tanto faz ?

[santa hipocrisia escravizada]

bruno nobru, 2007

enquanto nao crio projetos para mim vivo tudo que vier [ao léu] e bebo consequencias quaisquer sequencias que o acontecer acarreta

sou esse corpo que me carrega e nao preciso dizer o resto continuo com o que sobrou de mim e com o que está acontecendo

a vida está aí para nao ser vivida? saopaulohipocrisia gente com medo enfraquece a vida dinheiro e objetos mantem uma falsa ideia de uma tal de ''vida estavel'' e as pessoas sao vendidas e compradas ou sou o que sou e morro? ou me escondo e vivo?

há varias ilusoes - a vida cada uma seus valores seus a-favores seus contras seus preferidos seus distraidos suas noçoes de liberdade e de aprisionamento suas queixas seus sabores esolhe as ilusoes olha pra elas procure suas extensões e adapta elas a ti hare krishnas novelas evangélicos maconheiros cada um com suas sentenças

koans zen hai-cais

foto ar pretty eyes lindo azul

esse papo de viver o que se acredita é balela merda é merda que nao é merda quer saber como ler o que escrevo? lendo! os modelos de anarquistas, comunistas, istas ...quantos consumista, frentista, malabarista, petista, ih.. fica procurando conceito pra deixar de ser voce.. ate quando? assuma a real que voce é um capitalista anarquista comunista catolico evangelico hare krishna zen budista e que nao é também é tao necessário se descrever? achar o objetivo? o dito certo? se delimitar? terminar a historia? fechar o papo? risca o disco, atende a porta ao outro, ao novo

joga fora essa cultura taca fogo nesse conhecimento valorizado pelos - ditos cultos chuta toda essa merda mais vale olhar pra vida do que esses ideais de conceitos, verdades e beleza há muito mais o que viver do que classificar

quanto mais maneiras de se posicionar para com o mundo, para consigo e para com os outros, mais espaço pra se viver

cada vez que fico mais comigo cada vez mais proximo de mim mais comigo assim vejo que fico mais diferente menos sociavel mais bixo mais alem tambem a morte fica proxima assim

o lento por vezes é muito rapido que, por vislumbrar diversos estimulos em curto tempo perde os anteriores muito rapidamente pois sao muitos para mirar a atencao a cada segundo partes do rizoma dentro de mim e sou parte de outros mas nao é partes, é tudo-mais palavras nao descrevem isso

por um pedaço de mim voce define todo o resto que desconhece baseado em que? diz o que sou e o que nao sou em seu julgamento ignorante que nem teu é 3 5 7

entre eu e voce ha muito mais do que eu e voce ha o que nos transforma o que nos torna outro-eu e outro-voce seres estranhos

o sol traz a clara ilusão de que o sol traz

sente a dor devagar, ou melhor sonhar?

camelôs e vendedores ambulantes fazem o mesmo que empresários só que com baixos recursos e menos intenções o bandido bem sucedido pensa à frente do bando está contemporaneo se liga nos macetes sabe as entradas e as saídas há várias espécimes de seres humanos hal-gumas que vivem em grupos fixos outras vivem mutando entre diferentes grupos e-outras que vivem caminhando entre diversos seres pessoas, lugares, objetos, sentimentos entra ano, sai ano e o todynho continua com o mesmo gosto e a estaçao ana rosa continua no mesmo lugar escrevo assim pois ando assim, escrevo no onibus, escrevo na rua e em qualquer lugar pois existo em qualquer lugar o vento sopra, o fogo alastra, o gúliver viaja.

pense o que quiser concorde, discorde cuspa, chute publique com teu nome, com nome falso, sem nome convido-te a quebrar as idéias de direitos autorais e todas essas tralhas que regram a escrita, a arte e a vida

escrito entre janeiro e fevereiro de 2007 em sao paulo, sp www.nobru.vze.com trocarletras@gmail.com