Você está na página 1de 31

Diarréia Crônica

Prof. Cíntia Presser da Silva

Universidade Luterana do Brasil


Curso de Medicina
Disciplina de Sistema Digestório
Diarréia Crônica
• Definição: duração acima de 4 semanas
• Diferenças:
– diarréia aguda - principalmente relacionada aos agentes
infecciosos; predomínio em populações mais pobres
– diarréia crônica - países industrializados com expressiva
freqüência
• Prevalência: 7 a 14% em pacientes idosos
• Excluindo-se causas funcionais: 5%
Diarréia Crônica
F IS IO P A T O L O G IA

F IS IO P A T O L O G IA

D im in u iç ã o d a a b s o r ç ã o A u m e n to d a s e c re ç ã o
in t e s t in a l in t e s t in a l

D é f ic it D é f ic it
de de
d ig e s t ã o a b s o rç ã o
Diminuição da absorção
intestinal
• Déficit de digestão:
– Gastrectomia total, gastrite atrófica
• Deficiência de vit B12
• Diminuição da atuação de enzimas intestinais
– Insuficiência pancreática
• diminuição da digestão de proteínas, açúcares e gorduras
– Redução de sais biliares (hepatopatia grave, colestase,
ressecções intestinais, fístulas)
• Diminuição da solubilização e absorção de gorduras
Diminuição da absorção
intestinal
• Déficit de absorção
– Ressecções intestinais amplas
– Alterações congênitas/hereditárias
• Deficiência de dissacaridases Ex: lactase
• Doença Celíaca
• Colagenoses
– Doenças inflamatórias intestinais
• D. de Crohn, enterite por irradiação
– Obstrução linfática
• D. de Whipple
– Drogas
Diarréia Crônica - Aumento da
secreção intestinal
• Tumores neuroendócrinos
– Síndrome de Zollinger-Ellison
– VIPoma
– Somatostatinoma
– Síndrome carcinóide(5-HT)
• Doenças inflamatórias
• Drogas
Drogas
• Antibióticos • Anticonvulsivantes(ácido
• Drogas anticâncer valpróico)
• Antidepressivos(lítio, • Redutores do colesterol
paroxetina) • Hipoglicemiantes
• Anti-hipertensivos(beta- orais(biguanidas)
bloqueadores, inibidores • Colchicina
da ECA, hidralazina) • Diuréticos
Diarréia Crônica-Sintomas
• Dor em cólica,
desconforto, distensão
abdominal, excesso de
flatos
• Diminuição ou aumento
do apetite, náuseas
Diarréia Crônica-Sintomas
• Fezes fétidas, com cheiro
de ranço: sugere má
absorção de
gorduras(fezes com maior
volume e gotas de gordura
são percebidas no vaso)
• Disenteria: sangue, muco
e pus
Diarréia Crônica-Diagnóstico
• Hemograma • EPFs 3 amostras
• VSG • Leucócitos fecais
• Proteína C • Sangue oculto nas
• T3, T4, TSH fezes
• Ferro, Ferritina • Coprocultura
• Testes de função
hepática
“Fecal osmotic Gap”

• 290-2x(Na fecal + K fecal)

• Se:
• < 50mg/Kg = Diarréia Secretora
• > 50mg/Kg = Diarréia Osmótica
Diarréia Crônica
Intestino delgado Intestino Grosso
Localização da dor mesogástrio hipogástrio

Volume das grande/poucas vezes pequeno/muitas vezes


fezes/frequência
Aspecto das fezes aquosa mucóide

Sangue nas fezes raro comum

Leucócitos nas raro comum


fezes
Proctoscopia normal úlceras na mucosa,
friabilidade
Diarréia Crônica-Diagnóstico

• Excluir causas mais comuns e as alterações de caráter


funcional(enterocolopatias funcionais)
– Síndrome do intestino Irritável
– Doença diverticular dos cólons(modificação na pressão
da luz do intestino grosso)
Diarréia Crônica-Diagnóstico
• Suspeita de doença inflamatória do cólon (Doença
de Crohn, Retocolite ulcerativa, Colite Actínica):

