Você está na página 1de 1

Assim mesmo, iniciada com maiscula. Quem teve uma assim, sabe que ela merece.

Quando negociamos, at podemos ter a intuio, talvez um vislumbre do que temos ali, diante de ns. Depois comea a convivncia, dentro das limitaes de cada um e comeam as descobertas. Passo a passo a relao cresce, e vc vai percebendo a jia que possui. A bela sub passa a ser moldada e vai te dando respostas, algumas at alm do que vc espera. Vc acompanha os momentos de medo, dvida. Percebe quando est excitada, ansiosa. Divide os momentos onde o Dom d lugar ao amigo. A sub vai crescendo diante dos nossos olhos, e vc com todo apuro e zelo vai cuidando de cada fase. Algumas vezes algo d errado, a vida baunilha ou algo mal resolvido ou entendido, muitas vezes a sub se esvai entre seus dedos, mas a reconquista to ou mais saborosa quanto a conquista. A relao se fortalece e a primeira sesso urge, pede pra acontecer. Tudo parte do pressuposto que a sub est pronta, algo que no se apressa. Mas nada elimina a tenso, a noite mal dormida, o frio no estmago. So tensas as horas que anteriores a uma sesso, por mais que vc a tenha preparado, ela deve passar por isto. Chega o dia, a sub tensa e ansiosa diante de vc, se espera a hora certa de comear. Um carinho, um afago: Vc est pronta? A sesso comea e parece infinita de possibilidades, a sub desabrocha na sua plenitude. um magnfico espetculo, uma dana onde vc s personagem condutor, q uando tudo que vc preparou se revela ali, de tal maneira que te choca, surpreende, encanta. No instante em que possvel respirar, vc se d conta da Sub que que te serve ali, a Sub que te PERTENCE, o melhor momento do Dono. Quem teve uma Sub assim, sabe o que estou dizendo, sabe do orgulho que d possuir o diamante to bem lapidado, que numa frao impossvel de se medir, te obedece, se entrega, como se nada mais existisse. No h nada mais belo no universo BDSM do que uma Submissa de verdade, se vc uma, parabns, se possui uma, meus cumprimentos. Algumas vezes esta sub vira memria, mas a histria que ela construiu jamais se perde, a sub continua viva, baunilha, mas viva.