Você está na página 1de 1

O primado do falo e a jovem homossexual 20/06/2013 Eloy San Carlo Ao discutir a homossexualidade feminina, Lacan volta o seu olhar

para a considerao de como se d o desenrolar da feminilidade. Nesse aspecto ele destaca dois textos freudianos que expem como se d a relao entre a mulher e o falo. O primeiro o artigo de 1923, intitulado A organizao genital infantil e expe que a fase flica incide tanto no menino, quanto na menina, sendo que o ponto de diferenciao justamente a posse ou no do falo. Segundo Lacan No existe, portanto, realizao do macho e da fmea, existe aquele que provido do atributo flico e aquele que desprovido, e ser desprovido dele considerado equivalente a ser castrado (LACAN, 2004, p.96) Em um texto escrito oito anos depois, Freud retoma a questo sobre a sexualidade feminina e prope que a menina, no contexto do complexo de dipo, passa a desejar um filho do pai, como sendo um substituto do falo faltoso. Evidentemente que esse filho no vai, normalmente, ser obtido e lana o sujeito para um terreno no qual ele experiencia as trs formas de falta de objeto: frustrao, privao e castrao. Conforme foi dito anteriormente, ser desprovido do atributo flico equivalente a ser castrado, mas o que isso significa? Para Lacan, a castrao nada mais que aquilo que instaura na sua ordem verdadeira a necessidade da frustrao, o que a transcende e a instaura numa lei que lhe d outro valor (p.100). O que se observa aqui uma transformao diante da falta de objeto, que passa a poder ser articulada em um plano simblico. Mas tambm a prpria frustrao decorre de uma modificao da privao. O que o autor nos esclarece que a frustrao a privao de algo por algum que poderia dar o objeto. Nota-se que nesse caso o central no nem tanto o objeto que poderia ser fornecido, mas sim o amor daquele que decide ou no fornecer. No sem razo que Lacan denomina essa possibilidade de DOM. Diante desse quadro algumas questes surgem para tentar mapear as instncias da falta de objeto no plano feminino. O falo que falta a mulher remete para o plano da castrao, enquanto o filho que ela deseja do pai, mas no obtm, aparentemente, se liga dimenso do dom, portanto da frustrao