P. 1
Caderneta de Saude Menino

Caderneta de Saude Menino

|Views: 3|Likes:
Publicado porOlivan Araújo

More info:

Published by: Olivan Araújo on Aug 09, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/14/2015

pdf

text

original

Caderneta

de saúde
da Criança
Minist ério da Saúde
2
> Leve sempre a criança com a sua Caderneta ao serviço de saúde e em todas as
campanhas de vacinação.
> É importante que, em cada consulta, o profissional de saúde anote e mostre
aos pais ou responsáveis todos os dados da criança.
> solicite ao profissional de saúde que preencha
A caderneta. Esse é um direito do seu filho.
> Converse com o profissional de saúde,
tire suas dúvidas e peça orientações para
que seu filho cresça e se desenvolva bem.
A Caderneta
da Criança
Esta caderneta é um docum ento im portante para acom panhar a saúde, o crescim ento
e o desenvolvim ento de seu filho. Ela irá auxiliar a fam ília e os profissionais de saúde
nos cuidados com a criança e contém inform ações sobre:
•A saúde de seu bebê no m om ento do nascim ento.
•O crescim ento e o desenvolvim ento de seu filho na infância.
•As vacinas indicadas no Calendário Básico de Vacinação. Elas protegem as crianças
de m uitas doenças.
3
nOME e InFoRmações
da criAnça
Nome da criança: _______________________________________________________
Data de nascimento: ______/ _______/______
Nome da mãe: _________________________________________________________
Nome do pai: __________________________________________________________
Endereço: _____________________________________________________________
Ponto de referência: ____________________ Telefone: _______________________
Bairro: _______________________________ CEP: ___________________________
Cidade: ____________________________ Estado: ___________________________
Peso ao nascer (g): _______________ Comprimento ao nascer (cm): __________
Perímetro cefálico (cm):_____________ APGAR 5’: __________________________
Raça/cor: ( ) branca ( ) preta ( ) am arela
( ) pardo ( ) indígena
Tipo de parto: ( ) vaginal cefálico ( ) cesáreo
( ) outro. Q ual? ___________________________________
Parto realizado em: ( ) hospital/clínica ( ) dom icílio
( ) outro. Q ual? ___________________________________
Nº da Declaração de Nascido Vivo: ________________________________________
Nº do Registro Civil de Nascimento: _______________________________________
Nº do Cartão do SUS:___________________________________________________
Leve seu bebê até dia _____/ _____ao local _______________________________
para realizar as ações da 1ª Semana de Saúde Integral, que incluem:
• avaliação global da saúde da criança;
• realização do “teste do pezinho”;
• orientações sobre amamentação;
• aplicação de vacinas, se necessário.
4
Pré-natal iniciou no: ( ) 1º trim estre ( ) 2º trim estre ( )3º trim estre
Número de consultas do pré-natal: ________________________________________
Grupo sanguíneo da mãe: __________________ Fator Rh: ___________________
Gravidez: ( ) sim ples ( ) m últipla
Sorologias realizadas para os agravos (CID 10):
Z21: N R ( ) R ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
Conduta: N I ( ) I ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
A53: N R ( ) R ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
Conduta: N I ( ) I ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
B18: N R ( ) R ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
Conduta: N I ( ) I ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
B58: N R ( ) R ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
Conduta: N I ( ) I ( ) Trim . 1º ( ) 2º ( ) 3º ( )
