Você está na página 1de 4

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO LAUDO DE VISTORIA E DAR CUMPRIMENTO A RESOLUÇÃO 229 DO CONFEA POR UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO 44 NA ART.

1- Ao fazer o selo do projeto colocar “Projeto para regularização de _________________ (Rx) Conforme Lei Complementar nº 445 de 21 de setembro de 2011. 2 – Colocar Autor do Projeto e Responsável pela Regularização – não colocar Direção Técnica e Responsável pela Execução. 3 – Preencher a ART com o código 44 quando se tratar de regularização ou código 29 quando se tratar de “Certidão de Construção”. Quando houver construção e/ou demolição colocar os códigos correspondentes. 4 - Preencher o Laudo de Vistoria conforme instruções e exemplos no corpo do mesmo. 5 - Relatar precisamente as condições de cada cômodo, observando principalmente as condições de estrutura, se não apresentam trincas e/ou fissuras; as paredes quanto a mofo e infiltrações; lajes quanto a infiltrações, impermeabilização; existência ou não de telhado. 6 – Condições do entorno quanto à existência de calçadas, beiral e marquises. Declividades do terreno, implantação do imóvel no terreno; destinação do esgoto. 7 – Anexar ao laudo fotos do imóvel conforme abaixo: 1 – Unifamilar

a) Foto da fachada b) Pelo menos uma foto de cada cômodo – mostrar as áreas úmidas (revestimento de azulejo e/ou barra impermeabilizada, pisos).
2 – Comercial/Serviço/ Industrial/Misto

a) O constante em 1 (a e b)

b) Foto do Estacionamento em que mostre as vagas; c) Fotos acessibilidade – Rampas (Internas e externas), elevadores; banheiros adaptados.
3 – Multifamiliar

a) Foto das fachadas.

b) Fotos das áreas comuns – uma pelo menos de cada ambiente inclusive os externos. c) As constantes em 2 (b e c). d) Foto de cada um dos cômodos do “Tipo”.
ISTO É VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL! SUA PALAVRA AGORA TEM VALOR! O LAUDO AGILIZA E DISPENSA A VISITA DO FISCAL, O “HABITE-SE” É MAIS RÁPIDO

1ª via – Prefeitura

2ª via – Proprietário

3ª via - Profissional

1

Bairro. Cimentado Embutidas 10.09m² 29. Laje. 6. Lote e Quadra. nº. 2. Piso Externo 12. 5. Ref. 9. N° Pavimentos N° Banheiros N° Dormitórios Área Construída Área regularizada Área a regularizar Abrigo Desmontável Estrutura Forro 01 (hum) 01 (hum) 01 (hum) 46. Não há acabamento interno na laje. São José dos Campos . Instalações 1ª via – Prefeitura 2ª via – Proprietário 3ª via . 8.SP Proprietário: José da Silva Data: 29/09/2011 Uso do Imóvel: Residencial Unifamiliar Residencial Multifamiliar Comercial Industrial Institucional Misto Estado de conservação do Imóvel: Novo Excelente (colocar um X no uso e estado correspondente) Bom Regular Mau Idade aproximada do imóvel: __ Anos __ Meses Características do Imóvel: 1. 4.: Regularização ART nº: 4440000000 Caderneta de Obras nº 99999R Endereço do imóvel: R. sem telhado com beiral de aproximadamente 50cm.INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO LAUDO DE VISTORIA E DAR CUMPRIMENTO A RESOLUÇÃO 229 DO CONFEA POR UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO 44 NA ART. abc. Cobertura 11. 7.09m² 8. 3.064m² Alvenaria Sem forro.Profissional 2 .00m² 17.

construção abaixo nível da rua. existência de aparelhos e metais. estado de conservação e pintura e segurança.RELAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA CONSTRUÇÃO QUANTO A: IMPLANTAÇÃO: etc. ALVENARIA: (relatar Tipo. habitabilidade e higiene. beirais e marquises. etc) REVESTIMENTOS: áreas úmidas) (relatar quanto o revestimento de paredes. atende as condições abaixo: I – não está localizado em área de risco. quando for o caso. etc. COBERTURA: (relatar as condições da cobertura. sua estabilidade e segurança da construção. telhado. que o imóvel descrito conforme laudo acima e fotos anexadas. manchas de umidade nas paredes e piso. destinação do esgoto com caixas e destinação final assim como as garantias de higienização). material utilizado. 1ª via – Prefeitura 2ª via – Proprietário 3ª via . janelas e vitrôs. IV – está localizado em loteamento regular e liberado para construção e V – está em condições para expedição do habite-se de que trata a lei complementar nº 445 de 21 de setembro de 2011. tomadas interruptores e segurança) INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS E ESGOTO: (relatar quanto às condições das instalações. recuos.) ESQUADRIAS: (Material das portas. se apresenta fissuras. ESTRUTURA: etc) (relatar o tipo de estrutura. etc observando e relatando principalmente se a mesma não oferece risco em caso de chuvas constantes) Declaramos sob pena da lei. ( in)existência de patologias. existência de quadro de distribuição. III – apresenta condições de segurança.Profissional 3 . Declaramos também estar cientes de que o presente laudo não isenta os intervenientes nos trabalhos sem a participação do responsável técnico das cominações legais impostas pela legislação vigente. com existência de laje impermeabilizada ou não.) (descrever quanto às dimensões do terreno. II – não esta localizada em áreas de proteção ambiental. pisos e forros externos e internos de cômodos e VENTILAÇÃO E INSOLAÇÃO: de salubridade) (relatar quanto à qualidade da ventilação e insolação nos cômodos para garantia INSTALAÇÕES ELÉTRICAS: (relatar quanto às condições das instalações elétricas. aclive/declive. várzeas ou áreas de preservação permanente.

1ª via – Prefeitura 2ª via – Proprietário 3ª via . Quando se tratar de regularização com demolição e/ou construção também constar na ART os códigos correspondentes.Profissional 4 .___________________________________________ Profissional Responsável: CREA: ____________________________________________ Proprietário: RG: O presente laudo acompanha: o Termo de Conclusão de Obras da Caderneta de Obras e a ART com o código 44 ou ART com o código 29 quando referir-se a “Certidão de Construção”.