Você está na página 1de 1

Exerccio para adquirir clareza de pensamento: Suponhamos que se faa a experincia seguinte: certo dia observa-se um fenmeno do mundo,

perfeitamente acessvel, isto , que se possa observar completamente: por exemplo, a aparncia do cu. Observam-se a configurao das nvens, a maneira como o Sol desapareceu no poente etc. Faz-se ento a imagem mental to perfeita quanto possvel do que se observou. Tenta-se conservar essa imagem o mais possvel com todos os seus pormenores, esforando-se por mant-la fielmente com toda a sua nitidez at o dia seguinte. No dia seguinte, torna-se a observar, mais ou menos mesma hora, ou mesmo em hora diferente, o tempo e a aparncia do cu, e repete-se o esforo para formar uma imagem completa das observaes feitas. Formando-se desse modo claras imagens mentais de aspectos sucessivos, perceber-se- nitidamente que o pensamento se enriquece e interiormente se torna intenso, pois o que produz a ineficcia do pensamento geralmente a inclinao muito forte de se deixarem de lado os pormenores dos fenmenos que se sucedem, guardando-se mentalmente apenas representaes vagas e confusas. O que essencial e precioso para tornar fecundo o pensamento formar imagens precisas dos fenmenos sucessivos, e ento dizer consigo: Ontem as coisas eram assim, hoje so de outro modo. As duas imagens, correspondentes a fenmenos distintos do mundo real, devem ressurgir ante o esprito com a maior nitidez, como se fossem quadros. Fonte: GA 108, pp. 20-21. R.Steiner