Outros Agravos (CID 10):
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
(N R = não realizado, R = realizado, Trim . = trim estre, N I = não instituída, I = instituída)
daDos sObrE Gravidez,
Parto e puerpéRiO
5
Imuni zação
D upla Adulto ( ) Esquem a com pleto
( ) Esquem a incom pleto
( ) N ão realizou
( ) Sem inform ação
Suplementações de ferro ( ) Esquem a com pleto
( ) Esquem a incom pleto
( ) N ão realizou
( ) Sem inform ação
Megadose de vitamina A no pós-parto imediato (ainda na maternidade)
( ) Sim
( ) N ão realizou
( ) Sem inform ação
Intercorrências clínicas da gravidez, parto e puerpério:
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
O parto foi coberto por algum plano de saúde?
( ) não
( ) sim Q ual?_________________________________
6
informaçõEs sObRe
o rECéM-nAscIdo
Idade gestacional (semanas): _____________________________________________
Chorou ao nascer: ( ) im ediatam ente
( ) dem orou para chorar
Reanimação? ( ) não
( ) sim Com o? ________________________________
Grupo sanguíneo: _______ Fator Rh: _______
Teste de Coombs: _______
Alimentação na alta: ( ) aleitam ento m aterno exclusivo
( ) aleitam ento m aterno + fórm ula infantil
( ) som ente fórm ula infantil
( ) outro Q ual? ______________________________
Realizou o “teste da orelhinha”? ( ) não
( ) sim
Intercorrências do recém-nascido:
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
7
oBserVaçõEs soBre a saúde
bucal, ocular e AUditiva
D ata D iagnóstico/Assinatura e carim bo do profissional de saúde
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
intercorrências CLínicAs
e trATaMEntOs EfetuaDos
8
A criança possui plano de saúde?
( ) não ( ) sim Q ual? ________________________________________
D ata D iagnóstico/Assinatura e carim bo do profissional de saúde
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
9
D ata D iagnóstico/Assinatura e carim bo do profissional de saúde
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
_________ _________________________________________________________________
10
M am ar no peito, desde o nascim ento, faz seu bebê crescer forte
e saudável e ajuda os dentes a nascer na posição correta. N ão
ofereça chupetas, bicos e m am adeiras.
É im portante lim par a boca do bebê desde o nascim ento com um
pano lim po m olhado com água filtrada ou fervida. Q uando os prim eiros
dentinhos nascerem , deve ser usada escova de dente m acia. A pasta
dental só deve ser usada a partir dos 6 anos de idade.
O s bebês assustam -se com sons fortes e, a partir de 4 m eses, procuram a
direção dos sons e acom panham com o olhar os objetos m ovim entados à
sua frente. Caso isso não ocorra, procure um profissional de saúde.
O bserve se seu filho é desatento, não responde quando cham ado de
longe e/ou tem dificuldades na escola. Verifique tam bém se ele costum a
aproxim ar-se da TV ou da página de livros e aperta m uito os olhos para
ler. Caso seja notado algum desses sinais, seu filho pode ter problem as
nos olhos ou ouvidos e deve ser avaliado por um profissional de saúde.
Evite acidentes. Roupas de cam a, m osquiteiros, sacos plásticos,
pequenos objetos e talco podem causar sufocam ento.
M ateriais de lim peza, inseticidas e rem édios devem ser m antidos fora do
alcance da criança.
Tom adas e fios elétricos devem ser cobertos.
Dicas de saúde importantes
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
11
M antenha a criança longe de panelas, de líquidos quentes e do fogão.
N ão deixe a criança sozinha perto de baldes com água, tanques cheios,
banheiras, privadas e piscinas. Ela pode se afogar!
N ão tenha arm as de fogo em casa!
