Você está na página 1de 3

Simulado sobre o SUS

1) Pela Constituição Federal, é competência do Sistema Único de Saúde (SUS), executar


ações de: (UFMG-1995)

a) construção de moradias;
b) distribuição de alimentos;
c) formação de recursos humanos;
d) recuperação do meio ambiente;
e) saneamento básico.

2) Segundo a Lei nº 8.142, de 28/12/1990, são verdadeiras as afirmativas abaixo, EXCETO:


(Fumarc)

a) A lei dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a


organização e o funcionamento dos serviços correspondentes.
b) São instâncias colegiadas do Sistema Único de Saúde – SUS: a Conferência de Saúde e o
Conselho de Saúde, sendo este de caráter permanente e deliberativo.
c) Os recursos do Fundo Nacional de Saúde - FNS alocados como cobertura de ações e
serviços de saúde, implementados pelos Municípios, Estados e Distrito Federal, serão
repassados de forma regular e automática, observados os critérios previstos na Lei nº
8.080.
d) Cabe à Conferência de Saúde avaliar a situação da saúde e propor as diretrizes para a
formulação da política de saúde nos níveis correspondentes.

3) Os recursos do Fundo Nacional de Saúde, de acordo com a Lei nº 8.142, de 1990, serão
alocados como, EXCETO:

a) investimentos previstos no plano qüinqüenal do Ministério da Saúde.


b) investimentos não previstos em lei orçamentária de iniciativa do poder legislativo.
c) despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades da
administração direta e indireta.
d) cobertura das ações em serviços de saúde a serem implementadas pelos Municípios,
Estados e Distrito Federal.

4) A municipalização do SUS, estabelecida na Constituição Federal (Artigo 30,VII) e na Lei


Federal Nº 8.080 (Artigo7º,IX,a), visa à habilitação dos Municípios e à descentralização.
Assinale a alternativa que apresenta a composição da comissão determinada em nível
estadual.

A) Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com representantes do Estado e dos Municípios.


B) Comissão Intergestores Tripartite (CIT), com representantes do Estado e dos Municípios.
C) Conselho de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS).
D) Colegiado de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS).

5) São princípios fundamentais da atenção básica no Brasil:

A) integralidade, qualidade, eqüidade e participação social.


B) integralidade, quantidade, eqüidade e participação social.
C) integralidade, qualidade, eqüidade e centralização.
D) integralidade, qualidade, unanimidade e participação social.
6) Assinale a alternativa CORRETA.

A) As ações e serviços de saúde, executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), são
organizados de forma regionalizada e
hierarquizada, em níveis de complexidade crescente.
B) A direção do Sistema Único de Saúde (SUS) não é única, de acordo com o inciso I do art.
198 da Constituição Federal,
sendo exercida, em cada esfera de governo, por diferentes órgãos.
C) A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições ao
seu exercício, ainda que
restrito.
D) Os níveis de saúde da população divergem da organização social e econômica do País.

7) Segundo a Lei Orgânica da Saúde, de setembro de 1990, que dispõe sobre o Sistema
Único de Saúde, não é da competência do nível municipal: (FESP-1998)

a) executar serviços de vigilância epidemiológica;


b) gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros;
c) normatizar a vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras;
d) controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados de saúde;
e) planejar, organizar, controlar e avaliar as ações e os serviços de saúde.

8) A saúde é vista na Constituição Brasileira de 1988 como: (UFF-1996)

a) um bem a ser adquirido no mercado;


b) um bem, que o Estado deve subsidiar a aquisição por aqueles cidadãos menos afortunados;
c) um direito de cidadania, garantido por políticas sociais e econômicas;
d) um direito de consumidor, assegurado pela regulamentação do mercado;
e) um completo bem estar físico, psíquico e social, não apenas a ausência de doenças.

Você também pode gostar