Você está na página 1de 5

Questão 01)

A fabricação do alumínio a partir da bauxita está representada pela equação

Al2 O 3(s ) → 2Al(s ) + 3 / 2O 2(g ) ∆H = +1675,7kJ

A energia envolvida na obtenção do alumínio necessário para fabricar seis latas de refrigerante, cuja massa
é de 13,5 g cada, é aproximadamente _________ kJ de calor _________.
a) 279 liberado
b) 558 absorvido
c) 838 absorvido
d) 1676 liberado
e) 2514 absorvido

Questão 02)
Quando um mol de água líquida passa para a fase sólida, a pressão constante, o sistema perde cerca de 6,0
quilojoules de energia. Qual seria a energia envolvida na obtenção de quatro cubos de gelo,
considerando que cada um deles pesa 9,0 gramas?
a) + 12,0 kJ.
b) – 12,0 kJ.
c) + 9,0 kJ.
d) – 9,0 kJ.
e) – 6,0 kJ.

Questão 03)
A nitroglicerina, C3H5(NO3)3, é um líquido extremamente explosivo. Durante sua explosão, ela se
decompõe segundo a equação:
C 3 H 5 (NO 3 ) 3 (l) →
→ 3CO 2 (g) + 5/2H 2 O(g) + 1/4O 2 (g) ∆H r = −5720 kJ / mol

Sendo a densidade da nitroglicerina igual a 1,59 g/mL, a 20ºC, calcule o volume (mL) de nitroglicerina
usado quando 11440 kJ de calor forem liberados numa explosão.

Questão 04)
O carvão, C, sofre combustão em presença de gás oxigênio. Dependendo da quantidade de comburente
disponível, a combustão será incompleta, com formação de monóxido de carbono ou completa, com
formação de dióxido de carbono.
O diagrama de energia que melhor representa a entalpia dos reagentes e produtos das referidas combustões
é
Questão 05)
O diagrama de entalpia a seguir representa os calores envolvidos na reação de obtenção de dois óxidos de
cobre, a partir deste metal e do oxigênio.
2Cu(s) + O2(g)

-169 kJ
-310kJ
Cu2O(s) + 1/2 O2(g)

2CuO(s)

Analisando-se esse diagrama, a variação de entalpia, (kJ), para a reação


o
∆H

, é igual a
Cu 2 O(s) + 1 / 2O 2 (g ) → 2CuO (s)

a) +141.
b) −479.
c) −141.
d) +310.

Questão 06)
Observe o gráfico abaixo.
1. O gráfico corresponde a um processo endotérmico.
2. A entalpia da reação é igual a + 226 kcal.
3. A energia de ativação da reação é igual a 560kcal.
Está(ão) correta(s):
a) 1 apenas
b) 2 apenas
c) 2 e 3 apenas
d) 1 e 3 apenas
e) 1, 2 e 3

Questão 07)
A respeito das equações abaixo, assinale o que for correto.

I)
H 2 ( g ) + 1 2 O 2 (g ) → H 2 O (l) ∆H = −285,8kJ

II)
HgO(s ) → Hg (l) + 1 2 O 2 (g ) ∆H = +90,7kJ

01. Na reação I, a entalpia dos reagentes é menor do que a entalpia dos produtos.

02. A reação II apresenta positivo, ou seja, ela é espontânea.


∆H

04. Quando 1 mol de HgO(s) absorve 90,7 kJ, ocorre decomposição.

08. A reação I é exotérmica.

Questão 08)
1)
H 2O
CaC  2 (s ) → CaC  2( aq.) ∆H = −82,7 kJ / mol.

2)
H 2O
NH 4 NO 3(s ) → NH 4 NO 3( aq.) ∆H = +26,3 kJ / mol.

Uma aplicação interessante do calor de dissolução são as compressas de emergência (saco plástico com
cloreto de cálcio ou nitrato de amônio e ampola de água), usadas em atletas com contusões. Da
dissolução das substâncias em água, tal como equacionadas acima, fazem-se as afirmações:

I. O cloreto de cálcio é usado em compressas quentes.


II. O nitrato de amônio é usado em compressas frias.
III. A equação 1 representa uma reação exotérmica.

Dessas afirmações,
a) somente I está correta.
b) somente II está correta.
c) somente I e III estão corretas.
d) somente I e II estão corretas.
e) I, II e III estão corretas.
Questão 09)
As equações químicas a seguir representam reações de síntese, realizadas em diferentes condições, para a
obtenção de uma substância hipotética XY.

I. X2 (g) + Y2 (g)→2 XY (l) + Q1


II. X2 (g) + Y2(g) →2 XY (s) + Q2
III. X2 (g) + Y2(g) →2 XY (g) + Q3

Considere Q1 , Q2 e Q3 as quantidades de calor liberadas, respectivamente, nas reações I, II e III. A relação


entre essas quantidades está expressa na seguinte alternativa:
a) Q1 > Q2 > Q3
b) Q2 > Q1 > Q3
c) Q3 > Q1 > Q2
d) Q3 > Q2 > Q1

TEXTO: 1 - Comum à questão: 10

A produção de energia nas usinas de Angra 1 e Angra 2 é baseada na fissão nuclear de átomos de urânio
radioativo 238U. O urânio é obtido a partir de jazidas minerais, na região de Caetité, localizada na
Bahia, onde é beneficiado até a obtenção de um concentrado bruto de U3O8, também chamado de
yellowcake.
O concentrado bruto de urânio é processado através de uma série de etapas até chegar ao hexafluoreto de
urânio, composto que será submetido ao processo final de enriquecimento no isótopo radioativo 238U,
conforme o esquema a seguir.

Questão 10)
A reação de HF com o dióxido de urânio (fluoretação) libera 44 kJ para cada mol de HF consumido.
Calcule o calor liberado no processo quando 540 kg de dióxido de urânio são reagidos com HF.

GABARITO:

1) Gab: E

2) Gab: B

3) Gab: 285,53mL

4) Gab: E

5) Gab: C

6) Gab: E
7) Gab: 12

8) Gab: E

9) Gab: B

10) Gab:
4HF + UO 2 → UF4 + 2H 2 O ∆H = −4 x 44 kJ = −176 kJ

Massa molar do UO2 = 270 g/mol


Quantidade de UO2 que reage: 540 kg = (540/270) x 103 = 2 x 103 mols.
Logo, temos que 2 x 103 mols de UO2 liberam 2 x 103 x 176 = 352 x 103 kJ