Toda criança deve ser am ada e protegida. As regras precisam ser
colocadas com firm eza e sem agressão.
Violência contra criança é crim e. Caso você suspeite
ou presencie algum tipo de agressão, denuncie ao
Serviço de Saúde, ao Conselho Tutelar ou à
Prom otoria Pública.
M uitas crianças com eçam a fum ar ao verem seus
pais fum ando. N ão fum e perto de seu filho.
Cigarro faz m al m esm o para quem não fum a.
Se você identifica um a situação de urgência,
disque 192 - SAM U . Este núm ero é gratuito,
não exigindo o uso de cartões telefônicos.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
Disque Denúncia Abuso,
Exploração sexual Infanto-Juvenil:
0800-990-500
Dez passos para uma
alimentação saudável
12
Mamei no peito até
PAssO 1
D ar som ente leite
m aterno até os 6
m eses, sem oferecer
água, chás ou qualquer
outro alim ento.
PAssO 2
A partir dos 6 m eses,
oferecer de form a
lenta e gradual outros
alim entos, m antendo o
leite m aterno até os 2
anos de idade ou m ais.
PAssO 3
A partir dos seis m eses,
dar alim entos com ple-
m entares (cereais,
tubérculos, carnes,
legum inosas, frutas e
legum es) três vezes ao
dia se a criança receber
leite m aterno e cinco
vezes ao dia se estiver
desm am ada.
PAssO 4
A alim entação
com plem entar deve ser
oferecida sem rigidez
de horários, respeitando-
se sem pre a vontade
da criança.
PAssO 5
A alim entação com ple-
m entar deve ser espessa
desde o início e ofereci-
da na colher; com eçar
com consistência
pastosa (papas/purês),
e gradativam ente
aum entar sua
consistência até chegar
à alim entação da fam ília.
PAssO 6
O ferecer à criança
diferentes alim entos ao
dia. U m a alim entação
variada é um a
alim entação colorida.
PAssO 7
Estim ular o consum o
diário de frutas, verduras
e legum es nas refeições.
PAssO 8
Evitar açúcar, café, enlata-
dos, frituras, refrigerantes,
balas, salgadinhos e outras
guloseim as nos prim eiros
anos de vida. Usar sal
com m oderação.
PAssO 9
Cuidar da higiene no
preparo e m anuseio dos
alim entos; garantir
seu arm azenam ento e
conservação adequados.
PAssO 10
Estim ular a criança doente
e convalescente a se
alim entar, oferecendo
sua alim entação habitual
e seus alim entos
preferidos, respeitando
sua aceitação.
É muito importante para a saúde do bebê e da mãe
que a amamentação comece logo após o nascimento.
Isso contribui para deixar os laços entre m ãe e bebê m ais
fortes. O bebê gosta m uito quando a m ãe fala e cantarola
para ele e já m ostra sinais de prazer e de desconforto.
1 a 2 meses
O bebê gosta quando é colocado em várias posições e quando lhe m ostram
objetos coloridos. Assusta-se/chora quando ouve sons fortes. N o colo da m ãe, o bebê
sente-se seguro e acalentado. G osta de ver o rosto da m ãe e de olhar em seus olhos.
O bebê tam bém gosta m uito quando os pais brincam e conversam com ele.
Responde ao sorriso. Idade ____
3 a 4 meses
O bebê está bem m ais ativo: olha para quem o observa,
acom panha com o olhar e responde com balbucios quando
alguém brinca com ele. G osta de olhar para as m ãos e
colocá-las na boca. Busca a direção dos sons. M as atenção!
Já não fica quieto e pode cair da cam a, m esa, etc.
Quando colocado de bruços, levanta a cabeça
e ombros. Idade_____
desEnvOlVimenTo
do menino
Desenvolver-se é crescer, aprender e fazer coisas novas, diferentes. Cada
criança tem um jeito próprio de se desenvolver. Conversar e brincar com o
bebê com muito carinho, desde o nascimento, faz com que ele se desenvolva.
Escreva nos espaços abaixo a idade de seu filho em cada fase do desenvolvimento.
13
P 10
P 90
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
1º ANO

