Você está na página 1de 2

Citeforma 2009 – Planeamento e Áreas Funcionais de Organização

A Importância do
Planeamento
O planeamento consiste em delinear um objectivo para uma
empresa, traçando as suas estratégias, passando pela análise
(análise SWOT, analisar os pontos fortes (strengths) e fracos
(weaknesses) a nível interno da empresa e as oportunidades
(opportunities) e as ameaças (theats) a nível do mercado). O
planeamento não é uma atitude passiva, pois esta não tem fim, é
uma actividade contínua, ao contrário de prever que é formular um
futuro, se todos os acontecimentos durante a sua evolução
permanecerem inalteráveis (iguais). Para que um planeamento
correcto, é necessário que este passe por várias fases, sendo elas o
estabelecimento de objectivos; identificação dos meios; escolha da
estratégia e da estrutura; organização dos métodos de trabalho e das
actividades; e por fim o controlo das actividades. Perguntas como “o
quê?, para quem?, como?, com quem?”, que geralmente são feitas
durante a fase de planeamento mostram-nos que este tem
legitimidade de valores, logo a empresa adapta-se à envolvente
contextual.
O planeamento operacional, permite-nos listar as fases do
projecto e quando essas fases entram em acção (Gráfico de Gantt –
Planeamento a médio-longo prazo), e fazer a gestão operacional dos
projectos (Gráfico de Pert – Planeamento a curto prazo).
O planeamento é muito importante numa empresa, pois este
para ser bem sucedido, é necessário que todos os que estão inseridos
nela estejam envolvidos e que sejam detentores de uma visão global
do planeamento, que se sintam motivados e que entendam o seu
papel durante todo o planeamento, assim conseguiram chegar aos

Carla Reis
Citeforma 2009 – Planeamento e Áreas Funcionais de Organização

objectivos que tinham estipulado inicialmente, ultrapassando todos os


obstáculos que tinham sido previamente analisados e estudados. Só
com isto, é que uma empresa se pudera tornar bem sucedida…

Carla Reis