Você está na página 1de 1

27/04/13

Imprimir: Medir os Chakras ou centros energticos

Copy right - Todos os direitos reserv ados. Proibida a reproduo dos textos aqui contidos sem a prv ia autorizao dos autores.

WWW.SOMOST ODOSUM.COM

Medir os Chakras ou centros energticos


Por: Sergio Scabia - sergio@vidanova.com Barbara Ann Brennan, no livro Mos de Luz - Ed. Pensamento, mostra uma tcnica que permite captar a energia vital, seu fluxo (fraco ou forte) e como est circulando (regular ou irregularmente), atravs de um pndulo (que se torna amplificador) de energia. Com o paciente deitado de costas poder ser feita a medio dos Chakras frontais. Usando pndulo adequado, e com a mente preparada para esta tarefa, livre de qualquer idia preconcebida sobre o nvel energtico do chacra, aproxima-se o pndulo para o campo do paciente na sua localizao aproximada sobre o corpo fsico (vide imagem). Os dois campos, do paciente e do pndulo, interagem e se inicia o movimento do pndulo. Vrios tipos de trajetrias podero ser descritas variando entre as elpticas, horizontais, verticais e os sentidos de rotao: no sentido dos ponteiros do relgio ou contrario. Um chakra que mostre o pndulo girando em sentido horrio indica equilbrio na vida da pessoa quanto aos rgos governados pelo chakra em questo e suas correspondncias emocionais. Movimentos contrrios indicaro uma correspondente rea de problemas. Pela observao cuidadosa dos vrios tipos de movimentos do pndulo sobre os sete chakras principais e com a pratica sero desenvolvidas qualidades de diagnostico cada vez mais precisas que permitiro ao paciente perceber quais emoes, sentimentos e bloqueios devero ser trabalhados energeticamente e conscientemente. O registro em formulrio apropriado dos resultados e sua realimentao detalhada no retorno do paciente proporcionaro um eficiente e precioso estudo de casos na verdadeira preveno das doenas no nvel fsico.

Sergio Scabia co-fundador do Site Somos Todos UM

Email: sergio@somostodosum.com.br
Copy right - Todos os direitos reserv ados. Proibida a reproduo dos textos aqui contidos sem a prv ia autorizao dos autores.

WWW.SOMOST ODOSUM.COM

somostodosum.ig.com.br/conteudo/conte_imprime.asp?id=00065

1/1