Você está na página 1de 2

Lei Complementar 1.

131, 27/12/2010 - altera regulamentao das organizaes sociais no Estado de So Paulo


LEI COMPLEMENTAR N 1.131, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2010 Altera a Lei Complementar n 846, de 4 de junho de 1998, que dispe sobre a qualificao de entidades como organizaes sociais O GOVERNADOR DO ESTADO DE SO PAULO: Fao saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei complementar: Artigo 1 - O artigo 8 da Lei Complementar n 846, de 4 de junho de 1998, passa a vigorar com a redao que segue:

Artigo 8 - ............................................................. .............................................................................. IV - atendimento exclusivo aos usurios do Sistema nico de Sade - SUS e usurios do Instituto de Assistncia Mdica ao Servidor Pblico Estadual - IAMSPE, no caso das organizaes sociais da sade, exceto quando: a) a unidade de sade for nica detentora de mais de 50% (cinquenta por cento) da oferta de servios de sade na sua regio de insero; b) a unidade de sade prestar servios de sade especializados e de alta complexidade. 1 - Nos casos previstos nas alneas a e b do inciso IV deste artigo, a unidade de sade poder ofertar seus servios a pacientes particulares ou usurios de planos de sade privados, somente quando esta situao estiver prevista em seu respectivo contrato de gesto, sem prejuzos ao atendimento do SUS, em quantitativo de, no mximo, 25% (vinte e cinco por cento) de sua capacidade operacional total. 2 - Caber Secretaria da Sade a definio das unidades que podero ofertar seus servios a pacientes particulares ou usurios de planos de sade privados, obedecidos os requisitos de que tratam as alneas a e b do inciso IV deste artigo, bem como o estabelecimento das demais condies em que se dar o atendimento em questo, que devero constar do respectivo contrato de gesto. 3 - O contrato de gesto dever assegurar tratamento igualitrio entre os usurios do Sistema SUS e do IAMSPE e os pacientes particulares ou usurios de planos de sade privados. 4 - O Secretrio de Estado competente dever definir as demais clusulas necessrias dos contratos de gesto de que for signatrio. Artigo 2 - Esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicao. Palcio dos Bandeirantes, 27 de dezembro de 2010 ALBERTO GOLDMAN Nilson Ferraz Paschoa Secretrio da Sade Luiz Antnio Guimares Marrey

Secretrio-Chefe da Casa Civil Publicada na Assessoria Tcnico-Legislativa, aos 27 de dezembro de 2010.