Você está na página 1de 1

O DIREITO DE SONHAR

Autor: Jos Elenildo Queiroz Patos-PB, 09/12/2012 Eu alimento um sonho Sei que difcil realizar Fazer uma viagem lua Para sentir a gravidade lunar Saindo da atmosfera Outro campo me espera Mais perto estarei de chegar Pode parecer difcil Este sonho se realizar Mas simplesmente um sonho Tenho o direito de sonhar Infeliz de quem no sonha Torna a vida enfadonha E nunca sai do lugar Pensa que tudo difcil Nada ousa em conquistar Vive sempre na inrcia Para no se atropelar Somente est nesse mundo Mas nunca tira um segundo Sequer para sonhar No sabe que de um sonho Que um dia algum sonhou De revolucionar o mundo Mesmo sem diploma de doutor Deixando assim seu exemplo Escrito em testamento Tudo o que ele ensinou Se voc no tem um sonho Cuide logo de sonhar Mas no viva s sonhando Saiba que precisa aterrisar Mostre do que capaz Sem nunca desistir jamais Do direito seu de sonhar