P. 1
Analise de Dados Discretos

Analise de Dados Discretos

|Views: 3.083|Likes:
Publicado poralcemirfilho

More info:

Published by: alcemirfilho on Jun 19, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2013

pdf

text

original

Um m´etodo para verificar a associa¸c˜ao global das vari´aveis de interesse, con-

trolando (ou ajustando) para o fator de estratifica¸c˜ao, foi proposto por Mantel-Haenszel

(1959). Para a obten¸c˜ao da estat´ıstica de teste proposta por esses autores, considera-se,

para cada uma das q tabelas 2×2 que comp˜oem a tabela geral, a nota¸c˜ao apresentada

na Tabela 13.

Tabela 13. h-´esima tabela de contingˆencia 2 × 2.

Coluna

Linha

A

B

Totais

A

nh11

nh12

nh1+

B

nh21

nh22

nh2+

Totais nh+1

nh+2

nh

Sob a hip´otese nula de n˜ao diferen¸ca entre os tratamentos, o valor esperado de

nh11 e sua respectiva variˆancia s˜ao:

E(Nh11 |H0) = nh1+nh+1
nh

= mh11

V(Nh11 |H0) = (nh1+)(nh2+)(nh+1)(nh+2)
n2

h(nh−1)

= vh11.

Assim, a estat´ıstica de teste proposta por Mantel-Haenszel ´e dada por:

Giolo, S. R.

An´alise de Dados Discretos

29

QMH =

q

h=1

nh11−

q
h=1

mh11

2

q
h=1

vh11

=

q

h=1

(nh1+ nh2+)

nh

(ph11−ph21)

2

q
h=1

vh11

em que phi1 = nhi1/nhi+ e QMH tem distribui¸c˜ao aproximadamente qui-quadrado com 1

grau de liberdade quando q

h=1nh for suficientemente grande (> 30). Em um certo sen-

tido, essa estrat´egia de an´alise ´e similar a uma an´alise de variˆancia de um experimento

fatorial em blocos aleatorizados.

QMH ´e eficaz para determinar padr˜oes de associa¸c˜ao quando existir uma forte

tendˆencia de a maioria das diferen¸cas (ph11−ph21) apresentar o mesmo sinal. Assim,

QMH pode falhar em detectar a associa¸c˜ao quando as diferen¸cas estiverem em dire¸c˜oes

opostas (sinais diferentes) e apresentarem magnitudes similares.

Mantel e Fleiss (1980) propuseram um crit´erio para determinar se a aproxima¸c˜ao

qui-quadrado ´e apropriada para a distribui¸c˜ao da estat´ıstica de Mantel-Haenszel para

q tabelas. Este crit´erio ´e dado por:

CMF = min

q

h=1

mh11−

q
h=1

(nh11)L

,

q

h=1

(nh11)U −

q
h=1

(mh11)

> 5

em que (nh11)L = max(0,(nh1+ − nh11)) e (nh11)U = min(nh+1, nh1+).

Para os dados da Tabela 12 tem-se: QMH = 18,41 (p < 0,0001). Assim,

existe uma forte associa¸c˜ao entre tratamento e a resposta do paciente, ajus-

tado para centro. Conclui-se, portanto, que o medicamento novo apresenta uma

taxa de resposta favor´avel significativamente maior do que a do placebo. Ainda,

CMF = min

(52 − 16), (88 − 52)

= 16 ≥ 5 mostrando que, para esses dados, a

aproxima¸c˜ao qui-quadrado ´e apropriada para QMH.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->