Você está na página 1de 359
JOHAN van LENGEN MANUAL DO ARQUITETO DESCALCO IBNeece BNarquiteTo CONTEUDO ANNOUNCE ENEREV AGHA sonescisio sooo CoMDUSAROMAIWAL recent a 2 sate Sein cna = SSS Sune — mann eS oon Soe moe 2 = 299 8 516 5. Ev GoBRAS propararactra Spica os mateias naoroes pares pais sas Seva ENERGIA Caorsolat fogoes AGUA ‘Tenspore co gue S888 § SSeReER8 age £ 570 puteacso rama0 9 SANEAMENTO bedgestores stenagorn TOMAPAS ETABELAS race metas Clenas@ zona Bnguos GLossAnio BIBLOGRAFIA inovce aLrasenco 2 g g SBRBE REERE 2 APRESENTACAt © arquteto Jonan van Lengen ¢ muito mats do que um aque, Elesum constttor de comunsades, Desdeatundagso 0 TIBA, Inettuto de Tecnologia Intuva ¢ Bio-Arquittur, van Lengenom-sadactacado no Brastcomoumaveraserrespeiada quando se decute a integragao do ser humano em hanonia emo ambiente em que vve © iferencial de van Lengen esté na forma como ele agreserta su28 Id0ias, Com Um disoutso postive e creo, ele euloza © honem no conto da dsputa, chamanco para és ‘mesmos a responsabildade pala construggo do futuro Ea essa responsaniicace nao podemos fugt. por mals que muitos tennam as anos volados apenas para o progresto acolerado, sam dar importancia as devastagGes deixadas palo camino. Se apragresso come um tedo, na cidade ounocary io comespende s aspragées humanas global, ndo sera o c2codorod.ai ota? umaquastio para eflexao. Otrabalho GevanLengené um magnifeoestmulanteparaestaralexiotéo importante Outro aspecto interessante no método de van Lengen & acleraopeiopela simpicidade. Esta é uma de suas qualidades, aqualais agro eda qual também sou fervoraso adepto. Em ‘eda menha vida, peseoa e protons, compre proguei que & precisa aceitr @ eimpboigade, Fazar da simplicidade a base para tatu, infetzmente, esta atitude 4s vezes encontra areas porque ha mutas pessoas que prelerem Buscar os caminhos mais does. Ou porque isso Ihestraz beneticios materials, ou porque 12m « iusdo de que & mais gamouroso fazer coisas andosas, eras, mponenies Nada 6 tio complexo quanto querem os verdadores de complexidade. € 0 mundo esta cholo de vendedores. de ‘arplonaade, & eles nao sabem que € ctiando @ parr 3° ‘lomantos simples, facets de ser implantagos, que teremos © ‘cago de um sistema mas avangado no futuro tm Manual do Aruitato Descalpo, Johan van Lengen nos leva uma deliiosa viagem pela simplidade. E um hvro ‘que agrada a um grande corjunto de letores, deeds pessoas Comuns, que estejam ou nso constuindo, @ arqutetos & estudantesdearquitetura,passandoportécricos eespecialisias fem habitasso, Var Lengen nos remete 8 esséncia da constugso, om lum sempre valdolembrete a importancia de cada um de seus itens mais basicos. O esertoraborda tudo, desde o desenho, aos materiais, potas janolas gua, cima, calor, eatédologio, Mas o grande valor deste vroasta no modo comooautor fala. Com uma linguagem simples, rapida © essencial, van LLengen esta, na realidade, preparando pessoas. Dossa forma, um livfo aparentamente técrico serve come um secutor, contagiands o leo a aprecar cada aspecto da construeao, 2 valorizar cada passe no andamento do proeto, da busea do ‘espago, dos materais ¢ da obra ems. Prosbe-s0 que 0 roa interesse do autor é delxar claro para seus leitores que uma consitugdo 56 seré harmdnica quando realizada de forma responsavele apaixonada, ‘Van Lengen no usa esta tras, até porque nso objetiva 8 sedugo pela poesia acl, mas seu vo az uma mensagem muito forte, que ¢ a d0 quo ao se conetuir uma casa est se ‘constuindo um ar. E 6.0 conjunto de ares harménions qu far uma comunisade harménic. Jaime Lemer, arqltero ‘Cunt, overero004