P
e
r
í
m
e
t
r
o

c
e
f
á
l
i
c
o

(
c
m
)
Idade em meses
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
gráfico de perímetro cefálico Acompanhamento do
crescimento da criança
D ata Idade Peso (g) Estatura (cm )
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
16
Fonte: N CH S,1977
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 24
P 3
P 10
P 0,1
P 97
P 3
P 10
P 0,1
P 97
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
1º ANO 2º ANO 3º ANO 4º ANO 5º ANO
Peso (kg)
Idade em meses
32
34
36
38
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
Peso (kg)
32
34
36
38
Idade em meses
6º ANO 7º ANO
Peso (kg)
14
gráfico de peso x idade - 0 a 7 anos
Acompanhe
também a
saúde de
seu filho
pelo ganho
de peso
A equipe de saúde anotará a
ocorrência no mês correspondente,
usando as seguintes iniciais:
observe a linha de seu filho:
A Início da introdução
de outros alimentos
D Diarréia
P Pneumonia
H Hospitalização
O Outra doença
Ótimo
Seu filho está com
o peso ideal.
Atenção
Seu filho está um
pouco abaixo do
peso ideal.
Cuidado
Seu filho está
muito abaixo do
peso ideal.
Bom
Perigo
Grande
Perigo
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 24
P 3
P 10
P 0,1
P 97
P 3
P 10
P 0,1
P 97
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
1º ANO 2º ANO 3º ANO 4º ANO 5º ANO
Peso (kg)
Idade em meses
32
34
36
38
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
Peso (kg)
32
34
36
38
Idade em meses
6º ANO 7º ANO
Peso (kg)
14
gráfico de peso x idade - 0 a 7 anos
Acompanhe
a saúde de
seu filho
pelo peso
A equipe de saúde anotará a
ocorrência no mês correspondente,
usando as seguintes iniciais:
Acompanhe também a saúde de seu
filho pelo ganho de peso:
A Início da introdução
de outros alimentos
D Diarréia
P Pneumonia
H Hospitalização
O Outra doença
Ótimo
Seu filho está com
o peso ideal.
Atenção
Seu filho está um
pouco abaixo do
peso ideal.
Cuidado
Seu filho está
muito abaixo do
peso ideal.
Bom
Perigo
Grande
Perigo
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 24
P 3
P 10
P 0,1
P 97
P 3
P 10
P 0,1
P 97
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
1º ANO 2º ANO 3º ANO 4º ANO 5º ANO
Peso (kg)
Idade em meses
32
34
36
38
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
32
34
36
38
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
22
24
26
28
30
Peso (kg)
32
34
36
38
Idade em meses
6º ANO 7º ANO
Peso (kg)
14
gráfico de peso x idade - 0 a 7 anos
Acompanhe
também a
saúde de
seu filho
pelo ganho
de peso
A equipe de saúde anotará a
ocorrência no mês correspondente,
usando as seguintes iniciais:
observe a linha de seu filho:
A Início da introdução
de outros alimentos
D Diarréia
P Pneumonia
H Hospitalização
O Outra doença
Ótimo
Seu filho está com
o peso ideal.
Atenção
Seu filho está um
pouco abaixo do
peso ideal.
Cuidado
Seu filho está
muito abaixo do
peso ideal.
Bom
Perigo
Grande
Perigo
Fonte: N CH S,1977
É muito importante para a saúde do bebê e da mãe
que a amamentação comece logo após o nascimento.
Isso contribui para deixar os laços entre m ãe e bebê m ais
fortes. O bebê gosta m uito quando a m ãe fala e cantarola
para ele e já m ostra sinais de prazer e de desconforto.
1 a 2 meses
O bebê gosta quando é colocado em várias posições e quando lhe m ostram
objetos coloridos. Assusta-se/chora quando ouve sons fortes. N o colo da m ãe, o bebê
sente-se seguro e acalentado. G osta de ver o rosto da m ãe e de olhar em seus olhos.
O bebê tam bém gosta m uito quando os pais brincam e conversam com ele.
Responde ao sorriso. Idade ____
3 a 4 meses
O bebê está bem m ais ativo: olha para quem o observa,
acom panha com o olhar e responde com balbucios quando
alguém brinca com ele. G osta de olhar para as m ãos e
colocá-las na boca. Busca a direção dos sons. M as atenção!
Já não fica quieto e pode cair da cam a, m esa, etc.
Quando colocado de bruços, levanta a cabeça
e ombros. Idade_____
desEnvOlVimenTo
do menino
Desenvolver-se é crescer, aprender e fazer coisas novas, diferentes. Cada
criança tem um jeito próprio de se desenvolver. Conversar e brincar com o
bebê com muito carinho, desde o nascimento, faz com que ele se desenvolva bem.
Escreva nos espaços abaixo a idade de seu filho em cada fase do desenvolvimento.
13
P 10
P 90
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
1º ANO

P
e
r
í
m
e
t
r
o

c
e
f
á
l
i
c
o

(
c
m
)
Idade em meses
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
gráfico de perímetro cefálico Acompanhamento do
crescimento da criança
D ata Idade Peso (g) Estatura (cm )
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
16 15
É muito importante para a saúde do bebê e da mãe
que a amamentação comece logo após o nascimento.
Isso contribui para deixar os laços entre m ãe e bebê m ais
fortes. O bebê gosta m uito quando a m ãe fala e cantarola
para ele e já m ostra sinais de prazer e de desconforto.
1 a 2 meses
O bebê gosta quando é colocado em várias posições e quando lhe m ostram
objetos coloridos. Assusta-se/chora quando ouve sons fortes. N o colo da m ãe, o bebê
sente-se seguro e acalentado. G osta de ver o rosto da m ãe e de olhar em seus olhos.
O bebê tam bém gosta m uito quando os pais brincam e conversam com ele.
Responde ao sorriso. Idade ____
3 a 4 meses
O bebê está bem m ais ativo: olha para quem o observa,
acom panha com o olhar e responde com balbucios quando
alguém brinca com ele. G osta de olhar para as m ãos e
colocá-las na boca. Busca a direção dos sons. M as atenção!
Já não fica quieto e pode cair da cam a, m esa, etc.
Quando colocado de bruços, levanta a cabeça
e ombros. Idade_____
desEnvOlVimenTo
do menino
Desenvolver-se é crescer, aprender e fazer coisas novas, diferentes. Cada
criança tem um jeito próprio de se desenvolver. Conversar e brincar com o
bebê com muito carinho, desde o nascimento, faz com que ele se desenvolva.
Escreva nos espaços abaixo a idade de seu filho em cada fase do desenvolvimento.
13
P 10
P 90
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
32
34
36
38
40
42
44
46
48
50
1º ANO

