P. 1
TIPOS DE PERSONALIDADES

TIPOS DE PERSONALIDADES

5.0

|Views: 16.555|Likes:
Publicado porFabiana

More info:

Published by: Fabiana on May 27, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/02/2014

pdf

text

original

TIPOS DE PERSONALIDADES INTRODUÇÃO PERSONALIDADE Personalidade é um termo que apresenta muitas variações de significado.

Em geral representa uma noção de unidade integrativa do ser humano. No senso comum é usada para se referir à capacidade de rápidas tomadas de decisão, para se referir a uma característica marcante da pessoa. A personalidade atribuída a uma pessoa pode definir, para o senso comum, se esta pessoa é boa ou má. A personalidade seria um conjunto de características que diferenciam os indivíduos. Estes atributos seriam permanentes e dizem respeito à constituição, temperamento, inteligência, caráter, um jeito específico de se comportar. Para as teorias que utilizam o conceito de personalidade, ela significa a “organização dinâmica dos aspectos cognitivos, afetivos, fisiológicos e morfológicos do indivíduo.” A personalidade pressupõe a possibilidade de um indivíduo se diferenciar, ser original e ter particularidades. Através desta ideia pode-se predizer o que a pessoa fará em determinada situação, pode-se ter ideia de como ela reagiria. No entanto, ela é fruto de uma organização progressiva do ser humano e não apenas entendida como um fenômeno em si. Ela evolui de acordo com a organização interna do indivíduo. O caráter, temperamento e os traços de personalidades são termos que se referem a esta noção. Alguns distúrbios podem se relacionar à personalidade, gerando conceitos patológicos, como é o caso da personalidade múltipla. CARÁTER O caráter é o termo que designa o aspecto da personalidade responsável pela forma habitual e constante de agir peculiar a cada indivíduo; esta qualidade, é inerente somente à uma pessoa, pois é o conjunto dos traços particulares, o modo de ser desta; sua índole, sua natureza e temperamento. O conjunto das qualidades, boas ou más, de um individuo lhe determinam a conduta e a concepção moral; seu gênio, humor, temperamento, este, sendo resultado de progressiva adaptação do sujeito às condições ambientais, familiares, pedagógicas e sociais. Sendo assim, caráter é a soma de hábitos, virtudes e vícios, é a imagem interior de uma pessoa. O caráter de uma pessoa pode ser dramático, religioso, especulativo, desafiador, covarde, inconstante. Tais variações podem ser inúmeras. TEMPERAMENTO O que é um “temperamento”? Costumamos falar que uma pessoa é “temperamental” quando tem um “mau temperamento”. Mas o temperamento em si não é bom nem mal, tem suas facetas. Temperamento assim, significa mistura. Mistura dos 4 elementos, ou mais especificamente, dos 4 humores relacionados aos elementos, que existem em nosso corpo: cólera-fogo, sangue-ar, bile negra-terra e fleuma-água. Cada um prefere um humor a outro, mas na teoria o melhor seria ter uma combinação perfeita dos 4 humores.

Assim temos 4 tipos, definidos desde o tio Hipócrates: coléricos, sanguíneos,melancólicos e fleumáticos. Pense no temperamento como a “constituição básica”, aquilo que nos faz o que somos. Com um pouco de prática, você pode descobrir o temperamento da pessoa somente vendo como ela se move, e o formato do corpo. A “personalidade” é um conceito mais elusivo, depende muito da situação: lembre-se que “persona” significa “máscara”e usamos diversas máscaras ao longo de nossa vida. John Frawley disse que temperamento é aquilo que as mães aprendem a perceber quando tem o segundo filho. No primeiro, é tudo descoberta, o bebê tem fome, chora, aprende coisas etc. No segundo filho é que você começa a perceber a diferença constituinte entre as pessoas. Fazendo exatamente as MESMAS coisas, não temos os mesmos resultados para os dois filhos, apesar do mesmo ambiente e genética. Definição dos quatro temperamentos     Sanguíneo: Aquele que tem temperamento forte, vigoroso, exaltado e alegre. Colérico: Aquele que tem impulso violento contra ao que lhe ofende, cheio de fúria, violento. Fleumático: Não se emociona com facilidade, ânimo frio. Melancólico: Aquele que se caracteriza por tristeza e depressão; mágoa; pesar. A seguir destacaremos dois tipos de personalidade. PERFECCIONISTA As pessoas desse tipo precisam dar o melhor delas para serem aceitas. Elas se prendem ao certo ou errado, pautando o comportamento das outras pessoas por seus próprios conceitos de justiça. Parecem autoritárias por serem reprovadoras e rígidas, seguindo regulamentos. Costumam ser eficazes no que propõem a fazer. Raramente perdem o autocontrole ou violam normas sociais. São pessoas de muito trabalho e pouca diversão. A natureza de sua ira está no ressentimento: como quer que tudo seja correto – nem sempre as coisas são -, se ressente de não poder fazer nada para mudar isso. Características – chave Perfeccionista, organizado, exigente (também consigo), ético, justo. Focos de atenção     Na busca da perfeição, esquiva-se do erro e do mal; É impulsivo e seu impulso tem pouca duração; Enfatiza virtudes práticas como trabalho, economia, honestidade e esforço; Por ser empreendedor, pode chegar a ser um workaholic contumaz, tendo dificuldade de harmonizar família com o trabalho, o que o leva a bloquear sentimentos inaceitáveis; Quando suas necessidades não são satisfeitas, pode, inconscientemente, sentir raiva e ressentimento;

Não raro, o perfeccionista pode assumir pensamentos maniqueístas, levando-o a uma postura intransigente, em que não há meio-termo. Deixa de ser professor, que é uma de suas características, e passa a ser pregador, por vezes irritando o ouvinte. Quando criticado, por mais que assuma uma nova postura, pode ficar ressentido por anos.

DOADOR Acreditam que, para serem amados, é necessário que as pessoas precisem deles. Dar para receber é seu lema. Estão sempre prontos para ajudar e fazem sacrifícios pelos outros. Preocupam-se com as pessoas, cada uma de forma particular, querendo agradalas a qualquer custo. Principalmente com as pessoas que gostam – e que querem que gostem deles. São confiantes, se consideram capazes e auto-suficientes. Têm pavor de decepcionar os outros, de serem rejeitados ou malqueridos. Características - chave Prestativo, amigável, generoso. Focos de atenção      Para agradar aos outros, muitas vezes, abre mão de suas próprias necessidades. Aliás, nem sempre as vê. Ao mesmo tempo, sente-se confinado pelo apoio que dá aos outros; Vê como única forma de ganhar ou reter o amor de alguém adaptar-se aos seus desejos. Não raro, manipula através da empatia que cria por sua postura solícita; Como “recompensa”, por satisfazer as necessidades alheias, exige sua afeição e aprovação e, caso não tenha, pode entrar em processo de honestidade e de mártir.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DUQUE DE CAXIAS

PSICOLOGIA (TIPOS DE PERSONALIDADES)

Rio de Janeiro

2009 PSICOLOGIA (TIPOS DE PERSONALIDADES)

Trabalho apresentado à Fundação Educacional de Duque de Caxias. Profª. Eliane F. Araújo.

Componentes: Jéssica Fabiana Denise Maria Mirian Viviane Edivânia

Rio de Janeiro 2009

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->