Você está na página 1de 2

Colgio Cidade Jardim Cumbica

Guarulhos, 28 de abril de 2011.


Nome: Maynara Furlan Nmero: 15 Srie: 3 E.M B Professora: Solange

Atividades Pg. 417


1.) Escolha uma das propostas a seguir e realize-a: Proposta A: Com base no texto 1, descreva como voc usufrui o seu Natal. Em seguida, explique o significado dessa data, em sua vida, unindo, num mesmo texto, um pargrafo descritivo e um pargrafo dissertativo. Proposta B: Produza um pargrafo dissertativo dando o seu ponto de vista sobre o texto 2 e utilize dois exemplos que justifiquem a sua opinio.

- Proposta escolhida: B A realidade que cegos facultativos no enxergam O desenvolvimento do ser humano no campo da cincia e da tecnologia surpreendente, o avano nessas reas chega a causar espanto at mesmo nos mais acostumados com esse novo mundo que vem surgindo. Diante desse leque de possibilidades era de se esperar que as condies de vida da populao melhorassem, mas, infelizmente, no isso que vem acontecendo. A populao mais pobre, que j sofria com a misria e a fome, em vez de sair de seu estado deplorvel aproveitando o desenvolvimento da medicina, da cincia e da tecnologia, fica cada vez mais estagnada na sua condio subhumana. Isso ocorre devido ao fato de que, por no conseguir acompanhar o desenvolvimento e ningum estar realmente disposto a iniciar um bom projeto de incluso, essa parcela da populao acaba ficando em uma situao cada vez pior e mais difcil de reverter. Outro ponto importante a cegueira muitos escolhem por livre e espontnea vontade. Est na cara de todos a desigualdade social, a misria, as injustias cometidas contra os menos favorecidos e o sofrimento que assola uma parte considervel da populao, porm muitos preferem simplesmente fechar os olhos e fingir que o mundo perfeito do jeito que est, que no depende dele

qualquer mudana (isso papel para o governo ou para outros mais revolucionrios). J descobriram como clonar seres vivos, como observar os lugares mais longnquos do espao e como destruir uma cidade inteira apenas com a coliso de ncleos atmicos, mas essa mesma sociedade desenvolvida ainda tem casos de mes que se acham no direito de jogar seus filhos no lixo como se fossem objetos descartveis ou de homens que tomam posse de uma arma e provocam uma chacina aterrorizante. A lio mais importante ainda no foi aprendida. Ainda no se aprendeu, ou evita-se aprender, a valorizar a VIDA.