Você está na página 1de 24

A Bíblia

Fonte da Liturgia da Palavra


Bíblia
(73 livros)

Antigo Testamento Novo Testamento


(46 livros) (27 livros)
O que é a Bíblia?

• A Bíblia quer dizer: livro por


excelência.
• A Bíblia é uma Biblioteca: não é um
livro, mas o conjunto de livros muito
diferentes uns dos outros.
• Na Bíblia encontramos:
poesias, orações, lamentações,
provérbios, relatos históricos,
cartas…
• A Bíblia não é um relato histórico de um povo,
mas a história religiosa de um povo com o qual
Deus realizou uma Aliança, um pacto.
• O Povo de Deus é o povo eleito, povo escolhido, o
povo de Israel… Hoje somos nós, a Igreja
• Por isso, a sua formação foi lenta e muito
complicada.
• Encontramos vários autores e alguns livros
duraram séculos.
• No entanto, os seus escritos são inspirados por
Deus
• Só no século IV é que o Antigo e Novo
Testamento ficam completos.
• Com o Concílio de Trento (1546) Cânone da
Escrituras
O Antigo Testamento
Uma mistura de tradições antigas
com relatos contemporâneos.
Na sua origem encontramos três
etapas:
• Tradições orais
• Fragmentos escritos
• Redacção final
• Na sua composição estiveram:
os autores, os discípulos e as
escolas.
O AT está dividido I
em quatro grandes Pentateuco
grupos:

IV II
Livros AT Livros
Proféticos Históricos

III
Livros
Sapienciais
Génesis
Êxodo
Levítico
Números
(LEI) Deuteronóm
io

A palavra Pentateuco vem de duas palavras


gregas:
Penta – significa cinco
Teuchós – local onde se guardava os livros
Pentateuco – o livro em cinco rolos ou
No Pentateuco encontramos:
• O ponto de partida para o AT: a
criação, a saída do Egipto, a
revelação do nome de Deus e a
Aliança;
• Uma catequese: Deus é criador,
amigo,
fiel;
• Deus quer o bem estar do homem;
• O povo escolhido;
• Normas para o nosso
Josué
Juízes
Rute
1º e 2º Samuel
1º e 2º Reis
1º e 2º Crónicas

(16 livros) Esdras


Neemias
• Têm um conteúdo Tobite
essencialmente histórico Judite
descrevendo a história de
Ester
Israel desde a conquista de
Canaã até ao exílio da 1º e 2º
Macabeus
Babilónia.
(16 livros)

• Profeta é aquele que fala em nome


de Deus, abertamente e com
projecção sobre o futuro.
• O Profeta é o homem da palavra. A
palavra é a ferramenta do seu ofício.
• O Profeta é o transmissor fiel da
palavra de Deus.
Isaías
Jeremias
Os quatro Ezequiel
grandes profetas Daniel

• Miqueias • Naum
• Oseias • Habacuc
Os dozes • Joel • Sofonias
• Amós • Ageu
Profetas menores • Abdias • Zacarias
• Jonas •
Malaquias

Baruc
Outros Lamentaçõ
: es
• A Sabedoria é a arte de se movimentar em
todos os aspectos da vida: familiar,
económicos, políticos e religiosos com
sucesso.
• Aparece sob a forma de provérbios,
normas, conselhos…
• Ela é a reflexão da experiência dos
fracassos e dos sucessos do povo e do
sábio.
Job
Salmos
Provérbios
Eclesiastes
Cântico dos
(7)
Cânticos
Sabedoria
Ben Sirá
O Novo Testamento
• O NT é composto por 27 livros
• São os livros mais importantes da
humanidade
• O NT é a nova aliança feita por Deus ao
seu povo.
• Estes livros dão testemunho de Jesus: o
que Ele foi, o que Ele é, o que fez, o que
faz, o que fará e o que espera de nós.
• Jesus é o ungido de Deus, o Senhor, o
Salvador e o esperado pelo povos…
Sinópticos -
Mateus
Seguem um
Marcos esquema muito
parecido, com os
Lucas
mesmos milagres
João e discursos.

• Evangelho quer dizer Boa Notícia, Boa Nova.


• O Tema principal é Jesus com os seus
milagres e pregação.
• Os Evangelhos são um testemunho de fé. Os
autores queriam transmitir uma experiência
que tinha mudado a suas vidas.
• O seu autor é S. Lucas
• É uma história religiosa que mostra
como o Evangelho pela terra.
• Pedro e Paulo são as principais
figuras.
• São dirigidas a destinatários
concretos e conhecidos que podem
ser comunidades ou individuais.
• As Cartas Católicas são dirigidas a
todos os cristãos e não a esta ou
àquela comunidade.
Romanos
1ª e 2ª Coríntios
Gálatas
Efésios Comunidades
Filipenses
S. Paulo Colossenses
1ª e 2ª Tessalonicenses
(13)

1ª e 2ª Timóteo
Cartas Tito pessoais
Filémon
(21)

Carta aos Hebreus


Tiago
Pedro (2)
Cartas Católicas João (3)
(7) Judas
O seu autor é S. João.
Género de profecias carregado de
elementos como: visões, projecções
do futuro… usa uma linguagem
simbólica.
Os destinatários são as comunidades
perseguidas pelos imperadores
romanos
A Palavra de Deus na
Eucaristia

O Ano Litúrgico
Ano A – S.
Mateus
Ano B – S. Marcos
Ano C – S. Lucas
As Leituras

Primeira Leitura – É sempre do Antigo Testamento


excepto no Tempo Pascal.
Segunda Leitura – Retirada do Novo Testamento
Terceira Leitura – É um dos texto dos Evangelhos que
relatam a vida e os ensinamentos de Jesus.

A primeira leitura e o Evangelho formam uma unidade


temática, e focam uma ideia dominante.

O Salmo Responsorial é como que um eco, a ressonância


em clima de oração, à primeira leitura. Tanto quanto
possível deve ser cantado.

A Aclamação ao Evangelho inclui o alegre canto do


“Aleluia” que introduz a Palavra de Vida que vai ser
escutada.
Os Tempos Litúrgicos
Tempo de Advento:
• A mesma dinâmica do anos litúrgicos
• Os Evangelhos preparam o nascimento de Jesus
• A primeira leitura são profecias à cerca de Jesus
tiradas do Livro de Isaías.
Tempo de Natal
• As leituras estão de acordo com os acontecimentos
que estamos a celebrar: Nascimento; Sagrada Família,
Epifania, Baptismo…
Tempo da Quaresma
• No Ano A os evangelhos referem-se à preparação da
iniciação cristã: Samaritana, Cego, Lázaro…
• No Ano B de S. João sobre a glorificação de Jesus
• No Ano C de S. Lucas sobre a conversão.
Os Tempos Litúrgicos

Tempo Pascal:
• O Evangelho relata as aparições de Jesus
Ressuscitado,
• A primeira leitura é tirada sempre dos Actos
dos Apóstolos,
• A segunda leitura dos Apóstolos: S. Pedro, S.
Paulo e Apocalipse conforme os anos
litúrgicos.
Como cristão ouve e reza
a Palavra de Deus.

Você também pode gostar