P. 1
Trabalho Academico - 3 Desafios Da Igreja

Trabalho Academico - 3 Desafios Da Igreja

|Views: 988|Likes:
Publicado porPr Márcio Batista
Trabalho Academico da disciplina Homilética com o tema: 3 Desafios Da Igreja.
Trabalho Academico da disciplina Homilética com o tema: 3 Desafios Da Igreja.

More info:

Published by: Pr Márcio Batista on Jun 24, 2009
Direitos Autorais:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/07/2011

pdf

text

original

CENTRO EVANGÉLICO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DISCIPLINA HOMILÉTICA

MÁRCIO BATISTA; MARIA ROSANE SENA; MARIA MADALENA RAVIZZE; DIJALBA BENTA DOS SANTOS; CECÍLIA DA MAIA; RUTE MIELNICZKI; GIANE CARDOSO SEGER

ESBOÇO TEMÁTICO – HOMILÉTICA – 2009

JOINVILLE 2009

CENTRO EVANGÉLICO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DISCIPLINA HOMILÉTICA

ESBOÇO TEMÁTICO – HOMILÉTICA – 2009

Trabalho Acadêmico apresentado à disciplina Homilética do Centro Evangélico de Educação e Cultura, para primeira nota neste módulo da disciplina Homilética. Avaliador: Prof. Esdras Carvalho

JOINVILLE 2009

MÁRCIO BATISTA; MARIA ROSANE SENA; MARIA MADALENA RAVIZZE; DIJALBA BENTA DOS SANTOS; CECÍLIA DA MAIA; RUTE MIELNICZKI; GIANE CARDOSO SEGER

ESBOÇO TEMÁTICO – HOMILÉTICA – 2009

Trabalho Acadêmico apresentado à disciplina Homilética do Centro Evangélico de Educação e Cultura, para primeira nota neste módulo da disciplina Homilética.

Entregue em 01 de abril de 2009.

AVALIADOR

________________________________________
Prof. Esdras Carvalho CEEDUC Avaliador

JOINVILLE 2009

SUMÁRIO
1 2 7 8
INTRODUÇÃO .............................................................................................. 5 ESBOÇO TEMÁTICO .................................................................................... 6 CONCLUSÃO ................................................................................................ 9 REFERÊNCIAS ..............................................................................................10

05

1

Introdução

Estaremos trazendo neste trabalho acadêmico, um esboço temático. Em sala de aula aprendemos a definição deste assunto. Segundo o professor Esdras Carvalho, “o sermão temático é aquele que independe de qualquer outra fonte e recurso que não o próprio tema e é chamado também de sermão tópico. Neste sermão o pregador determina o assunto que deseja abordar e então, lança-se ao desafio de elaborar a mensagem, única e exclusivamente a partir do seu tema1”.

Assunto transmitido em sala de aula, mediante a apresentação da pauta no método de apresentação em datashow, PowerPoint.

1

06

2
Tema: Os três desafios da Igreja

Esboço temático

Texto: “Vós não me escolhestes a mim mas eu vos escolhi a vós, e vos designei, para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça.” João 15.16a

I. ESTAR EM CRISTO Este é o nosso primeiro desafio como Igreja de Cristo. Estar em Cristo, permanecer nEle. Para estar em Cristo, precisamos compreender que nós, cristãos, fomos escolhidos por Jesus do mundo para darmos frutos e o nosso fruto deve permanecer em nós. Viver em Cristo hoje, amanhã, viver em Cristo de pois de amanhã, daqui uma semana, um mês, viver em Cristo daqui dois meses, um ano e assim por diante, permanecer em Cristo, frutificando. Aquele que não está em Cristo, nele não há frutos, é infrutífero, nele há somente obras da carne. O homem sem Deus pratica sem a consciência do Espírito Santo, vivendo conforme seus próprios desejos e vontades. Já o cristão, que está em Cristo Jesus é diferente, ele é frutífero. Podemos exemplificar os frutos de um cristão, conforme descritos pelo Apóstolo Paulo em Gálatas 5.22, 23. “Amor, paz, benignidade, longanimidade, fé, mansidão, bondade, esperança, domínio próprio, alegria e paz”. Os frutos são o caráter do crente, são qualidades que testemunham a Cristo e sua vida glorifica a Deus. Florence P. Jansen disse “a perseverança cristã é uma benção espiritual, um sinal da maturidade cristã2”. Para dar frutos, é necessário estar em Cristo, e nós como galhos de uma árvore estamos enxertados na videira verdadeira, que é Cristo. Para isso, precisamos permanecer nEle, através de sua palavra.

Referências Bíblicas: “Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos” João 8.31b. Cristo quis dizer, “sereis meus discípulos se viverem como Eu vos digo”. É necessário ler e ouvir a palavra de Deus e praticá-la, isto significa permanecer em
2

OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 242.

07

Cristo, fazer a Sua vontade. Quanto mais lemos a Sua palavra, mais perto de Deus estamos.