P
e
r
í
m
e
t
r
o

c
e
f
á
l
i
c
o

(
c
m
)
Idade em meses
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
gráfico de perímetro cefálico Acompanhamento do
crescimento da criança
D ata Idade Peso (g) Estatura (cm )
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
_________ _____________________ ___________________ __________________
16
Fonte: N CH S,1977
17
5 a 6 meses
O bebê já rola, senta com apoio e leva os pés à boca, por isso deve
ser colocado no chão para que possa se m ovim entar sem perigo de
cair. Q uando ouve um a voz, procura com o olhar. Pode aparecer o
prim eiro dentinho. Conversar com o bebê ajuda-o a aprender a falar.
Vira a cabeça procurando a direção de vozes ou outros
sons. Idade ______
7 a 9 meses
M esm o m am ando, o bebê já com e outros alim entos. G osta de
ficar com quem conhece e pode estranhar algum as pessoas.
Já fica sentado sem apoio, pode se arrastar ou engatinhar e
até m esm o tentar ficar em pé. M uito cuidado com acidentes!
Gosta de brincar com objetos que são dados a ele. Idade ______
10 a 12 meses
O bebê gosta de im itar os pais, dar tchau, bater palm as. Pode falar,
do seu jeito, algum as palavras. Aponta para o que quer e pega os
objetos com o polegar e o indicador. Engatinha e gosta de ficar em
pé, segurando-se nos m óveis ou nas pessoas, podendo até andar
com apoio. Já com e com ida da casa, m as precisa com er m ais
vezes que um adulto.
Atende quando chamado pelo próprio nome. Idade_____
18
13 a 18 meses
A criança está cada vez m ais independente: quer com er sozinha
e se reconhece no espelho. Fala algum as palavras e, às vezes,
frases curtas. Anda alguns passos, m as sem pre busca o olhar
dos pais ou fam iliares.
É capaz de andar sem ajuda. Idade______
19 meses a 2 anos
A criança brinca com vários objetos e gosta de brincar perto de
outras crianças. Anda com segurança e dá pequenas corridas,
subindo ou descendo degraus baixos.
Demonstra ter vontade própria, testa limites e fala muito
a palavra “não”. Idade_______
2 a 3 Anos
Está ficando cada vez m ais sabida: dá nom es aos objetos, dizendo que
tudo é seu e dem onstra suas alegrias, tristezas e raivas. É hora de, aos
poucos e com paciência, com eçar a tirar a fralda e ensinar a criança a
usar o penico. G osta de ouvir histórias.
Sabe falar seu nome e fala muito a palavra “meu”. Idade ______
3 A 4 anOs
Ajuda a vestir-se e a calçar os sapatos. G osta de brincar com
outras crianças e tem interesse em aprender sobre tudo o que
está em volta, cham ando a atenção dos adultos. Brinca im itando
seus pais e as situações do dia-a-dia.
Brinca de faz-de-conta. Idade ______
19
4 a 6 anos
A criança corre e pula alternando os pés e participando
de jogos. Tom a banho e veste-se sozinha, escolhendo
suas roupas. Escolhe seus am igos e tam bém diz
o que quer com er. G osta de ouvir e contar histórias,
aprender canções, desenhar, olhar livros e revistas.
Em torno dos 6 anos, cai o prim eiro dente de leite.
Usa lápis e outros objetos para desenhar no papel ou no chão. Idade ______
8 A 10 anos
A criança tem interesse por grupos de am igos e por situações
independentes da fam ília. G osta de participar de atividades na
escola e fora dela. Podem aparecer as prim eiras transform ações
no corpo, indicando que o m enino está entrando na puberdade:
m udanças no tam anho e na form a dos genitais, crescim ento de
pêlos e m udanças na voz.
Surgem os primeiros sinais da puberdade. Idade ______
Após os 10 anos de idade, o profissional de saúde deverá acompanhar o
crescimento e desenvolvimento de seu filho com a Caderneta do Adolescente.
6 a 8 AnOs
A criança apresenta m aior agilidade nas brincadeiras e jogos. Surgem os
prim eiros dentes perm anentes. Fala bem o que quer e sente. Ela está
freqüentando a escola, que é o lugar onde, além de aprender,
form a seu grupo de am igos e com eles estuda, brinca e joga.
Está m uito orgulhosa por com eçar a ler e a escrever e gosta de
m ostrar o que aprendeu, m as sofre quando encontra dificuldades.
N essa hora, precisa de ajuda dos pais e professores.
Começa a ler e a escrever. Idade ______
Evite que seu filho tenha anem ia. Todas
as crianças de 6 a 18 m eses devem
tom ar o suplem ento de ferro, que pode
ser encontrado nas unidades de saúde.
A anem ia provoca cansaço, fraqueza e
falta de apetite. As crianças ficam sem
ânim o para brincar.
20
F
E
R
R
O