– Exames radiológicos: enema opaco, trânsito de


delgado
– Exames endoscópicos(ideal): retossigmoidoscopia,
colonoscopia, enteroscopio de duplo balão
– Cápsula endoscópica
Diarréia Crônica-Diagnóstico
• <45 anos, diarréia crônica, sintomas funcionais, testes
sangüineos normais: não há necessidade de demais
exames.
• <45 anos, diarréia crônica, sintomas atípicos, sinais de
alarme: Retossigmoidoscopia flexível
• >45 anos, diarréia crônica: Colonoscopia
Síndrome de Mal-Absorção
Intestinal
• Causas pré-entéricas
– D. do estômago
• Gastrite atrófica, Gastrectomia
– D. do pâncreas
• Pancreatite crônica, Fibrose cística, Pancreatectomia
– D. do fígado e vias biliares
• Hepatopatia crônica, ictérícia obstrutiva, fístulas
biliares
Síndrome de Mal-Absorção
Intestinal
• Causas entéricas
– D. Celíaca
– Espru tropical
– Intolerância à proteína do leite de vaca
– Intolerância à proteína do leite de soja
– Intolerância à lactose
– Enterectomias
– Fístulas
Síndrome de Mal-Absorção
Intestinal
• Causas pós-entéricas
– Enteropatia da SIDA
– D. de Crohn
– Linfomas
– TB intestinal
– Linfadenite mesentérica
– Isquemia mesentérica crônica
Síndrome de Mal-Absorção
• Alteração nas fezes:
– esteatorréia
– diarréia crônica aquosa
• Aumento na produção de gases:
– distensão abdominal
– borborigmos
Síndrome de Mal-Absorção
• Fadiga, fraqueza, edema
• Emagrecimento
• Perda da massa muscular
• Deficiências de vitaminas e sais minerais:
– anemia, queilose
– glossite, dermatite
– cegueira noturna, equimoses
– parestesias, neuropatia
Síndrome de Mal-Absorção
• Testes laboratoriais específicos:
– pesquisa de gordura fecal
– prova da D-xilose(valores normais acima de 20mg% no
sangue e acima de 5g na urina)
– pesquisa de substâncias redutoras(mono e dissacarídeos
não absorvíveis)
– Ph fecal(normal entre 6 e 7-alterado em torno de 5,5 ou
menos)
– teste respiratório: determinação de H2 após sobregarga
com hidratos de carbono
Síndrome de Mal-Absorção

• Pesquisa de gordura fecal:


– Teste qualitativo: Sudam III
– Teste quantitativo: Van de Kamer( peso total da fezes
não deve ultrapassar 6g/24 horas em casos normais)
Síndrome de Mal-Absorção

• Exames específicos:
– Insuficiência pancreática:
• Elastase fecal
• TC abdominal
• CPER
Doença Celíaca
• Intolerância ao glúten
– Trigo, cevada, centeio, aveia (controversa)
– Arroz e milho não são perigosos
• Espru celíaco, espru não tropical
• Doença por hipersensibilidade ao glúten
• Associação com Dermatite herpetiforme, aftas recorrentes,
nefropatia por Ig A
• Associação com HLA DR3
• Diagnóstico: Anti-gliadina, anti-endomísio, anti-
transglutaminase, biópsia intestinal
Doença Celíaca
• Características:
– Sinais e sintomas de mal-absorção
– Mucosa jejunal com diminuição das vilosidades e
hipertrofia de criptas
– Remissão clínica e histológica com dieta isenta de
glúten
– Recorrência clínica e histológica após reintrodução de
glúten na dieta
Diarréia Crônica
• TRATAMENTO:
1. Ressucitação Geral: reposição de líquidos e eletrólitos.
Terapia parenteral nos casos de desidratação severa,
vômitos, distensão abdominal, instabilidade clínica,
acidose metabólica.
Diarréia Crônica - Tratamento
• Dieta pobre em resíduos
• Restrição de leite e derivados
• Medicamentos sintomáticos para diarréia
– Opiáceos (retardam o trânsito GI, estimulam a absorção
de água e eletrólitos)
• Codeína
• Difenoxilato (Lomotil)(5mg 3 a 4xd)
• Loperamida (Imosec) (2mg 3 a4xd)
Diarréia Crônica- tratamento
• Octreotide
– Inibidor da liberação de gastrina, VIP e 5-HT, sendo usado no tto
da diarréia da Síndrome carcinóide, Zollinger-Ellison e sidéticos
– Aumenta absorção ativa de Na
• Formadores de massa
– Psilium, farelo de trigo
• Bismuto e alumínio
• Enzimas pancreáticas