, 2004.

DAHLKE, R.; DETHLEFSEM, T. A DOENÇA COMO CAMINHO. SÃO PAULO: CULTRIX,2007.

GIRALDO, R. COMO PREVENIR E CURAR A GRIPE SUÍNA E QUALQUER OUTRA DOENÇAUSANDO O NOSSO MÉDICO INTERIOR.SÃO PAULO: PROTON, 2009.

HAHNEMANN, S.ORGANON DA ARTE DE CURAR. SÃO PAULO: GEHBM “BENOIT MURE”,

2002.

HAY, L. L.VOCÊ PODE CURAR SUA VIA. SÃO PAULO: BEST SELLER,1984.

MARINO JR., R. FISIOLOGIA DAS EMOÇÕES. SÃO PAULO: SARVIER, 1975.

KEPPE, N. R. A MEDICINA DA ALMA. SÃOPAULO:PROTON, 2003.

KEPPE, N. R.A ORIGEM DA SANIDADE. SÃO PAULO: PROTON,2001.

KEPPE, N. R.A LIBERTAÇÃO. SÃO PAULO: PROTON, 1998.

KEPPE, N. R.REV. PSICANÁLISE INTEGRAL. SÃO PAULO: PROTON, 2004.

SIEGEL, B.AMOR, MEDICINA E MILAGRES. SÃO PAULO: BEST SELLER, 1989.

SIMONTON, O. C.; SIMONTON, S. M.;CREIGHTON, J. L. COM A VIDA DE NOVO. SÃOPAULO: SUMMUS, 1987 .

VALCAPELLI & GASPARETTO.METAFÍSICA DA SAÚDE. SÃO PAULO: CENTRO DE ESTUDOS VIDA & CONSCIÊNCIA EDITORA, 2008. ( Coleção Metafísica da saúde: vs. 1,2,3,4 )