(
6

a

1
8

m
e
s
e
s
)
sUPLEMEnTAÇÃO PROFILÁTICA
DE FERRO E VITAMInA A
21
As crianças de 6 m eses a 4 anos e 11 m eses,
residentes em área de risco para a deficiência*,
devem ser suplem entadas com vitam ina A.
Essa vitam ina m elhora a saúde de diversas
m aneiras: protege a visão, dim inui o risco de
diarréias e infecções respiratórias e ajuda no
desenvolvim ento e crescim ento da criança.
* São consideradas áreas endêm icas: N ordeste, M G (região norte, Vale do
Jequitinhonha e M ucurici), SP (Vale do Ribeira).
Informe-se no posto de saúde sobre os alimentos que ajudam a prevenir a
DEFICIÊNCIA DE VITAMINA A e a ANEMIA.
V
I
T
A
M
I
N
A
A
(
6

a

5
9

m
e
s
e
s
)
22
calendário BÁsICO de
VacInaçÃO da criança
VACI NAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
BCG -ID dose única Form as graves de tuberculose
Vacina contra 1ª dose H epatite B
hepatite B (1)
Vacina contra 2ª dose H epatite B
hepatite B
VO P (vacina 1ª dose Poliom ielite ou paralisia infantil
contra pólio)
Vacina tetravalente 1ª dose D ifteria, tétano, coqueluche,
(D TP + H ib) (2) m eningite e outras infecções
causadas pelo Haemophilus
influenza tipo B
VO P (vacina oral 2ª dose Poliom ielite ou paralisia infantil
contra pólio)
Vacina tetravalente 2ª dose D ifteria, tétano, coqueluche,
(D TP + H ib) m eningite e outras infecções
causadas pelo Haemophilus
influenza tipo B
VO P (vacina oral 3ª dose Poliom ielite ou paralisia infantil
contra pólio)
Vacina tetravalente 3ª dose D ifteria, tétano, coqueluche,
(D TP + H ib) m eningite e outras infecções
causadas pelo Haemophilus
influenza tipo B
Vacina contra 3ª dose H epatite B
hepatite B
I DADE
ao nascer
1 m ês
2 m eses
4 m eses
6 m eses
23
VACI NAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
Vacina contra dose única Febre am arela
febre am arela (3)
SRC (tríplice viral) dose única Saram po, rubéola e caxum ba
VO P (vacina reforço Poliom ielite ou paralisia infantil
contra pólio)
D TP (tríplice 1º reforço D ifteria, tétano e coqueluche
bacteriana)
D TP (tríplice 2º reforço D ifteria, tétano e coqueluche
bacteriana)
SRC (tríplice viral) reforço Saram po, rubéola e caxum ba
BCG -ID reforço Form as graves de tuberculose
Vacina contra reforço Febre am arela
febre am arela
I DADE
9 m eses
12 m eses
15 m eses
4-6 anos
6-10 anos
10 anos
(1) A prim eira dose da vacina contra a hepatite B deve ser adm inistrada na m aternidade, nas prim eiras 12
horas de vida do recém -nascido. O esquem a básico se constitui de 3 (três) doses, com intervalos de 30
dias da prim eira para a segunda dose e 180 dias da prim eira para a terceira dose.
(2) O esquem a de vacinação atual é feito aos 2, 4 e 6 m eses de idade com a vacina tetravalente e dois
reforços com a tríplice bacteriana (D TP). O prim eiro reforço aos 15 m eses e o segundo entre 4 e 6 anos.
(3) A vacina contra febre am arela está indicada para crianças a partir dos 9 m eses de idade que residem ou
que viajarão para área endêm ica (Estados: AC, AP, AM , D F, G O , M A, M T, M S, PA, RO , RR e TO ), área de
transição (alguns m unicípios dos Estados: BA, M G , PR, PI, RS, SC e SP) e área de risco potencial (alguns
m unicípios dos Estados BA, ES e M G ). Se viajar para áreas de risco, vacinar contra febre am arela 10 (dez)
dias antes da viagem .
D
o
s
e
s
/
V
a
c
i
n
a
s
1
ª