“Se é que permaneceis na fé, fundados e firmes, não vos deixando apartar da esperança do evangelho que ouvistes, e que foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, fui constituído ministro.” Colossenses 1.23. Paulo admoesta a Igreja de Colossenses a permanecer em Cristo através da palavra de Deus, é a única condição para um crente crer na Verdade, que é Jesus. Assim ficamos firmes e inabaláveis, fortes no Senhor, crentes no Evangelho vivo. Quando estamos em Cristo, marcamos a nossa geração através de nossas vidas e nossos passos. Vidas são influenciadas através de nós, vamos abordar este assunto no último desafio desta mensagem. Mas antes, queremos lembrá-los para marcar a nossa geração, é necessário, nosso segundo desafio, imitar a Cristo.

II. IMITAR A CRISTO Quem permanece em Cristo, “imita” em sua vida, a Cristo. Segundo o dicionário Priberam, o verbo imitar “vem do latim imitare, significa reproduzir ou tentar reproduzir exatamente o que outrem faz. Também significa tomar como modelo, seguir o exemplo de alguém ou alguma coisa3”. Na cidade de Antioquia, hoje conhecida como Antaquia, na Turquia4, os cristãos serviam a Jesus com ardor e integridade. Imitavam a Cristo, isto é, seguiam o exemplo de Jesus, por esta razão foram chamadas pela primeira vez na história da Igreja, de cristãos, pois eram parecidos com Cristo, conforme escreveu o Apóstolo Lucas em At 11.26. Billy Graham disse certa vez que “a maior necessidade do mundo hoje é de cristãos com maturidade espiritual, que não somente tenham professado sua fé em Cristo, mas que vivam essa fé cada dia5”. Você imita a Cristo? Ou vivemos conforme os desejos do mundo?

Referências Bíblicas: “SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados”. Efésios 5.1.

PRIBERAM INFORMÁTICA, 31 março 2009. Produced by factor digital. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx?pal=imitar> Acesso em 31 março 2009. 4 WIKIPÉDIA, 07 março 2009. Produced by Mediawiki. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Antioquia> Acesso em 31 março 2009. 5 OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 85.

3

08

Paulo nos orienta neste texto que devemos seguir o exemplo de Deus em tudo quanto fizermos. Viver a vida de Cristo, “não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim”, Gl 2.20. Aqui Paulo vivia na total dependência de Deus em plena comunhão com Jesus.

III. FALAR DE CRISTO O nosso terceiro e último desafio é falar de Cristo. O texto bíblico em destaque nesta mensagem é “vos designei, para que vades”. Vidas são influenciadas através de nosso testemunho e frutos. Jesus nos deixou uma missão. Qual é a nossa missão? Anunciar as boas novas, o Evangelho.

Referências Bíblicas: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Marcos 16.15 Jesus nos chama e nos designa para que vamos ao mundo falar as Boas Novas. Sátilas A. Camargo disse que as Boas Novas “é o fermento da verdade salvadora de Cristo e de seu amor infinito que levará o mundo aos Seus pés, pelo instrumento de Sua Igreja e de Seu evangelho redentor6”. Jesus chamou os doze discípulos para estarem ao seu lado e para serem os primeiros fundamentos de sua Igreja (Lucas 9.1-6; I Coríntios 12.28). Paulo foi chamado pelo Senhor para anunciar o Evangelho e sofrer pelo seu nome (Atos 9.15-16). Lembre-se, fomos escolhidos para estar em Cristo, frutifiquemos diante do mundo como imitadores de Cristo, e devemos através de nossas vidas, falar de Cristo.

6

OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 129.

09

3

Conclusão

Ao longo desta mensagem temática podemos observar que a igreja de Cristo necessita estar firmada em Jesus Cristo, o “autor e consumador da nossa fé”. Sabemos que através de Jesus Cristo, nasceu a Igreja. Pr Genildo Simplício disse que tal como Deus fez Adão adormecer e dele tirou sua esposa, Eva. Assim também, quando Cristo expirou na cruz do Calvário, entregou seu espírito, Deus fez nascer a esposa do Cordeiro, a Igreja7. Entendemos que Igreja necessita imitar a Cristo e falar ao mundo as Boas Novas, que é o Evangelho.

SIMPLÍCIO, Genildo. 14ª Escola Bíblica de Obreiros de Joinville (EBOJ). Disciplina Educação Cristã. Joinville: IEADJO, 21 março 2009. Aula ministrada na EBOJ.

7

10

4

Bibliografia

CARVALHO, Esdras. Pauta da disciplina Homilética. Joinville: CEEDUC, 25 março 2009. OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 242. PRIBERAM INFORMÁTICA, 31 março 2009. Produzido por Factor digital. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx?pal=imitar> Acesso em 31 março 2009. WIKIPÉDIA, 07 março 2009. Produzido por Mediawiki. Disponível <http://pt.wikipedia.org/wiki/Antioquia> Acesso em 31 março 2009. em:

OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 85. OLIVEIRA. Moysés Marinho de. 7000 ilustrações e pensamentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Juerp, 1983. p. 129. SIMPLÍCIO, Genildo. 14ª Escola Bíblica de Obreiros de Joinville (EBOJ). Disciplina Educação Cristã. Joinville: IEADJO, 21 março 2009. Aula ministrada na EBOJ.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->