Você está na página 1de 2

Goiandira-GO, 27 de junho de 2013 Campanha: O Vaso nas Mos do Oleiro. Texto: Jr 18.

1-6
Introduo 1 Aspectos gerais 2 Fabricao do vaso 2.1 Escolha do Material

Processo de fabricao

3 O perigo de vasos defeituosos e que se julgam prontos 19.1-3; 10,11

V 11 (no pode mais ser refeito) e V 15 (enduceceram p/no mais ouvir

I O vaso precisa reconhecer a grandiosidade do Oleiro 1 O Deus criador (Is 64.1-3) 2O Deus dos justos (64.4) 3 O Deus que trabalha para o que nele espera (64.5a) II O vaso precisa reconhecer a sua situao A situao do homem diante de Deus
Pecador Com justia intil No busca a Deus (64.5b-7)

III O vaso precisa se entregar nas mos de Deus para ser moldado novamente. Isaas 64:8 Mas agora, SENHOR, tu s nosso Pai; ns o barro e tu o nosso oleiro; e todos ns a obra das tuas mos. Voc que ainda est incompleto, que reconhece que pecador, faa assim como: 1 Isaias que diz: (Is 6.5) 2 Ou diga o mesmo que Paulo (Rm 7.24) 3 Deus trabalha em ns antes de trabalhar atravs de ns

IV O vaso precisa ser usado como vaso de honra nas mos do Senhor. O apstolo Paulo fala de dois tipos de vaso feitos pelo Oleiro em Rm 9.21: O vasa para desonra e o vaso para honra. Veja trs exemplos de vaso para desonra:
1 Vasos de desonra

1
Hipocrisia

Pv 26.23;

2
Desgosto

(Jo 19.29; Hb 6.6)

3
Condenao

(Jr 19.11; Is 30.14)

2 Vasos de honra

1 Sm 10.1;

Lc 7.37

II Co 4.7

Jo 2

Ex 16.33