D
o
s
e
2
ª

D
o
s
e
3
ª

D
o
s
e
1
º

R
e
f
o
r
ç
o
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
2
º

R
e
f
o
r
ç
o
B
C
G
H
e
p
a
t
i
t
e

B
S
i
t
u
a
ç
õ
e
s

E
s
p
e
c
i
a
i
s
D
T
P
1
0
-
1
0

A
n
o
s
C
a
m
p
.

S
e
g
u
i
m
e
n
t
o
A
n
t
i
-
p
o
l
i
o
.
T
e
t
r
a
v
a
l
e
n
t
e
D
T
P

+

H
i
b
F
e
b
r
e

A
m
a
r
e
l
a
T
r
í
p
l
i
c
e

V
i
r
a
l
V
A
C
I
n
a
s
2
4
D
o
s
e
s
/
V
a
c
i
n
a
s
D
o
s
e
_
_
_
_
_
_
D
o
s
e
_
_
_
_
_
_
D
o
s
e
_
_
_
_
_
_
D
o
s
e
_
_
_
_
_
_
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
a
t
a
:
_
_
/
_
_
/
_
_
L
o
t
e
:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
V
a
l
i
d
:
_
_
/
_
_
/
_
_
A
s
s
i
n
.
D
o
s
e
_
_
_
_
_
_
O
u
t
r
a
s

V
a
c
i
n
a
s
C
a
m
p
a
n
h
a
C
a
m
p
a
n
h
a
V
A
C
I
n
a
s
2
5
ser registrada gratuitamente.
ser amamentada.
Receber gratuitamente as vacinas indicadas no Calendário
Básico de Vacinação.
Ter acesso a alimentação adequada e ser acompanhada em
seu crescimento e desenvolvimento.
Contar com serviços de saúde e ter acesso a escola pública
e gratuita perto do lugar onde mora.
Viver em lugar limpo, ensolarado e arejado.
Ter oportunidade de brincar e aprender.
Viver em ambiente afetuoso e sem violência.
ser acompanhada pelos pais nos serviços de saúde.
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
A família, a comunidade e o governo, juntos,
devem garantir esses direitos.
são direitos Da criAnça:
26
Minist ério
da Saúde
A Caderneta da Criança é
um documento importante.
Leve-a sempre que procurar
um serviço de saúde.

A Caderneta da Criança

Esta caderneta é um documento importante para acompanhar a saúde, o crescimento e o desenvolvimento de seu filho. Ela irá auxiliar a família e os profissionais de saúde nos cuidados com a criança e contém informações sobre: • A saúde de seu bebê no momento do nascimento. • O crescimento e o desenvolvimento de seu filho na infância. • As vacinas indicadas no Calendário Básico de Vacinação. Elas protegem as crianças de muitas doenças.

> Leve sempre a criança com a sua Caderneta ao serviço de saúde e em todas as campanhas de vacinação. > É importante que, em cada consulta, o profissional de saúde anote e mostre aos pais ou responsáveis todos os dados da criança. > solicite ao profissional de saúde que preencha A caderneta. Esse é um direito do seu filho. > Converse com o profissional de saúde, tire suas dúvidas e peça orientações para que seu filho cresça e se desenvolva bem.

2

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->